Electric Callboy

banda musical

Electric Callboy (conhecida anteriormente como Eskimo Callboy) é uma banda alemã de electronicore formada em Castrop-Rauxel em 2010. Eles adotam uma abordagem mais descontraída do gênero e são conhecidos por suas músicas, shows ao vivo e vídeos cômicos.

Electric Callboy
Electric Callboy
Electric Callboy no Reload Festival na Alemanha, 2015
Informação geral
Também conhecido(a) como Eskimo Callboy (2010–2022)
Origem Castrop-Rauxel, Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha
Gênero(s)
Período em atividade 2010–presente
Gravadora(s)
Integrantes
Ex-integrantes
  • Michael "Micha" Malitzki
  • Sebastian "Sushi" Biesler
Página oficial www.electriccallboy.com

História

editar

Lançamentos iniciais e Bury Me in Vegas (2010–2013)

editar
 
Electric Callboy ao vivo no Wacken Open Air 2016

O primeiro extended play (EP) autointitulado foi lançado em 2010 e distribuído pela loja alemã EMP. Posterirmente, a banda relançou o EP através da gravadora Redfield Records. A banda foi uma banda de apoio para grupos como Bakkushan, Callejon, Ohrbooten, We butter The Bread With Butter e Neaera.

Em festivais, o grupo dividiu o palco com bandas como Casper, Distance in Embrace e Rantanplan. Em 2011, eles tocaram no Traffic Jam Open Air e no Mair1 Festival. Seu álbum de estreia, Bury Me in Vegas, foi lançado em 23 de março de 2012 em todo o mundo pela Redfield Records.[1] Entre 28 e 30 de setembro de 2012, a banda fez uma turnê pelo Japão na Geki Rock Tour. Depois do Geki Rock, o grupo fez uma turnê pela pela China e pela Federação Russa.[2] Em outubro e novembro de 2012, o Electric Callboy foi uma banda de abertura ao lado da dupla Electro WassBass (fundada por Nico do K.I.Z) para o Callejon em sua turnê Blitzkreuz, que passou pela Alemanha e Áustria.[3] No último show da turnê, no Live Music Hall em Colônia, em 10 de novembro de 2012, nove fãs ficaram feridos depois que pedaços do teto caíram na área do moshpit.[4] O show foi interrompido e remarcado para 23 de fevereiro de 2013, no E-Werk, em Colônia. A banda não se apresentou na nova data porque estavam em turnê ao lado de The Browning, Close to Home e Intohimo pela Europa naquele período.[5][6]

Em 17 de novembro de 2012, a banda anunciou, após um show em Düsseldorf que estava se separando de seu baterista Michael Maletzki; ele foi substituído por David Friedrich. Em abril de 2013, a banda fez sua primeira turnê nos Estados Unidos ao lado de Kottonmouth Kings e Deuce.[7] Em agosto de 2013, a banda fez uma aparição no Wacken Open Air,[8] bem como na Geki Rock Tour no Japão. A banda foi indicada ao Up And Coming (prêmio de melhor estreante) no Metal Hammer Awards alemão, realizado em Berlim, em 13 de setembro de 2013, que ganhou.[9]

We Are the Mess, Crystals, The Scene, Rehab e saída de Biesler (2013–2020)

editar
 
O vocalista original Sebastian "Sushi" Biesler se apresentando com a banda em 2018.

