Abrir menu principal

Eleições estaduais em Pernambuco em 2010

As eleições estaduais em Pernambuco em 2010 foram realizadas em 3 de outubro, como parte das eleições gerais no Brasil. Nesta ocasião, foram realizadas eleições em todos os 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Os cidadãos aptos a votar elegeram o Presidente da República, o Governador e dois Senadores por estado, além de deputados estaduais e federais. Como nenhum dos candidatos à presidencia e alguns à governador não obtiveram mais da metade do votos válidos, um segundo turno foi realizado no dia 31 de outubro. Não houve segundo turno para governador em Pernambuco. Na eleição presidencial o segundo turno foi entre Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) com a vitória de Dilma. Segundo a Constituição Federal, o Presidente e os Governadores são eleitos diretamente para um mandato de quatro anos, com um limite de dois mandatos. O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não pode ser reeleito, uma vez que se elegeu duas vezes, em 2002 e 2006. Já o Governador Eduardo Campos (PSB), eleito em 2006, candidatou-se à reeleição e venceu-a.

2006 Brasil 2014
Eleições estaduais em  Pernambuco em 2010
3 de outubro de 2010
(Decisão em primeiro turno)
Eduardocampos31102006.jpg Jarbas vasconcelos3.jpg
Candidato Eduardo Campos Jarbas Vasconcelos
Partido PSB PMDB
Natural de Recife, PE Vicência, PE
Vice João Lyra Neto Miriam Lacerda
Votos 3.450.874[1] 585.724
Porcentagem 82,84% 14,06%


Brasão do estado de Pernambuco.svg
Governador de Pernambuco

Índice

Candidatos para o Governo de Estado e resultadosEditar

Em Pernambuco, foram sete os candidatos à governador, sendo que Eduardo Campos venceu a eleição anterior e tentou uma reeleição, saindo vitorioso. O candidato Roberto Numeriano teve sua candidatura cassada.[2][1]

Candidato à governador(a) Candidato à vice-governador(a) Número Coligação Votos Porcentagem
Edilson Silva
PSOL
Marcia Broxado
PSOL
50
Sem Coligação
37.257 0,89%
Eduardo Campos
PSB
João Soares Lyra Neto
PSB
40
Frente Popular de Pernambuco
(PSB/PDT/PT/PP/PTB/PSL/PSC/PR/PSDC/PHS/PTC/PRP/PCdoB/PTdoB/PRB).
3.450.874 82,84%
Fernando Rodovalho
PRTB
Fabio José
PRTB
28
Um Novo Tempo
(PRTB/PTN).
2.751 0,07%
Jair Pedro
PSTU
Kátia Telles
PSTU
16
Sem Coligação
2.748 0,07%
Jarbas Vasconcellos
PMDB
Miriam Lacerda
DEM
15
Pernambuco Pode Mais
(PMDB/DEM/PSDB/PPS/PMN)
585.724 14,06%
Roberto Numeriano
PCB
Anibal Valença
PCB
21
Sem Coligação
0 0,00%
Sérgio Xavier
PV
Nely Queiroz
PV
43
Sem Coligação
86.543 2,08%
  Eleito(a)

Candidatos ao Senado e resultadosEditar

Dez candidatos disputaram duas vagas no Senado, dos quais se elegeram Armando Monteiro (PTB) e Humberto Costa (PT). O candidato Jeronimo Ribeiro teve sua candidatura cassada.[2][1]

Candidato a senador (a) Suplentes Número Coligação Votos Porcentagem
 
Armando Monteiro
PTB
1º: Douglas Cintra (PTB)
2º: Jose Rodrigues (PSB)
140
Frente Popular de Pernambuco
(PTB/PSB/PRB/PP/PDT/PT/PSL/PSC/PR/PSDC/PHS/PTC/PRP/PCdoB/PTdoB).
3.142.930 39,87%
Danúbio Aguiar
PCB
1º: Augusto Bobó (PCB)
2º: Wilson Menezes (PCB)
211
Sem Coligação
4.010 0,05%
Helio Cabral
PSTU
1º: Leoncio (PSTU)
2º: Gilson (PSTU)
161
Sem Coligação
6.229 0,08%
 
Humberto Costa
PT
1º: Joaquim Francisco (PSB)
2º: Maria de Pompeia (PDT)
130
Frente Popular de Pernambuco
(PT/PSB/PDT/PRB/PP/PTB/PSL/PSC/PR/PSDC/PHS/PTC/PRP/PCdoB/PTdoB).
3.059.818 38,82%
Jeronimo Ribeiro
PSOL
1º: Ademilton Miranda (PSOL)
2º: Mauricio Alves (PSOL)
500
Sem Coligação
0 0,00%
Renê Patriota
PV
1º: Ermirio Cabral (PV)
2º: Graco Farias (PV)
433
Sem Coligação
124.554 1,58%
Lairson Lucena
PRTB
1º: Josivan Farias (PRTB)
2º: Ana Rodovalho (PRTB)
281
Um Novo Tempo
PTN e PRTB.
5.096 0,06%
 
