Abrir menu principal

Eleições estaduais no Ceará em 1950

As eleições estaduais no Ceará em 1950 ocorreram em 3 de outubro como parte das eleições em 20 estados, no Distrito Federal e nos territórios federais do Acre, Amapá, Rondônia e Roraima. No estado foram eleitos o governador Raul Barbosa, o vice-governador Stênio Gomes e o senador Onofre Gomes, além de 17 deputados federais e 45 estaduais.[1]

1947 Brasil 1954
Eleições estaduais no  Ceará em 1950
3 de outubro de 1950
(Turno único)
Raul Barbosa, Governador do Ceará.tif Replace this image male.png
Candidato Raul Barbosa Edgar de Arruda
Partido PSD UDN
Natural de Fortaleza, CE Fortaleza, CE
Vice Stênio Gomes Fausto Cabral
Votos 249.132 205.453
Porcentagem 54,80% 45,20%


Brasão do Ceará.svg
Governador do Ceará

Pela primeira vez após o Estado Novo, o PSD conseguiu vencer a UDN e nesse ínterim Raul Barbosa conquistou o governo estadual. Natural de Fortaleza e funcionário público estadual, ele se formou advogado na Universidade Federal do Ceará em 1935 e chegou à condição de procurador-geral do estado por escolha do governador Menezes Pimentel. Eleito deputado federal em 1945, participou da elaboração da Constituição de 1946.[2]

Fator decisivo para a vitória do PSD nas eleições foi atrair o PSP para uma aliança oferecendo-lhe a posição de vice-governador em sua chapa. Graças a esse acordo tal posição coube ao advogado Stênio Gomes. Também formado pela Universidade Federal do Ceará e vítima do Estado Novo, ele nasceu em Baturité e em 1934 foi eleito deputado estadual. Após um hiato retornou à política como deputado federal em 1945 e foi secretário de Agricultura no governo Faustino Albuquerque. Ressalte-se que Stênio Gomes foi efetivado quando Raul Barbosa deixou o governo para candidatar-se a senador.[3]

Originário da Escola Militar do Realengo, o senador Onofre Gomes atingiu a patente de General de Divisão em 1949 e foi comandante da 10ª Região Militar em Fortaleza, da Polícia Militar do Distrito Federal e da 4ª Região Militar em Belo Horizonte. Natural de Camocim, foi derrotado por Faustino Albuquerque na refrega pelo governo do estado via PSD em 1947, sendo eleito depois senador em 1950.[4]

Resultado da eleição para governadorEditar

Conforme o acervo do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará.[5]

Candidatos a governador do estado
Candidatos a vice-governador Número Coligação Votação Percentual
Raul Barbosa
PSD
Ver abaixo
-
-
PSD, PSP, PR
249.132
54,80%
Edgar de Arruda
UDN
Ver abaixo
-
-
UDN (sem coligação)
205.453
45,20%
  Eleito(a)

Resultado da eleição para vice-governadorEditar

Conforme o acervo do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará.[5]

Candidatos a vice-governador
Candidatos a governador do estado Número Partido/Coligação Votação Percentual
Stênio Gomes
PSP
Ver acima
-
-
PSD, PSP, PR
231.377
52,31%
Fausto Cabral
UDN
Ver acima
-
-
UDN (sem coligação)
210.977
47,69%
  Eleito

Resultado da eleição para senadorEditar

Dados fornecidos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará.[5]

Candidatos a senador da República
Primeiro suplente de senador Número Coligação Votação Percentual
Onofre Gomes
PSD
Ver abaixo
-
-
PSD, PSP, PR
236.705
53,84%
Fernandes Távora
UDN
Ver abaixo
-
-
UDN (sem coligação)
202.902
46,16%
  Eleito(a)

Resultado da eleição para suplente de senadorEditar

Foram apurados 405.061 votos nominais.[1]

Primeiro suplente de senador
Candidatos a senador da República Número Coligação Votação Percentual
Góes de Barros
PSD
Ver acima
-
-
PSD, PSP, PR
203.676
50,28%
José de Borba
UDN
Ver acima
-
-
UDN (sem coligação)
201.385
49,72%
  Eleito(a)

Deputados federais eleitosEditar

São relacionados os candidatos eleitos com informações complementares da Câmara dos Deputados.[6][7]

Deputados federais eleitos Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
Antônio Horácio PSD 23.451 Aracoiaba   Ceará
Armando Falcão PSD 21.905 Fortaleza   Ceará
Virgílio Távora UDN 21.309 Jaguaribe   Ceará
Paulo Sarasate UDN 20.374 Fortaleza   Ceará
Francisco Monte PSD 19.689 Sobral   Ceará
Gentil Barreira UDN 19.579 Solonópole   Ceará
Sá Cavalcanti[nota 1] PSD 19.565 Fortaleza   Ceará
Menezes Pimentel PSD 17.966 Santa Quitéria   Ceará
Parsifal Barroso PSD 16.789 Fortaleza   Ceará
Otávio Lobo PSD 16.117 Santa Quitéria   Ceará
Alfredo Barreira UDN 15.774 Solonópole   Ceará
Adolfo Gentil PSD 15.479 Fortaleza   Ceará
Alencar Araripe UDN 14.758 Pereiro   Ceará
Leão Sampaio UDN 14.029 Barbalha   Ceará
Adail Cavalcanti UDN 12.625 Iguatu   Ceará
Humberto Moura UDN 12.153 Acaraú   Ceará
Walter Sá PSP 11.292 Fortaleza   Ceará

Deputados estaduais eleitosEditar

Foram eleitos 45 deputados estaduais para a Assembleia Legislativa do Ceará.[5]

Notas

  1. Faleceu no Rio de Janeiro em 10 de junho de 1954 e em seu lugar assumiu Valdemar Alcântara.

Referências

  1. a b «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 21 de fevereiro de 2015 
  2. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Raul Barbosa». Consultado em 21 de fevereiro de 2015 
  3. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Stênio Gomes». Consultado em 21 de fevereiro de 2015 
  4. «Senado Federal do Brasil: senador Onofre Gomes». Consultado em 7 de maio de 2018 
  5. a b c d «Banco de dados do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará». Consultado em 21 de fevereiro de 2015 
  6. «Página oficial da Câmara dos Deputados». Consultado em 21 de fevereiro de 2015. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  7. «BRASIL. Presidência da República: Lei nº 9.504 de 30/09/1997». Consultado em 21 de fevereiro de 2015