A banda começou a gravar seu segundo álbum no Kohlekeller Studios junto com o produtor Kristian Kohlmannslehner no outono de 2013. O álbum, We Are the Mess, foi lançado em 10 de janeiro de 2014 pela Redfield Records e Warner Music Japan.[10] A banda fez cinco shows de lançamento na Alemanha com o apoio do Annisokay. We Are the Mess alcançou o 8º lugar nas paradas oficiais de long-play da Alemanha e o 64º lugar na Áustria. A banda fez uma turnê no Japão para promover seu álbum.[11] Em março daquele ano, a banda fez uma turnê pela Europa com o apoio de Iwrestledabearonce, Her Bright Skies e To the Rats and Wolves.[12]

Em agosto de 2019, a banda lançou o single "Hurricane" de seu quinto álbum de estúdio. O álbum, Rehab, foi lançado em 1º de novembro de 2019.[13] Após o lançamento de Rehab, a banda embarcou em sua Rehab European Tour 2019 .[14]

No dia 12 de fevereiro de 2020, a banda anunciou em suas redes sociais que o vocalista anterior, "Sushi", deixaria a banda.[15] "Sushi" iniciou um novo projeto chamado "Ghostkid".[16]

Entrada de Sallach, sucesso internacional, mudança de nome e Tekkno (2020-presente)

editar

Em 24 de abril de 2020, o vocalista Kevin Ratajczak anunciou no YouTube que a busca por um novo cantor havia terminado. Após uma fase de inscrição, um vídeo foi publicado em 4 de junho de 2020, anunciando que Nico Sallach (ex-vocalista da banda To the Rats and Wolves) [17] seria o novo vocalista da banda.[18] No dia 19 de junho de 2020, a banda lançou a música "Hypa Hypa".[19] No dia 24 de julho de 2020, a banda lançou a música "Hate/Love".[19] Em 11 de setembro de 2020, a banda lançou o EP MMXX.[17]

No dia 3 de setembro de 2021, a banda lançou a música "We Got the Moves".[20] No dia 3 de dezembro de 2021, a banda lançou a música "Pump It".[21] Em 6 de dezembro de 2021, a banda anunciou através de sua conta no Twitter que inscreveu "Pump It" na seleção nacional alemã para o Festival Eurovisão da Canção 2022,[22] mas acabou não sendo incluída na lista final de participantes.[23]

Em 22 de dezembro de 2021, a banda anunciou através do Instagram que estava removendo músicas antigas de todas as plataformas devido a letras ofensivas e que estava reconsiderando o nome da banda. Em 9 de março de 2022, eles anunciaram que passariam a se chamar Electric Callboy a partir de agora. A banda mudou a palavra "Eskimo" para "Electric" porque ela pode ser visto como um nome depreciativo para os povos Inuit e Yupik do Ártico. Posteriormente, eles relançaram a arte de seus álbuns anteriores com seu novo nome.[24]

Em 8 de abril de 2022, a banda lançou sua primeira música com seu novo nome, "Spaceman", com participação do rapper Finch.[25] Em 15 de abril de 2022, Electric Callboy anunciou seu novo álbum de estúdio, Tekkno, que foi lançado em 9 de setembro de 2022, com os singles lançados anteriormente "We Got the Moves" e "Pump It", além de "Spaceman".[26][27]

Em 8 de julho de 2022, a banda lançou uma música chamada "Fckboi", com a banda americana de metalcore Conquer Divide.[28] No dia 19 de agosto de 2022, a banda lançou a música "Hurrikan".[29] A data de lançamento do álbum foi alterada para 16 de setembro de 2022.[30]

Tekkno entrou nas paradas alemãs em primeiro lugar na primeira semana após o lançamento, a classificação mais alta alcançada por qualquer disco do Electric Callboy. Na semana seguinte, eles tiveram que adiar sua turnê pelo Reino Unido e França, além de cancelar sua participação na turnê americana Level-Up com Attack Attack! devido a uma infecção na mandíbula e no ouvido médio do vocalista Nico Sallach.[31]

Estilo musical e influências

editar

O estilo musical da banda pode ser descrito como electronicore,[32][33][34][35] metalcore,[32][19][36][37] metalcore melódico,[35][38] post-hardcore,[34][39] EDM,[32][36] rock cômico,[36] dubstep,[34] e electro.[34] Os músicos citaram bandas como Asking Alexandria e Attack Attack! como suas influências musicais. Seu vocalista afirmou que os músicos não têm vontade de fazer parte da "cena musical hardcore".[40]

The lyrics deal with themes such as getting drunk, parties, and sex. The band call their music "Porno Metal". In an interview with the German magazine FUZE, vocalist Sebastian Biesler said that their lyrics only use clichés in a satirical way.[41] German Metal Hammer magazine published a positive review of the band, writing, "This is why Eskimo Callboy is enjoyable: because they dismiss themselves and let the fun rule".

