Abrir menu principal

Eleições estaduais no Pará em 2010

As eleições estaduais no Pará em 2010 aconteceram nas eleições federais, no Brasil, em 3 de outubro. Na ocasião foi eleito um governador por estado, dois senadores por estado, deputados federais e estaduais e o Presidente da República. Os candidatos oficializados, ao Governo de Estado foram: Simão Jatene (PSDB), Domingos Juvenil (PMDB), Fernando Carneiro (PSOL), Cleber Rabelo (PSTU) e Ana Júlia Carepa (PT), que tentou uma reeleição com o apoio do então Presidente Lula, que tinha uma grande aceitação por parte do povo brasileiro, devido à coligação em que o PT apoiava os peemedebistas.

2006 Brasil 2014
Eleições estaduais no Pará Pará em 2010
31 de outubro de 2010
Segundo Turno
Simao jatene.jpg Ana Júlia Carepa - PT.jpg
Candidato Simão Jatene Ana Júlia Carepa
Partido PSDB PT
Natural de Belém, PA Belém, PA
Vice Helenilson Pontes Anivaldo Vale
Votos 1.860.799 1.477.609
Porcentagem 55,74% 44,26%


Brasão do Pará.svg
Governador do Pará
Eleição parlamentar no Pará Pará em 2010 (Senado)
3 de outubro de 2010
(Primeiro Turno)
Flexa ribeiro senador.jpg Marinor brito.jpg
Líder Flexa Ribeiro Marinor Brito
Partido PSDB PSOL
Natural de Belém, PA Alenquer, PA
Votos 1.817.644 727.583
Porcentagem 67,73% 27,11%


Coat of arms of Brazil.svg
Senador

Ao Senado Federal Brasileiro, os candidatos foram: Flexa Ribeiro (PSDB), Marinor Brito (PSOL), João Augusto (PSOL), Paulo Braga (PSTU), Abel Ribeiro (PSTU), Jader Barbalho (PMDB) e Paulo Rocha (PT).

Índice

RegrasEditar

Governador e Vice-governadorEditar

No geral, as regras para as eleições presidenciais também se aplicam às estaduais. Isto é, as eleições têm dois turnos, se nenhum dos candidatos alcança maioria absoluta dos votos válidos, um segundo turno entre os dois mais votados acontece. Todos os candidatos com cargos executivos deveriam renunciar até 3 de abril, para poderem disputar.

SenadorEditar

Conforme rodízio previsto para as eleições para o Senado, em 2010 Duas vagas para cada estado será disputada para o mandato de 8 anos. O candidato mais votado é eleito,o segundo mais votado também é eleito. Nas eleições legislativas não há segundo turno.

Candidatos ao Governo de Estado e ao Senado com resultadosEditar

No Pará, cinco candidatos disputaram uma vaga de governador e sete candidatos disputaram duas vagas no Senado.[1][2]

Coligação Juntos com o Povo
(PSDB/PPS/DEM/PSDC/PRTB/PMN/PRP)
Cargo Partido Número Nome Votos Porcentagem
Governador PSDB 45 Simão Jatene 1.720.631 48,92%
Vice-Governador PPS - Helenilson Pontes - -
Senador PSDB 456 Flexa Ribeiro 1.817.644 67,73%
Primeiro suplente PSDB - Nicias Ribeiro - -
Segundo suplente PSDB - Bia Cardoso - -
Coligação Frente Popular Acelera Pará
(PT/PR/PRB/PP/PDT/PTB/PTN/PSC/PHS/PTC/PSB/PV/PCdoB/PTdoB)
Cargo Partido Número Nome Votos Porcentagem
Governador PT 13 Ana Júlia Carepa 1.267.981 36,05%
Vice-Governador PR - Anivaldo Vale - -
Senador PT 131 Paulo Rocha 0 0,00%
Primeiro suplente PTB - Valdete - -
Segundo suplente PP - Pastor Leodarto Marques - -
Coligação Chapa do Partido do Movimento Democrático Brasileiro
Cargo Partido Número Nome Votos Porcentagem
Governador PMDB 15 Domingos Juvenil 380.331 10,81%
Vice-Governador PMDB - Hildegardo Nunes - -
Senador PMDB 151 Jader Barbalho 0 0,00%
Primeiro suplente PMDB - Fernando Ribeiro - -
Segundo suplente PMDB - Wilson Ribeiro - -
Coligação Chapa do Partido Socialismo e Liberdade
Cargo Partido Número Nome Votos Porcentagem
Governador PSOL 50 Fernando Carneiro 107.102 3,04%
Vice-Governador PSOL - Professora Mônica - -
Senador PSOL 500 Marinor Brito 727.583 27,11%
Primeiro suplente PSOL - Dida Pantoja - -
Segundo suplente PSOL - Tibirica - -
Senador PSOL 501 João Augusto 79.621 2,97%
Primeiro suplente PSOL - Marcos Soares - -
Segundo suplente PSOL - Walmir Freire - -
Coligação Chapa do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado
Cargo Partido Número Nome Votos Porcentagem
Governador PSTU 16 Cleber Rabelo 41.514 1,18%
Vice-Governador PSTU - Fafá - -
Senador PSTU 161 Paulo Braga 33.126 1,23%
Primeiro suplente PSTU - Galeno - -
Segundo suplente PSTU - Armando - -
Senador PSTU 160 Abel Ribeiro 25.723 0,96%
Primeiro suplente PSTU - Xaropinho do Brega - -
Segundo suplente PSTU - Sergio Luis - -
  Segundo Turno
  Eleito(a)

