Edviges Isabel de Neuburgo

Edviges Isabel de Neuburgo (em alemão: Hedwig Elisabeth Amelia von der Pfalz-Neuburg; 18 de julho de 1673 – 10 de agosto de 1722) era filha do Eleitor do Palatinado Filipe Guilherme, Duque do Palatinado-Neuburgo, de Berg e de Jülich, e de sua mulher, a Landegravina Isabel Amália de Hesse-Darmstadt.

Edviges Isabel
Condessa Palatina de Neuburgo
Princesa Sobieski
Princesa Consorte da Polónia
Reinado 28 de agosto de 1689
a 1 de novembro de 1700
Sucessora Maria Luísa de Saboia
 
Marido Jaime Luís Sobieski
Casa Wittelsbach (por nascimento)
Sobieski (por casamento)
Nascimento 18 de junho de 1673
  Castelo de Dusseldorf (Stadtschloss), Sacro Império Romano-Germânico
Morte 10 de agosto de 1722 (49 anos)
Pai Filipe Guilherme, Eleitor Palatino
Mãe Isabel Amália de Hesse-Darmstadt
Religião Catolicismo

BiografiaEditar

Edviges Isabel nasceu no castelo de Dusseldórfia (Stadtschloss), sendo a décima quinta de dezassete filhos.

Entre as suas irmãs encontravam-se Leonor Madalena, Sacra Imperatriz, Maria Sofia, Rainha de Portugal e dos Algarves, Maria Ana, Rainha de Espanha e Doroteia Sofia, Duquesa de Parma.

Edviges Isabel casou com o príncipe Jaime Luís Sobieski, filho do rei João III da Polónia. O noivo tinha ficado noivo de Ludwika Karolina Radziwiłł mas como o casamento nunca se concretizara, Edviges Isabel e Jaime Luís acabaram por casar em 8 de fevereiro de 1691.

DescendênciaEditar

Deste casamento nasceram 6 filhos:

  1. Maria Leopoldina (Maria Leopoldyna) (30 de abril de 1693 – 12 de julho de 1695).
  2. Maria Casimira (Maria Kazimiera) (20 de janeiro de 1695 – 18 de maio de 1723), freira, o pai tentou casá-la, sem sucesso, com Carlos XII da Suécia;
  3. Maria Carolina (Maria Karolina), conhecida por Charlotte (25 de novembro de 1697 – 8 de maio de 1740) casou duas vezes: primeiro com Frederico Maurício Casimiro de La Tour d'Auvergne, sem geração; e depois com o seu cunhado, Carlos Godofredo de La Tour d'Auvergne, com geração.
  4. João (Jan) (21 de outubro de 1698 – julho de 1699).
  5. Maria Clementina (Maria Klementyna) (18 de julho de 1702 – 24 de janeiro de 1735),casou com Jaime Francisco Eduardo Stuart (1688–1766), filho do rei Jaime II da Inglaterra (1633–1701), com geração.
  6. Maria Madalena (Maria Magdalena) (nascida e morta em 3 de agosto de 1704).

Ligações GenealogicasEditar

Edviges Isabel era avó de Carlos Eduardo Stuart[1] (filho de Maria Clementina Sobieska) e avó de Godofredo (III) Carlos de La Tour de Auvérnia, duque soberano de Bulhão (filho de Maria Carolina Sobieska).

A sua irmã Leonor Madalena casara com o imperador Leopoldo I, pelo que Edviges Isabel foi tia do imperador Carlos VI, tia-avó de Maria Teresa da Áustria e tia-bisavó da rainha Maria Antonieta.

Curioso é o facto de ser duplamente tia-avó do rei José I de Portugal, uma vez que era tia de seu pai, o rei João V (filho de Maria Sofia de Neuburgo), e tia de sua mãe, a rainha Maria Ana (filha de Leonor Madalena de Neuburgo).

Foi tia-avó da famosa rainha Isabel Farnésio (filha de sua irmã Doroteia Sofia de Neuburgo).

Entre os seus sobrinhos encontravam-se também o imperador Carlos VII e Clemente Augusto da Baviera, Arcebispo-Eleitor de Colónia (ambos filhos de sua cunhada Teresa Cunegunda Sobieska).

Por fim, e através da sua neta Maria Luísa de La Tour de Auvérnia (filha de Charlotte), de si descendem os Príncipes de Guéméné, pretendentes ao Ducado de Bulhão.

AscendênciaEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. conhecido em língua inglesa por the young pretender (o jovem pretendente)

BibliografiaEditar

  • Karl Adam Müller: Vaterländische bilder: oder Geschichte und beschreibung sämmtlicher burgen und ritterschlösser Schlesiens beider antheile und der grafschaft Glatz, C. Flemming, 1844.