Membros da banda

editar

Membros atuais

  • Kevin Ratajczak – vocais, teclados, programação (2010-presente)
  • Daniel "Danskimo" Haniß – guitarra solo (2010-presente)
  • Pascal Schillo – guitarra base, backing vocals (2010–presente)
  • Daniel Klossek – baixo, backing vocals (2010–presente)
  • David-Karl Friedrich – bateria (2012-presente)
  • Nico Sallach - vocais (2020-presente) [42]

Membros antigos

  • Michael "Micha" Malitzki – bateria (2010–2012 convidado 2022)
  • Sebastian "Sushi" Biesler – vocais (2010–2020)

Linha do tempo

Discografia

editar

Álbuns de estúdio

editar
Lista de álbuns de estúdio, com posições selecionadas nas paradas
Título Detalhes do álbum Posições de pico
Alemanha
[43]
EUA
[44]
AUT
[45]
BEL(FL)
[46]
BEL(WA)
[47]
FIN
[48]
LND
[49]
SWI
[50]
Bury Me in Vegas
  • Lançado: 23 de março de 2012
  • Selo: Redfield
  • Formato: CD
65 - - - - - - -
We Are the Mess 8 - 64 - - - - -
Crystals
  • Lançado: 20 de março de 2015
  • Selo: Spinefarm
  • Formato: CD, download digital, streaming
6 - 54 - - - - 70
The Scene
  • Lançado: 25 de agosto de 2017
  • Selo: People Like You, Century Media
  • Formato: CD, download digital, streaming
6 - 14 - - - - 89
Rehab
  • Lançado: 1º de novembro de 2019
  • Selo: Century Media
  • Formato: CD, download digital, streaming
16 - 65 - - - - -
Tekkno
  • Lançado: 16 de setembro de 2022
  • Selo: Century Media
  • Formato: CD, LP, download digital, streaming
1 66 3 9 123 13 27 6

Extended Plays (EPs)

editar
Lista de EPs
Título Detalhes do EP
Eskimo Callboy
  • Lançado: 3 de setembro de 2010
  • Selo: Tone Df, Redfield
  • Formato: CD
MMXX

Singles

editar
Lista de singles, com posições selecionadas nas paradas
Título Ano Posições de pico Álbum
Alemanha
[43]
"Is Anyone Up?" 2011 - Bury Me in Vegas
"We Are the Mess" 2013 - We Are the Mess
"Best Day" 2015 - Crystals
"MC Thunder" 2017 - The Scene
"Hurricane" 2019 - Rehab
"Nice Boi" -
"Prism" -
" Hypa Hypa " 2020 77 MMXX
"Hate/Love" -
"We Got the Moves" 2021 93 Tekkno
"Pump It" 31
"Spaceman" (com Finch) 2022 31
"Fuckboi" (com Conquer Divide) -
"Hurrikan" -
" Everytime We Touch " (cover de Cascada) 2023 95

