Eleições estaduais no Amazonas em 1954

As eleições estaduais no Amazonas em 1954 aconteceram em 3 de outubro como parte das eleições gerais no Distrito Federal, em 20 estados e nos territórios federais do Acre, Amapá, Rondônia e Roraima. Foram escolhidos o governador Plínio Coelho,[nota 2] os senadores Cunha Melo e Mourão Vieira, além de sete deputados federais e trinta estaduais.[1]

1950 Brasil 1958
Eleições estaduais no  Amazonas em 1954
3 de outubro de 1954
(Turno único)
Candidato Plínio Coelho Rui Araújo
Partido PTB PSD
Natural de Humaitá, AM Recife, PE
Vice Não havia Não havia
Votos 31.750 24.278
Porcentagem 51,77% 39,59%
Candidato mais votado por município (25):
  Plínio Coelho (21)
  Rui Araújo (3)
  Gama e Silva (1)

Na eleição para governador a vitória foi do advogado Plínio Coelho. Natural de Humaitá e formado na Universidade Federal do Amazonas, ele se tornou professor pelo Instituto de Educação do Amazonas[2] e trabalhou como jornalista. Membro da Academia Amazonense de Letras e professor da Universidade Federal do Amazonas, ingressou na política pelo PTB sendo eleito deputado estadual em 1947 e deputado federal em 1950, tornando-se o segundo humaitaense a ocupar o Palácio Rio Negro por via direta desde o fim do Estado Novo.[1] Além de eleger o governador, o PTB conseguiu as duas vagas de senador em disputa e fez as maiores bancadas entre os deputados federais e estaduais que foram eleitos.

O senador mais votado foi Leopoldo Tavares da Cunha Melo, advogado pernambucano nascido em Cabo de Santo Agostinho e graduado em 1909 na Universidade Federal de Pernambuco. Auditor militar do Ministério da Guerra, migrou para o Amazonas onde foi juiz e promotor de justiça em Manaus, Boca do Acre, Coari e Tefé chegando a lecionar na Universidade Federal do Amazonas e a assumir a chefia estadual de polícia. Eleito deputado federal em 1933, foi signatário da Constituição de 1934 e no ano seguinte foi eleito indiretamente senador pelo Amazonas exercendo o mandato até a instauração do Estado Novo e seu retorno à política aconteceu pelo PTB ao eleger-se senador em 1954.[3]

Para a outra vaga foi eleito Mourão Vieira, engenheiro agrônomo formado na Universidade Federal do Amazonas. Natural de Manaus, elegeu-se deputado estadual antes do Estado Novo e foi nomeado prefeito de Manaus pelo governador Álvaro Maia em 1942 ficando dois anos no cargo. Elegeu-se deputado federal pela UDN em 1947 e após migrar para o PTB foi escolhido senador em 1954.[4][5]

Resultado da eleição para governador editar

Conforme o Tribunal Superior Eleitoral foram apurados 61.326 votos nominais (89,53%), 3.606 votos em branco (5,26%) e 3.570 votos nulos (5,21%) totalizando o comparecimento de 68.502 eleitores.

Candidatos a governador do estado
Candidatos a vice-governador Número Coligação Votação Percentual
Plínio Coelho
PTB
Não havia
-
-
PTB (sem coligação)
31.750
51,77%
Rui Araújo
PSD
Não havia
-
-
Pela Democracia Cristã
(PSD, UDN, PDC, PTN)
24.278
39,59%
José Francisco da Gama e Silva
PSP
Não havia
-
-
PSP (sem coligação)
5.298
8,64%
Fontes:[1]
  Eleito

Resultado da eleição para senador editar

Conforme o Tribunal Superior Eleitoral foram apurados 114.091 votos nominais (83,28%), 18.705 votos em branco (13,65%) e 4.208 votos nulos (3,07%) resultando no comparecimento de 137.004 eleitores.

Candidatos a senador da República
Candidatos a suplente de senador Número Coligação Votação Percentual
Cunha Melo
PTB
Paulo Coelho
PTB
-
PTB (sem coligação)
35.568
31,18%
Mourão Vieira
PTB
Walter Rayol
PTB
-
PTB (sem coligação)
32.000
28,05%
Álvaro Maia
PSD
José Rocha de Machado Silva
PSD
-
Pela Democracia Cristã
(PSD, UDN, PDC, PTN)
23.358
20,47%
Severiano Nunes
UDN
Carvalho Leal
UDN
-
Pela Democracia Cristã
(PSD, UDN, PDC, PTN)
23.165
20,30%
Fontes:[1]
  Eleitos

Deputados federais eleitos editar

São relacionados os candidatos eleitos com informações complementares da Câmara dos Deputados.

