Efeito Cotton-Mouton

O efeito Cotton-Mouton ocorre num líquido com a birrefrigência de um feixe de luz gerado por um campo magnético. O fenômeno manifesta-se num ângulo de 90º como uma guia na propagação do feixe de luz.[1] O efeito Cotton-Mouton é o análogo magnético do efeito Kerr por ser atribuído ao alinhamento das moléculas de um líquido devido à presença de um campo magnético. A grandeza deste efeito é proporcional ao quadrado do campo magnético aplicado, similarmente ao que ocorre no efeito Kerr.[2]

DescobertaEditar

O efeito foi observado por dois físicos franceses, Aimé Cotton e H. Mouton, que apresentaram o resultado de uma experiência na qual observaram um novo aspecto do efeito Faraday. Esse fenômeno físico ficou conhecido desde então como efeito Cotton-Mouton.[3]

Ver tambémEditar

  A Wikipédia possui o
Portal de Física.
 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Iluminação

Referências

  1. «RODITI, ITZHAK, Instituto Antonio Houaiss / Dicionário Houaiss de física, editora Objetiva.» (livro). editora Objetiva. Consultado em 14 de dezembro de 2011 
  2. «Efeito Kerr e Cotton-Mouton». e´Física. Consultado em 14 de dezembro de 2011 
  3. «Seara das ciências». Consultado em 14 de dezembro de 2011 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.