Abrir menu principal

Eleição municipal de São Paulo em 1957

A Eleição Municipal de São Paulo em 1957 ocorreu em 24 de março de 1957, um domingo. Como era previsto no calendário eleitoral da época, foram eleitos o Prefeito e o Vice-Prefeito, sendo que os 45 vereadores da Câmara Municipal foram eleitos em 3 de outubro de 1959.

Índice

ConjunturaEditar

Jânio Quadros e seu vice, Porfírio da Paz, haviam sido eleitos em 24 de março de 1953 para um mandato de quatro anos (8 de abril de 1953-7 de abril de 1957), porém cumpriram 1 ano e 9 meses, já que foram eleitos para o Governo do Estado em 1954, deixando a prefeitura, interinamente, para o presidente da Câmara Municipal William Salem, até que os eleitos na eleição complementar de 1955, Juvenal Lino de Matos e Vladimir Toledo Piza, tomassem posse. Lino de Matos, porém, não completou o mandato, pois também era Senador e teve pressão dos oposicionistas para que escolhesse entre o Senado e a Prefeitura, fato este que fez com que ele renunciasse ao cargo no executivo municipal, fazendo com que o seu vice, Toledo Piza, terminasse o mandato. Por isso, uma das promessas dos candidatos neste eleição foi completar os quatro anos de governo, do primeiro ao último dia [1].

Resultado (Prefeito)Editar

Candidato Partido/Coligação Votos
Ademar Pereira de Barros PSP 408.766 Eleito
Francisco Prestes Maia PL / PSB / PTN / UDN / PDC / PR 376.310
Oscar Pedroso Horta PRT 11.346
Votos em branco 31.503
Votos nulos 13.937
Total de votos 841.862
Eleitorado (Total) 1.176.247
Fonte: [2]

Resultado (Vice-Prefeito)Editar

Candidato Partido/Coligação Votos
Cantídio Nogueira Sampaio PRP / PSP 280.885 Eleito
André Nunes Júnior PL / PTB 180.371
Pedro Geraldo Costa PDC 163.548
Hélio Mota UDN 66.832
William Salem PRT 39.947
Ermano Marchetti PR 27.888
Votos em branco 38.352
Votos nulos 21.039
Total de votos 841.862
Eleitorado (Total) 1.176.247
Fonte: [3]

ReferênciasEditar