Abrir menu principal

Eleições estaduais do Rio Grande do Sul de 1986

As eleições estaduais no Rio Grande do Sul em 1986 aconteceram juntamente com todos outros Estados e Territórios Federais, em 15 de novembro. Realizaram-se eleições para os seguintes cargos:

Governador
Senador (duas vagas)
Deputado Federal
Deputado Estadual

Para o Governo do Estado, foram lançadas cinco candidaturas: Pedro Simon (PMDB), Aldo Pinto (PDT, em coligação com o PDS), Carlos Chiarelli (PFL), Clóvis Ilgenfritz (PT) e Fúlvio Petracco (PSB).

Foram as primeiras eleições estaduais após o início da nova república e da presidência de José Sarney. As eleições foram realizadas sob a influência da enorme popularidade do plano cruzado, que rendeu vitórias do PMDB em todos os estados do país, menos em Sergipe, onde venceu o PFL, seu aliado.

Não existia ainda no Brasil o segundo turno, tendo sido implantado apenas com a constituição de 1988.

Resultado da eleição para governadorEditar

1º colocado: Pedro Simon (PMDB), 2.009.381 votos (41,68%)
2º colocado: Aldo Pinto (PDT, em coligação com o PDS), 1.140.228 votos (23,65%)
3º colocado: Carlos Chiarelli (PFL), 524.399 votos (10,87%)
4º colocado: Clóvis Ilgenfritz (PT), 256.767 votos (5,33%)
5º colocado: Fúlvio Petracco (PSB), 254.599 votos (5,28%)

Pedro Simon assumiu o Governo do Estado do Rio Grande do Sul em 15 de março de 1987, tendo renunciado em 1990 para concorrer ao senado.


Lista das candidaturas majoritáriasEditar

(por partido, em ordem alfabética:)


Partido da Frente Liberal (PFL)

Carlos Chiarelli: Governador - nº 25
?: Vice Cirne Lima
?: Senador - nº 251
?: Senador - nº 252


Partido Democrático Trabalhista (PDT), coligado ao Partido Democrático Social (PDS)

Aldo Pinto (PDT): Governador - nº 12
Silvérius Kist (PDS): Vice
Nelson Marchezan (PDS): Senador - nº 111
Sereno Chaise (PDT): Senador - nº 122


Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)

Pedro Simon: Governador - nº 15
Sinval Guazelli: Vice
José Fogaça: Senador - nº 151
José Paulo Bisol: Senador - nº 152


Partido dos Trabalhadores (PT)

Clóvis Ilgenfritz: Governador - nº 13
João Acir Verle: Vice
Dinarte Belato: Senador - nº 131
Flávio Koutzii: Senador - nº 132


Partido Socialista Brasileiro (PSB)

Fúlvio Petracco: Governador - nº 40
?: Vice
?: Senador - nº 401
?: Senador - nº 402

Resultado da eleição para deputados federais e estaduaisEditar

Deputados Federais

partido votos % cadeiras
PMDB 1.886.580 41,12% 17
PDS 614.663 13,40% 5
PDT 534.604 11,65% 5
PT 316.299 6,89% 2
PFL 280.263 6,11% 2
outros 105.916 2,31% -
brancos 819.810 17,87% -
total 4.588.135 31

Deputados Estaduais

partido votos % cadeiras
PMDB 1.823.129 39,69% 27
PDS 662.471 14,42% 10
PDT 612.780 13,34% 7
PFL 361.987 7,88% 5
PT 273.835 5,96% 4
outros 84.200 1,83% -
brancos 774.878 16,87% -
total 4.593.400 55
Precedido por
Eleições estaduais do Rio Grande do Sul de 1982
Eleições estaduais do Rio Grande do Sul de 1986
Sucedido por
Eleições estaduais do Rio Grande do Sul de 1990