Vídeos musicais

editar
Ano Título Diretor(es)
2010 "California Gurls" (cover de Katy Perry)[51] Oliver Schillo
2011 "Is Anyone Up?"[52] Desconhecido
2012 "Muffin Purper-Gurk"[53] Eskimo Callboy
2013 "Cinema" (cover de Skrillex/Benny Benassi)[54] Oliver Schillo e Pascal Schillo
"We Are the Mess"[55] Eskimo Callboy e Oliver Schillo
2014 "Final Dance"[56] Tommy Antonini e Eskimo Callboy
2015 "Crystals"[57] Eskimo Callboy
"Best Day" (com Sido)[58] Desconhecido
"Baby (T.U.M.H.)"[59] Desconhecido
2017 "The Scene" (com Fronz)[60] Eskimo Callboy
"MC Thunder"[61] Pascal Schillo e Oliver Schillo
"VIP"[62]
2018 "Shallows"[63] Christian Ripkens
2019 "Hurricane"[64] Desconhecido
"Nice Boi"[65] Desconhecido
"Prism"[66] Desconhecido
2020 "Made by America"[67] Christian Ripkens
"Hypa Hypa"[68] Pascal Schillo e Oliver Schillo
"Hate/Love"[69]
"MC Thunder II (Dancing Like a Ninja)"[70]
2021 "We Got the Moves"[71]
"Pump It"[72]
2022 "Spaceman" (com Finch)[73]
"Fckboi" (com Conquer Divide)[74]
"Hurrikan"[75]
"Arrow of Love"[76]
"Mindreader"[77] Mirko Witzki
2023 "Tekkno Train"[78] Pascal Schillo e Oliver Schillo
"Everytime We Touch" (cover de Cascada)[79]
"Parasite"[80] Christian Ripkens

Prêmios e indicações

editar
Ano Trabalho indicado Prêmio Resultado Ref.
2013 "N/A" Up And Coming (prêmio de melhor estreante) Venceu [9][81]

Impericon Awards

editar
Ano Trabalho indicado Prêmio Resultado Ref.
2020 "Hypa Hypa" Best Video Venceu [82]
2021 "We Got the Moves" Best Music Video Venceu [83]