Segundo turnoEditar

Candidato a governador(a)
(em ordem alfabética)
Candidato a vice-governador(a) Número Coligação Votos Porcentagem
Ana Júlia Carepa
PT
Anivaldo Vale
PR
13
Frente Popular Acelera Pará
PRB, PP, PDT, PT, PTB, PTN, PSC, PR, PHS, PTC, PSB, PV, PC do B e PT do B.
1.477.609 44,26%
Simão Jatene
PSDB
Helenilson Pontes
PPS
45
Juntos Com o Povo
PPS, DEM, PSDC, PRTB, PMN, PRP e PSDB.
1.860.799 55,74%
  Eleito(a)

Pesquisas de intenção de votoEditar

GovernadorEditar

1º turno

Data Instituto Candidato
Simão Jatene (PSDB) Ana Júlia Carepa (PT) Domingos Juvenil (PMDB) Fernando Carneiro (PSOL) Cleber Rabelo (PSTU) Brancos/Nulos/Não Sabe/Indecisos
24 a 26/08/2010 Ibope[3] 43% 33% 6% 2% 2% 14%
14/09 a 16/09/2010 Ibope[3] 43% 30% 7% 2% 2% 16%
29/09 a 01/10/2010 Ibope[3] 43% 30% 7% 0% 0% 16%

2º turno

Data Instituto Candidato
Simão Jatene (PSDB) Ana Júlia Carepa (PT) Brancos ou Nulos Nenhum ou Não sabe
18/10/2010 Ibope Votos Totais [4] 54% 36% 5% 5%
18/10/2010 Ibope Votos Válidos [4] 60% 40% - -
30/10/2010 Ibope Votos Totais [5] 55% 37% 5% 3%
30/10/2010 Ibope Votos Válidos [5] 59% 41% - -

SenadorEditar

Data Instituto Candidato
Jader Barbalho (PMDB)Impugnado Flexa Ribeiro (PSDB) Paulo Rocha (PT)

Impugnado

Marinor Brito (PSOL) Paulo Braga (PSTU) Abel Ribeiro (PSTU) João Augusto (PSOL) Brancos/Nulos/Não Sabe/Indecisos
24 a 26/08/2010 Ibope[3] 50% 23% 28% 7% 5% 3% 2% 48%
14 a 16/09/2010 Ibope[3] 42% 33% 29% 8% 7% 3% 2% 48%
29/03 a 01/10/2010 Ibope[3] 46% 38% 37% 0% 0% 0% 0% 36%

Lista de candidatos à deputado estadual em 2010 e candidatos eleitosEditar

No Pará foram quarenta e um deputados estaduais eleitos dos quais 262 ¹disputaram estas vagas.[1][2]

¹Incluindo candidatos que foram cassados e que renunciaram a candidatura.

Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)Editar

O PMDB teve oito candidatos eleitos à deputado estadual. O partido obteve 591.410 votos válidos, incluindo os candidatos não-eleitos, num total de 17,41% dos votos.

Coligação Frente Acelera ParáEditar

A coligação Frente Acelerá Pará é formada por três partidos: o Partido Progressista (PP), o Partido dos Trabalhadores(PT) e o Partido Humanista da Solidariedade (PHS). A coligação teve nove candidatos eleitos para deputado estadual, ambos do PT. A coligação em todo obteve 629.831 votos, que representa 18,54% dos votos.

Partido Progressista (PP)Editar

O Partido Progressista não teve nenhum de seus candidatos eleitos. O partido recebeu 80.020 votos, que representa 2,36% dos votos.

Partido dos Trabalhadores (PT)Editar

O Partido dos Trabalhadores teve nove candidatos eleitos para deputado estadual. O PT recebeu 541.099 votos, representando 15,93% dos votos.

Partido Humanista da Solidariedade (PHS)Editar

O PHS não teve nenhum candidato eleito para deputado estadual.O PHS também não teve nenhum candidato a Deputado Federal.O Partido Humanista da Solidariedade recebeu 8.712, o que representa 0,26% dos votos.

Coligação PPS/PSDC/PMN/PRTB/PRPEditar

A coligação é formada por cinco partidos: o Partido Popular Socialista (PPS), o Partido Republicano Progressista (PRP), o Partido da Mobilização Nacional (PMN), o Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) e o Partido Social Democrata Cristão (PSDC). A coligação recebeu um total de 201.506, representando 5,93% dos votos. A coligação teve dois candidatos eleitos para deputado estadual.

Partido Republicano Progressista (PRP)Editar

O PRP não teve nenhum candidato eleito. O partido recebeu 19.447 votos, representando 0,57% dos votos.

