Eleições estaduais no Rio de Janeiro em 1994

As eleições estaduais no Rio de Janeiro em 1994 aconteceram nos dias 3 de outubro e 15 de novembro de 1994, como parte das eleições gerais no Brasil. Nesta ocasião, foram realizadas eleições em todos os 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Os cidadãos aptos a votar elegeram o Presidente da República, o Governador e dois senadores por estado, além de deputados estaduais e federais.

1990 Brasil 1998
Eleições estaduais no  Rio de Janeiro em 1994
3 de outubro de 1994
(Primeiro turno)
15 de novembro de 1994
(Segundo turno)
Marcello Alencar.jpg Deputado Anthony Garotinho entrevistado em 2011 (cropped).jpg
Candidato Marcello Alencar Anthony Garotinho
Partido PSDB PDT
Vice Luiz Paulo Rocha Noel de Carvalho
Votos 3.537.866 2.771.074
Porcentagem 56,10% 43,90%


Brasão do estado do Rio de Janeiro.svg
Governador do Rio de Janeiro

Como nenhum dos candidatos a cargos no Executivo obtiveram mais da metade do votos válidos, um segundo turno foi realizado no dia 15 de novembro. Na eleição estadual o segundo turno foi realizado entre Marcello Alencar (PSDB) e Anthony Garotinho (PDT). No mesmo dia também foi realizada uma nova eleição legislativa no estado, convocada pelo Tribunal Regional Eleitoral devido as fraudes ocorridas na votação do 1° turno e que resultaram na anulação da mesma.

Segundo a Constituição Federal, o Presidente e os Governadores são eleitos diretamente para um mandato de quatro anos, sem direito a uma reeleição seguida - a lei só mudaria com a aprovação da emenda constitucional n.º 16, em 1997.

Resultado da eleição para governadorEditar

Primeiro turnoEditar

Candidatos a governador do estado Candidatos a vice-governador Número Coligação Votação Percentual
Marcello Alencar
PSDB
Luiz Paulo Rocha
PSDB
451
Rio Unido
(PSDB, PFL, PP, PL)
2.292.406
37,15%
Anthony Garotinho
PDT
Noel de Carvalho
PDT
121
Força do Povo
(PDT, PTB, PMN)
1.874.435
30,38%
Newton Cruz
PSD
Geraldo Bolsonaro
PPR
411
Segurança, Educação e Desenvolvimento
(PSD, PPR)
873.925
14,16%
Jorge Bittar
PT
Roberto Chabo
PSB
131
Frente Brasil Popular Rio
(PT, PSB,PPS, PCdoB, PV, PSTU)
662.144
10,73%
Milton Gonçalves
PMDB
Hamilton Lima Barros
PMDB
151
PMDB
278.612
4,52%
Paulo Roberto Santoro
PRONA
Cesar Pinto
PRONA
561
PRONA
103.570
1,68%
Ronald Azaro
PSC
José Salema Guimarães
PSC
201
PSC, PRP
43.830
0,71%
Mauro Cesar
PRN
Julio Cesar Pitombo
PRN
361
PRN
41.705
0,68%

SenadorEditar

Candidatos Votos
(1º turno)
%
Benedita da Silva (PT) - eleito
2.249.861 22,7%
Artur da Távola (PSDB) - eleito
1.816.303 18,3%
Nelson Carneiro (PP) 1.487.856 15,0%
Jorge Roberto Silveira (PDT) 1.308.510 13,2%
Saturnino Braga (PSB) 774.477 7,8%
Carlos Alberto Caó (PDT) 662.578 6,7%
Jorge Boaventura (PPR) 501.636 5,1%
Eliane Cunha (PRP) 263.079 2,7%
Aldemar Furtado (PSD) 244.988 2,5%
Vanderley Assis (PRONA) 189.325 1,9%
Gelson Guilherme (PMDB) 168.208 1,7%
Castelo Branco (PRN) 124.679 1,3%
Paulo Rattes(PMDB) 120.003 1,2%

Deputados eleitosEditar

ReferênciasEditar

  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.