Referências

  1. osnametal.de: Eskimo Callboy:Heute Veröffentlichung des neuen Albums Arquivado em 2013-02-11 na Archive.today (German)
  2. ibanez.de: Eskimo Callboy on tour Arquivado em 2012-11-19 no Wayback Machine
  3. partyausfall.de: CALLEJON - Band auf Blitzkreuz Tour im Oktober 2012 (German)
  4. Marco Götz: Metal Hammer: Callejon: Verletzte und Konzertabbruch nach Decken-Einsturz - Tour-Ende mit Schrecken(German)
  5. partyausfall.de: ESKIMO CALLBOY - GET DRUNK OR FUCK OFF EURO TOUR 2013 mit THE BROWNING, CLOSE TO HOME und INTOHIMO (German)
  6. metal.de: Get Drunk Or Fuck Off Tour (German)
  7. «Kottonmouth Kings 'Fight To Unite'». pollstar.com. 15 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 25 de dezembro de 2013 
  8. Wacken Open Air: |url=http://www.wacken.com/en/woa2013/main-bands/billing-2013/bands-2013/eskimo-callboy-2013/ Arquivado em 2013-02-07 no Wayback Machine Eskimo Callboy]
  9. a b Kessler, Sebastian (14 de setembro de 2013). «Gewinner und erste Fotos der Metal Hammer Awards 2013(German)». Metal Hammer (em alemão). Consultado em 1 de maio de 2022 
  10. Dignon, Sam (7 de janeiro de 2014). «Eskimo Callboy – We Are The Mess». Rock Sins (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2022 
  11. Frank Engelhardt: Fuze Magazine #44 (March/April 2014): Eskimo Callboy: Metal-Atzen, pages 22-23 (German)
  12. «Eskimo Callboy, Iwrestledabearonce, Her Bright Skies, To the Rats and Wolves!». Stormbringer.at (em inglês). 18 de dezembro de 2013. Consultado em 29 de abril de 2022. Cópia arquivada em 19 de fevereiro de 2015 
  13. DB, Jana (5 de novembro de 2019). «Review: Eskimo Callboy – Rehab». Tuonela Magazine (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2022 
  14. «Rehab Tour 2019». www.facebook.com 
  15. Petrut, Florin (8 de setembro de 2020). «EP Review: Eskimo Callboy – MMXX». Bring the Noise (em inglês). Consultado em 29 de abril de 2022 
  16. Rogers, Jack (12 de novembro de 2020). «This Is How Ghostkid Was Born, As Told By Vocalist Sebastian "Sushi" Biesler». Rock Sound (em inglês). Consultado em 29 de abril de 2022 
  17. a b McLaughlin, David (9 de setembro de 2020). «Are Eskimo Callboy Metal's Biggest Trolls?». Kerrang! (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2022 
  18. «Eskimo Callboy announce new vocalist». Lambgoat (em inglês). 4 de junho de 2020. Consultado em 30 de abril de 2022 
  19. a b c Sievers, Alex (23 de julho de 2020). «So I finally listened to 'Hypa Hypa' by Eskimo Callboy». Kill Your Stereo (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2022 
  20. Rogers, Jack (3 de setembro de 2021). «Eskimo Callboy Have Released A Brilliantly Wild New Track 'We Got The Moves'». Rock Sound (em inglês). Consultado em 29 de abril de 2022. Arquivado do original em 30 de abril de 2022 
  21. DiVita, Joe (3 de dezembro de 2021). «We Can't Tell If Eskimo Callboy Are Serious About Their New Gym Rat Anthem 'Pump It'». Loudwire (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2022 
  22. Brown, Paul 'Browny' (6 de dezembro de 2021). «Eskimo Callboy Launch Eurovision Song Contest 2022 Application». Wall Of Sound (em inglês). Consultado em 6 de dezembro de 2021 
  23. «Germany: Acts revealed for national final». eurovision.tv. 10 de fevereiro de 2022. Consultado em 10 de fevereiro de 2022 
  24. Brown, Paul 'Browny' (10 de março de 2022). «Eskimo Callboy Have Unveiled Their New Name…». Wall Of Sound (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2022 
  25. Brown, Paul 'Browny' (8 de abril de 2022). «Get Your Glutes in Order for Electric Callboy's 'Spaceman' feat. FiNCH». Wall Of Sound (em inglês). Consultado em 30 de abril de 2022 
  26. Rogers, Jack (15 de abril de 2022). «Electric Callboy Have Announced The Details Of Their New Album 'Tekkno'». Rock Sound (em inglês). Consultado em 29 de abril de 2022. Arquivado do original em 30 de abril de 2022 
  27. «Music News: Electric Callboy Announce New Album 'Tekkno'». Bring the Noise (em inglês). 20 de abril de 2022. Consultado em 29 de abril de 2022 
  28. Rogers, Jack (8 de julho de 2022). «Electric Callboy Have Teamed Up With Conquer Divide For Their Insatiable New Track 'Fuckboi'». Rock Sound (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2022. Arquivado do original em 11 de julho de 2022 
  29. Brown, Paul (19 de agosto de 2022). «Are You Ready For The Funniest Electric Callboy Song Ever? Listen to 'Hurrikan' NOW!». Wall of Sound (em inglês). Consultado em 19 de agosto de 2022 
  30. Trey (5 de setembro de 2022). «Review: Electric Callboy - Tekkno». Sputnikmusic (em inglês). Consultado em 12 de setembro de 2022 
  31. «Electric Callboy landen mit 'TEKKNO' auf Platz 1 der deutschen Albumcharts». MoreCore.de (em alemão). 23 de setembro de 2022. Consultado em 23 de setembro de 2022 