Partido Popular Socialista (PPS)Editar

O Partido Popular Socialista teve um candidato eleito para deputado estadual. O PPS recebeu 101.624 votos, representando 2,99% dos votos.

Partido da Mobilização Nacional (PMN)Editar

O Partido da Mobilização Nacional teve um candidato eleito para deputado estadual. O PMN recebeu 49.587 votos, representando 1,46% dos votos.

Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB)Editar

O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro não teve nenhum candidato eleito para deputado estadual. O partido recebeu 24.686 votos, representando 0,73% dos votos.

  • 28222.Professor Márcio Sherlo
  • 28028.Elton Braga
  • 28000.Dr.Armando

Partido Social Democrata Cristão (PSDC)Editar

O Partido Social Democrata Cristão não teve nenhum candidato eleito para deputado estadual. O partido recebeu 6.162 votos, representando 0,18% dos votos.

Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU)Editar

O PSTU não teve nenhum candidato eleito para deputado estadual. O partido recebeu 5.559 votos, representando 0,16% dos votos.

  • 16123.Angela
  • 16016.Taís Ranieri

Partido da República (PR)Editar

O Partido da República teve quatro candidatos eleitos para deputado estadual. O PR recebeu 282.843 votos, representando 8,33% dos votos.

Partido Verde (PV)Editar

O Partido Verde teve um candidato eleito para deputado estadual. O PV recebeu 103.716 votos, representando 3,05% dos votos.

Partido Democrático Trabalhista (PDT)Editar

O Partido Democrático Trabalhista teve dois de seus candidatos eleitos para deputado estadual. O PDT recebeu 163.677 votos, representando 4,82% dos votos.

Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)Editar

O Partido Trabalhista Brasileiro teve três candidatos eleitos à deputado estadual. O PTB recebeu 248.141 votos, representando 7,31% dos votos.

Coligação PSDB e DEMEditar

A coligação é formada pelo partido Democratas (DEM) e pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). A coligação teve sete candidatos eleitos à deputado estadual. A coligação recebeu 558.503 votos, representando 16,44% dos votos.

Partido Democratas (DEM)Editar

O Democratas teve um candidato eleito para deputado estadual. O partido recebeu 150.208 votos, representando 4,42% dos votos.

Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)Editar

O PSDB teve quatro de seus candidatos eleitos para o cargo de deputado estadual. O partido recebeu 408.295 votos, representando 12,02% dos votos.

Coligação Por Um Pará Mais UnidoEditar

A coligação é formada pelo Partido Trabalhista Nacional (PTN), pelo Partido Social Cristão (PSC), pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC) e pelo Partido Trabalhista do Brasil (PT do B). A coligação teve somente um candidato eleito para deputado estadual. Por Um Ceará Mais Unido receneu 113.432, representando 3,34% dos votos.

Partido Trabalhista Nacional (PTN)Editar

O PTN foi o partido menos votado, sem nenhum candidato eleito à deputado estadual e 1.910 votos, representando 0,06% dos votos.

Partido Social Cristão (PSC)Editar

Um candidato à deputado estadual foi eleito através do PSC, o único candidato eleito na coligação Por Um Pará Mais Unido. O Partido Social Cristão recebeu 88.043 votos, representando 2,59% dos votos.

Partido Trabalhista do Brasil (PT do B)Editar

O PT do B não teve candidato eleito à deputado estadual e recebeu 9.810 votos, representando 0,29% dos votos.

Partido Trabalhista Cristão (PTC)Editar

O Partido Trabalhista Cristão não teve nenhum candidato eleito à deputado estadual. O PTC recebeu 13.669 votos, representando 0,40% dos votos.

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)Editar

O PSOL teve um candidato eleito á deputado estadual. O partido recebeu 121.483 votos, representando 3,58% dos votos.

Partido Republicano Brasileiro (PRB)Editar

Partido Socialista BrasileiroEditar

O PSB teve dois de seus candidatos eleitos. O partido recebeu 187.518 votos, representando 5,52% dos votos.

Deputados federais eleitosEditar

Foram eleitos dezessete (17) deputados federais pelo estado.[1][2]


Referências

  1. a b c TSE:Candidaturas Arquivado em 3 de setembro de 2014, no Wayback Machine. Divulgação de candidaturas 2010. Acessado em 01 de novembro de 2010.
  2. a b c UOL eleições:Resultado da eleição no Pará.Acessado em 01 de novembro de 2010.
  3. a b c d e f Fernando Rodrigues. «Pesquisas eleitorais 2010 - 1° Turno». UOL. Consultado em 29 de março de 2018  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "Pesquisa Eleitoral" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  4. a b «Ibope: Jatene chega a 54% contra Ana Júlia no Pará». Estadão. 18 de Outubro de 2010. Consultado em 29 de março de 2018 
  5. a b «No Pará, Jatene tem 59% dos votos válidos, e Ana Júlia, 41%, diz Ibope». G1. 30 de Outubro de 2010. Consultado em 29 de março de 2018