Abrir menu principal


Egas Gomes Pais de Penegate
Torre de Penegate
Nome completo Egas Gomes Pais de Penegate
Morte 1112
Residência Torre de Penegate, Carreiras de S. Miguel, Vila Verde
Nacionalidade Portugal Portugal
Ocupação Nobre medieval português, fundador do beneditino Mosteiro de Santo André de Rendufe

Egas Gomes Pais de Penegate foi um nobre português, fundador do beneditino Mosteiro de Santo André de Rendufe, na localidade de Rendufe, concelho de Amares, distrito de Braga, [1] cuja data certa da fundação é desconhecida, no entanto sabe-se que a igreja primitiva estava totalmente edificada em 1151. Foi nomeado Tenente das Terras de Regalados, associadas às de Penela, Rendufe e Bouro (entre Neiva e Cávado) pelo Rei D. Garcia depois da derrota do conde de Portucale Nuno Mendes, na batalha de Pedroso em 1071.[2]

Relações familiaresEditar

Casou com Sancha Mendes de Briteiros, filha do Conde Mem Pires de Longos de Briteiros (1120 -?) e de Marinha Gomes Guedeão, de quem teve[3]

  1. Froille Viegas, senhora da Quinta do Lameiro (ou de Sequeiros) que o pai lhe deu em dote [1] casada com Fáfila Lucides de Lanhoso.
  2. Godinho Viegas Mouro casado com Loba Gomes de Pombeiro, filha de D. Gomes Nunes de Pombeiro (1070 -? )e de Elvira Peres de Trava.
  3. Egas Viegas de Penegate.
  4. Maior Viegas casada com Pedro Anes Portocarreiro.
  5. Maria Viegas casada com Ansur Soares.

Referências

  1. a b Felgueiras Gayo, Nobiliário das Famílias de Portugal, Carvalhos de Basto, 2ª Edição, Braga, 1990 Vol IX p. 550.
  2. Serra Nevada em Terra de Regalados Pergaminhos Históricos, Doc. Medievais II p. 22, Câmara de Vila Verde 2003
  3. Jorge Forjaz, Os Teixeira de Sampaio da Ilha Terceira, CEGHHF-Universidade Moderna do Porto, Porto, 2001.