  32. a b c Heaney, Gregory. «Eskimo Callboy Biography». AllMusic. Consultado em 15 de fevereiro de 2022 
  33. DiVita, Joe (3 de dezembro de 2021). «We Can't Tell If Eskimo Callboy Are Serious About New Gym Rat Anthem 'Pump It'». Loudwire (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2021 
  34. a b c d Jani L. (1 de janeiro de 2014). «Eskimo Callboy We Are The Mess». Rock Freaks (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2021 
  35. a b Lucas, Stewart (22 de outubro de 2018). «Live Review : Attila + Eskimo Callboy + Browning @ Academy Club, Manchester on October 22nd 2018». Rock Flesh (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2021 
  36. a b c Jani L. (3 de outubro de 2020). «Review: Eskimo Callboy - MMXX». Tuonela Magazine (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2021 
  37. «10 German bands you should be listening to right now, by Eskimo Callboy». Louder Sound. 2 de setembro de 2017. Consultado em 30 de abril de 2022 
  38. «Album Review: 'Rehab' by Eskimo Callboy». The Soundboard. 31 de outubro de 2019. Consultado em 1 de maio de 2022 
  39. Alexandra A. (21 de abril de 2022). «Electric Callboy with Blind Channel and One Morning Left will rock Poland in April!». Tuonela Magazine. Consultado em 1 de maio de 2022 
  40. Thomas Renz: FUZE Magazine Nr. 33 Apr./Mai 2012, page 37: Reviews
  41. «Redfield Records / Kursaal / Redfield Digital / Redfield Publishing». Redfield Records 
  42. «Tweet». twitter.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  43. a b «Discographie von Eskimo Callboy». GfK Entertainment. Consultado em 6 de novembro de 2019 
  44. «The ARIA Report: Week Commencing 26 September 2022». The ARIA Report (1699). Australian Recording Industry Association. 26 de setembro de 2022 
  45. «Discographie Eskimo Callboy». austriancharts.at (em alemão). Hung Medien. Consultado em 1 de abril de 2011 
  46. «Electric Callboy». Ultratop. Consultado em 29 de setembro de 2022 
  47. «Ultratop Albums Top 200 - ultratop.be». www.ultratop.be. Consultado em 29 de setembro de 2022 
  48. «Suomen Virallinen Lista». Musiikkituottajat (em finlandês). Consultado em 29 de setembro de 2022 
  49. «Dutch Charts - dutchcharts.nl». dutchcharts.nl. Consultado em 29 de setembro de 2022 
  50. «Discographie Eskimo Callboy». hitparade.ch (em alemão). Hung Medien. Consultado em 4 de abril de 2015 
  51. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  52. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  53. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  54. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  55. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  56. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  57. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  58. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  59. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  60. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  61. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  62. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  63. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  64. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  65. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  66. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  67. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  68. «Video». www.youtube.com. Consultado em 29 de junho de 2020 
  69. «Video». www.youtube.com. Consultado em 23 de julho de 2020 
  70. «Video». www.youtube.com. Consultado em 9 de setembro de 2020 
  71. «Video». www.youtube.com. Consultado em 3 de setembro de 2021 
  72. «Video». www.youtube.com. Consultado em 3 de dezembro de 2021 
  73. «Video». www.youtube.com. Consultado em 7 de abril de 2022 
  74. «Video». www.youtube.com. Consultado em 8 de julho de 2022 
  75. «Video». www.youtube.com. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  76. «Video». www.youtube.com. Consultado em 18 de setembro de 2022 
  77. «Video». www.youtube.com. Consultado em 20 de novembro de 2022 
  78. «Video». www.youtube.com. Consultado em 1 de março de 2023 
  79. «Video». www.youtube.com. Consultado em 22 de junho de 2023 
  80. «Video». www.youtube.com. Consultado em 24 de agosto de 2023 
  81. DiVita, Joe (15 de setembro de 2013). «Metallica, Jeff Hanneman, Doro Pesch Honored At Germany's 'Metal Hammer Awards'». Blabbermouth.net (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2022 
  82. «2020 Best video award win». Consultado em 1 de maio de 2022 
  83. «2021 Impericon Awards win». Consultado em 1 de maio de 2022 

Ligações externas

editar
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Electric Callboy