Representação eleita

  PTB: 4
  PSD: 3
Deputados federais eleitos Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
Josué de Souza PTB 9.197 13,42% Itajaí   Santa Catarina
Antunes de Oliveira PTB 7.908 11,54% Santa Maria da Vitória   Bahia
Áureo Melo PTB 5.030 7,34% Porto Velho   Rondônia
Riça Júnior PTB 4.538 6,62% Manaus   Amazonas
Manuel Barbuda PSD 3.719 5,42% Manaus   Amazonas
Pereira da Silva PSD 3.697 5,39% Macau   Rio Grande do Norte
Antônio Maia PSD 3.538 5,16% Humaitá   Amazonas
Fontes:[1][6][7]

Deputados estaduais eleitos editar

Havia trinta cadeiras da Assembleia Legislativa do Amazonas.

Representação eleita

  PTB: 11
  PSD: 8
  UDN: 4
  PSP: 4
  PDC: 2
  PST: 1
Deputados estaduais eleitos Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
João Veiga PTB 1.979 2,88% Recife   Pernambuco
Augusto Paes Barreto PTB 1.596 2,32% Rio Preto da Eva   Amazonas
Júlio Furtado Belém PSD 1.196 1,74% Apuí   Amazonas
Danilo de Aguiar Correia PSD 1.189 1,73% Manaus   Amazonas
Artur Virgílio Filho PTB 1.099 1,60% Manaus   Amazonas
Lúcio de Siqueira Cavalcanti PTB 1.046 1,52% Anori   Amazonas
Joel Ferreira PTB 976 1,42% Manaus   Amazonas
Tércio de Araújo da Silva PSD 967 1,41% Barreirinha   Amazonas
Manoel Alexandre Filho UDN 908 1,32% Bananeiras   Paraíba
Augusto Pessoa Montenegro PSD 892 1,30% Tefé   Amazonas
Raimundo Brasil Barbosa Ferreira PTB 848 1,23% Atalaia do Norte   Amazonas
Edson Estanislau de Miranda Afonso PTB 847 1,23% Soledade   Paraíba
Armando de Souza Mendes PSD 836 1,22% Eirunepé   Amazonas
Isaac de Oliveira Sabá PSD 826 1,20% Barreirinha   Amazonas
João Pinto Conrado Gomes PSP 822 1,19% Eirunepé   Amazonas
José Henriques de Sousa Filho PTB 821 1,19% Iranduba   Amazonas
Sérgio Rodrigues Pessoa Neto PSD 818 1,19% Manaus   Amazonas
Alfredo Marques da Silveira PSD 810 1,18% São Benedito   Ceará
Antônio Vital de Mendonça PTB 799 1,16% Manaus   Amazonas
Xenofonte Antony PTB 751 1,09% Manaus   Amazonas
Oséas de Souza Martins PTB 737 1,07% Santo Antônio do Içá   Amazonas
Belarmino Ferreira Lins Filho UDN 615 0,89% Fonte Boa   Amazonas
Mário Diogo de Melo PSP 615 0,89% Boca do Acre   Amazonas
Danilo Fernandes da Silva UDN 605 0,88% Manaquiri   Amazonas
Menandro Rodrigues Tapajós UDN 580 0,84% Nhamundá   Amazonas
Wilson Calmon PSP 536 0,78% Colatina   Espírito Santo
José Francisco da Gama e Silva PSP 525 0,76% Lábrea   Amazonas
Ney Rayol PDC 520 0,75% Manaus   Amazonas
Francisco de Assis Albuquerque Peixoto PDC 518 0,75% Manaus   Amazonas
João Leopoldo de Menezes Sobrinho PST 250 0,36% Urucurituba   Amazonas
Fontes:[1][7]

Notas

  1. O banco de dados da Fundação Getúlio Vargas assegura que ele renunciou ao cargo, mas não aponta o nome de seu substituto.
  2. Como não existia o cargo de vice-governador e assim o substituto imediato do titular seria o presidente da Assembleia Legislativa.

Referências

  1. a b c d e f BRASIL. Tribunal Superior Eleitoral. «Eleições de 1954». Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  2. BRASIL. Câmara dos Deputados. «Biografia do deputado Plínio Coelho». Consultado em 6 de agosto de 2014 
  3. BRASIL. Senado Federal. «Biografia do senador Cunha Melo». Consultado em 1º de setembro de 2017 
  4. BRASIL. Câmara dos Deputados. «Biografia do deputado Mourão Vieira». Consultado em 30 de março de 2018 
  5. BRASIL. Senado Federal. «Biografia do senador Mourão Vieira». Consultado em 1º de setembro de 2017 
  6. BRASIL. Câmara dos Deputados. «Página oficial». Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  7. a b BRASIL. Presidência da República. «Lei n.º 9.504 de 30/09/1997». Consultado em 1º de setembro de 2017