Marco Maciel
DEM
1º: Gustavo Krause (DEM)
2º: Marcus Cunha (PSDB)
256
Pernambuco Pode Mais
(DEM/PMDB/PSDB/PPS/PMN)
934.720 11,86%
 
Raul Jungmann
PPS
1º: Aline Mariano (PSDB)
2º: Dr. Persio (PMDB)
232
Pernambuco Pode Mais
(PPS/PMDB/PSDB/DEM/PMN)
599.937 7,61%
Simone Fontana
PSTU
1º: Lurdes (PSTU)
2º: Vera Dalva (PSTU)
162
Sem Coligação
5.196 0,07%
  Eleito(a)

Deputados federais eleitosEditar

Deputados estaduais eleitosEditar

No estado do Pernambuco foram eleitos quarenta e nove (49) deputados estaduais.[1][2][4]

Candidato (a) Votos Porcentagem
Pastor Cleiton Collins (PSC) 137.157 3,05%
Presbítero Adalto (PSB) 120.175 2,67%
Guilherme Uchoa (PDT) 99.953 2,22%
Silvio Costa Filho (PTB) 81.280 1,81%
Sebastião Oliveira (PR) 79.736 1,77%
João Fernando Coutinho (PSB) 70.305 1,56%
Betinho Gomes (PSDB) 65.792 1,46%
Clodoaldo Magalhães (PTB) 61.905 1,38%
Ângelo Ferreira (PSB) 56.267 1,25%
Pedro Serafim Neto (PDT) 55.963 1,24%
Henrique Queiroz (PR) 53.012 1,18%
Isaltino Nascimento (PT) 52.955 1,18%
Waldemar Borges (PSB) 52.845 1,17%
Aglailson Junior (PSB) 52.616 1,17%
Alberto Feitosa (PR) 52.615 1,17%
Leonardo Dias (PSB) 52.246 1,16%
Claudiano Filho (PSDB) 52.087 1,16%
Raquel Lyra (PSB) 49.610 1,10%
Edson de Souza Vieira (PSDB) 49.338 1,10%
Aluisio Lessa (PSB) 48.385 1,08%
Daniel Coelho (PV) 47.533 1,06%
Sergio Leite (PT) 45.501 1,01%
Vinicius Labanca (PSB) 43.870 0,98%
Odacy Amorim (PSB) 43.104 0,96%
Adalberto Cavalcanti (PHS) 42.751 0,95%
Raimundo Pimentel (PSB) 42.503 0,94%
Manoel Santos da Contag (PT) 42.347 0,94%
Julio Cavalcanti (PTB) 41.810 0,93%
Laura Gomes (PSB) 40.962 0,91%
Luciano Siqueira (PCdoB) 40.331 0,90%
Teresa Leitão (PT) 39.445 0,88%
Tony Gel (DEM) 38.323 0,85%
Botafogo Filho (PDT) 38.110 0,85%
Eriberto Medeiros (PTC) 37.230 0,83%
Everaldo Cabral (PTB) 36.617 0,81%
Diogo Moraes (PSB) 36.246 0,81%
Marcantonio Dourado (PTB) 36.090 0,80%
Isaias Regis (PTB) 35.861 0,80%
Andre Campos (PT) 35.315 0,79%
Francismar Pontes (PTB) 34.787 0,77%
Maviael Cavalcanti (DEM) 34.171 0,76%
Antonio Moraes (PSDB) 33.083 0,74%
Mary Gouveia (PHS) 33.032 0,73%
Carlos Jose de Santana (PSDB) 31.349 0,70%
Rodrigo Novaes (PTC) 27.328 0,61%
Gustavo Negromonte (PMDB) 27.088 0,60%
Rildo Braz (PRP) 24.795 0,55%
Ricardo Jose de Oliveira Costa (PTC) 21.189 0,47%
Severino Ramos de Santana (PMN) 20.182 0,45%

Obs.: A tabela acima mostra somente os candidatos eleitos.

Referências

  1. a b c d e Placar Eleições UOL. Apuração dos votos em Pernambuco. Acessado em 22 de outubro de 2010.
  2. a b c d TSE:Candidaturas Arquivado em 3 de setembro de 2014, no Wayback Machine. Divulgação de candidaturas 2010. Acessado em 22 de outubro de 2010.
  3. Terra Eleições: Apuração de votos para deputado federal em Pernambuco.Acessado em 12/05/2011.
  4. Terra Eleições: Apuração de votos para deputado estadual em Pernambuco.Acessado em 12/05/2011.
  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.