Efraín Sánchez

futebolista colombiano

Efraín Elías Sánchez Casimiro (Barranquilha, 26 de fevereiro de 1926Bogotá, 16 de janeiro de 2020) foi um futebolista e treinador colombiano que disputou o Copa do Mundo FIFA de 1962, no Chile[1][2].

Efraín Sánchez
Caimansanchez.JPG
Informações pessoais
Nome completo Efraín Elías Sánchez Casimiro
Data de nasc. 26 de fevereiro de 1926
Local de nasc. Barranquilha, Colômbia
Falecido em 16 de janeiro de 2020 (93 anos)
Local da morte Bogotá, Colômbia
Altura 1,85 m
Apelido El Caimán
Informações profissionais
Equipa atual aposentado
Posição treinador e goleiro
Clubes profissionais
Anos Clubes
1941-1945
1945
1946
1947-1949
1949-1950
1950-1951
1951-1952
1953-1954
1955-1957
1958-1960
1960-1964
Millonarios
Once Caldas
La Fortuna
San Lorenzo
América de Cali
Deportivo Cali
Junior
Independiente Santa Fe
Independiente Medellín
Atlas
Independiente Medellín
Seleção nacional
1947–1962 Colômbia
Times/Equipas que treinou
1962-1963
1963
1964
1965-1966
1971-1972
1975
1977
1978
1983-1984
1986-1987
Colômbia
Independiente Medellín
Millonarios
Deportes Quindío
Junior
Colômbia
Estudiantes de Mérida
Independiente Medellín
Colômbia
Junior

Por clubes, jogou por Millonarios, Caldas, La Fortuna (ainda na fase da "Liga Pirata" da Colômbia), San Lorenzo (onde se profissionalizou), América de Cali, Deportivo Cali, Junior, Independiente de Santa Fé e Atlas. Parou de jogar em 1964, em sua segunda passagem pelo Independiente de Medellín (havia jogado por lá entre 1955 e 1957).

Como treinador, El Caimán (como era chamado) comandou Millonarios, Independiente de Medellín, Deportes Quindío, Junior e Estudiantes de Mérida. Comandou também a Seleção da Colômbia em três oportunidades (1962-1963, 1975 e 1983-1984), além de ter comandado a Seleção Sub-20 de Los Cafeteros. Encerrou de vez sua carreira dentro das quatro linhas em 1987.

Sánchez, que também chegou a trabalhar como comentarista, juntou-se à Federação Colombiana de Futebol como integrante de programas de capacitação de jogadores.

Morreu no dia 16 de janeiro de 2020, aos 93 anos.[3]

Referências

  1. Las2Orillas (23 de agosto de 2013). «Qué es de la vida de… Efraín "El Caimán" Sánchez». Consultado em 2 de julho de 2016 
  2. «Profile (in Spanish)». Consultado em 2 de julho de 2016. Arquivado do original em 17 de abril de 2008 
  3. Fernández, Estewil (16 de janeiro de 2020). «Se fue el 'Caimán' Sánchez, el primer gran ídolo del fútbol colombiano». El Tiempo (em espanhol). Consultado em 17 de janeiro de 2020