Abrir menu principal

Eleições estaduais no Maranhão em 1958

As eleições estaduais no Maranhão em 1958 aconteceram em 3 de outubro como parte das eleições gerais no Distrito Federal, em 20 estados e nos territórios federais do Acre, Amapá, Rondônia e Roraima. Foram eleitos o senador Eugênio de Barros, além de 10 deputados federais e 40 deputados estaduais.[1][nota 1]

1955 Brasil 1960
Eleição parlamentar no  Maranhão em 1958
3 de outubro de 1958
(Senador eleito)
Senador Eugenio de Barros.tif Andreas Papandreou (1968).jpg
Líder Eugênio Barros Cunha Machado
Partido PSD UDN
Natural de Matões, MA São Luís, MA
Votos 106.908 91.829
Porcentagem 53,79% 46,21%


Coat of arms of Brazil.svg
Senador do Maranhão

Titular(es)
Públio de Melo
PSD

Detentor de um mandato de cinco anos, o governador José de Matos Carvalho assistiu ao triunfo do vitorinismo abrigado no PSD a partir da eleição do ex-governador Eugênio Barros para o Senado Federal ocupando uma cadeira que, graças a uma sucessão de renúncias, fora ocupada por Antônio Bayma e Assis Chateaubriand até que este último foi nomeado embaixador do Brasil no Reino Unido e assim Públio de Melo passou a representar o Maranhão junto a Sebastião Archer e Vitorino Freire.[2] Na seara proporcional o PSD fez o maior número de deputados federais e deputados estaduais eleitos, ao passo que como substituto de Públio de Melo foi eleito Eugênio Barros, industrial e político nascido em Matões com passagem pelo PST no qual foi eleito governador do estado em 1950.

Sobre a eleição para o governo do estadoEditar

Resultado da eleição para senadorEditar

Dados fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral que apurou 13.949 votos em branco e 11.269 votos nulos.

Candidatos a senador da República
Primeiro suplente de senador Número Coligação Votos Percentual
Eugênio Barros
PSD
Públio de Melo
PSD
-
PSD (sem coligação)
106.908
53,79%
Cunha Machado
UDN
Luiz Cortês Vieira da Silva
UDN
-
Oposições Coligadas
(UDN, PDC, PR)
91.829
46,21%
  Eleito

Deputados federais eleitosEditar

São relacionados os candidatos eleitos com informações complementares da Câmara dos Deputados.[3][4]

Deputados federais eleitos Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
Newton Belo[nota 2] PSD 24.767 São Bento   Maranhão
Renato Archer PSD 16.914 São Luís   Maranhão
Henrique de La Rocque UDN 16.243 São Luís   Maranhão
José Sarney UDN 15.081 Pinheiro   Maranhão
Lister Caldas PSD 14.477 Teresina   Piauí
Neiva Moreira PSP 13.963 Nova Iorque   Maranhão
Cid Carvalho PSD 13.735 Rio Branco   Acre
Antônio Dino PSD 11.603 Cururupu   Maranhão
Miguel Bahury PSD 10.329 São Luís   Maranhão
Clodomir Millet PSP 9.251 Codó   Maranhão

Deputados estaduais eleitosEditar

Foram eleitos 40 deputados estaduais e as vagas foram assim distribuídas: PSD vinte e uma, Oposições Coligadas quinze, PTB quatro.[1][5][nota 3]

Deputados estaduais eleitos Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
José Gabriel dos Santos Neto PSD 4.642
Luís Coelho PSD 4.506 Benedito Leite   Maranhão
Raimundo Emerson Machado Bacelar PSD 4.465
Ivar Saldanha PSD 4.227 Rosário   Maranhão
Lauro Barbosa Ribeiro PSD 4.176
José Ribamar Bayma Serra PSD 4.076
Gonçalo Moreira Lima PSD 3.983
Travassos Furtado PSD 3.983 Viana   Maranhão
Telêmaco Leda Ribeiro PSD 3.955
Antenor Freitas de Abreu UDN 3.661
Walter de Matos Carvalho PSD 3.419
Themístocles Teixeira PSD 3.317 Pastos Bons   Maranhão
José Bento Nogueira Neves PSD 3.202
Edson Freitas Diniz PSD 3.175
Manoel de Oliveira Gomes PR 3.087
Raimundo Bogéa UDN 3.075 Grajaú   Maranhão
Mário Flexa Ribeiro PSD 3.060
José Mário de Araújo Carvalho PDC 3.040
Milton Benedito Ericeira PSD 3.000
Eurico da Rocha Santos PSD 2.979 São João dos Patos   Maranhão
Manoel Vera Cruz Ribeiro Marques PSP 2.959
Evandro Ferreira de Araújo Costa UDN 2.940
Osvaldo Apolônio Ferreira Campos PSD 2.870
Nunes Freire UDN 2.859 Grajaú   Maranhão
Ivaldo Perdigão Freire PDC 2.830
Artur Carvalho PSD 2.805
Lauro Berredo Martins PSD 2.787
Antônio Alves Gondim PSP 2.734
Eduardo Viana Pereira UDN 2.725
José Coutinho de Almeida PSD 2.659
José Anselmo dos Reis Freitas PSP 2.647
Didácio Coelho dos Santos PSD 2.616
Domingos Rego PSP 2.428
Leônidas Quaresma dos Santos UDN 2.363
Joaquim Rodrigues Mochel PSP 2.306
Alberto Aboud PTB 2.260 São Luís   Maranhão
Vieira da Silva PTB 2.222 São Luís   Maranhão
Francisco Ferreira Figueiredo PSP 2.080
Wilson de Sá Marques PTB 1.766
Walter Derick Mendes Ribeiro PTB 1.755

Notas

  1. No Distrito Federal não houve eleição para governador, apenas para o Senado Federal.
  2. Eleito governador do Maranhão em 1960, foi substituído por Eurico Ribeiro.
  3. Reeditadas em 1958, as "Oposições Coligadas" eram uma aliança formada por três partidos (UDN, PDC, PR) e também pelo PSP. No presente caso a filiação individual dos deputados estaduais eleitos foi determinada a partir de boletins eleitorais publicados pelo jornal O Combate.

Referências

  1. a b «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 17 de abril de 2014 
  2. «Senado Federal do Brasil». Consultado em 2 de março de 2019 
  3. «Página oficial da Câmara dos Deputados». Consultado em 24 de junho de 2016. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  4. «BRASIL. Presidência da República: Lei nº 9.504 de 30/09/1997». Consultado em 24 de junho de 2016 
  5. «Biblioteca Nacional Digital Brasil: Hemeroteca Digital». Consultado em 2 de março de 2019