Abrir menu principal

Eleições gerais na África do Sul em 2014

‹ 2009 • Flag of South Africa.svg • 2019
Eleições gerais de 2014
400 membros da Assembleia Nacional
7 de maio de 2014
Tipo de eleição:  Eleição geral
Cargos a eleger:  Presidente da África do Sul
(2014-2019)
Jacob Zuma 2010 (cropped).jpg
Jacob ZumaANC
Votos: 11 436 921  
Lugares obtidos: 249  
  
62.15%
Zille and Selfe in 2010 (cropped).jpg
Helen ZilleDA
Votos: 4 091 584  
Lugares obtidos: 89  
  
22.23%
Julius Malema 2011-09-14 cropped.jpg
Julius MalemaEFF
Votos: 1 169 259  
Lugares obtidos: 25  
  
6.35%

Presidente da África do Sul
Flag of South Africa.svg
Eleito
Jacob Zuma
Congresso Nacional

As Eleições gerais sul-africanas de 2014 foram realizadas em 7 de maio de 2014, com o objetivo de eleger novos membros da Assembleia Nacional e novas legislaturas provinciais.[1] Foi a quinta eleição sul-africana por sufrágio universal desde o fim do Apartheid, em 1994, e também a primeira eleição desde a morte de Nelson Mandela. Pela primeira vez na história do país, expatriados puderam votar regularmente.[2][3]

A eleição parlamentar foi vencida pelo Congresso Nacional Africano com 62.1% dos votos válidos, um resultado menor do que os 65.9% das eleições anteriores.[4] Por outro lado, a Aliança Democrática, partido oficial de oposição, ampliou seu número de lugares na Assembleia Nacional e obteve cerca de 22% dos votos. O terceiro colocado foi o partido Combatentes da Liberdade Econômico ("Economic Freedom Fighters") que obteve 6.4% dos votos.[5]

O Congresso Nacional Africano venceu em oito das nove províncias sul-africanas. O EFF obteve 10% a mais de votos em Gauteng, Limpopo e no Noroeste. Em outras seis províncias vencidas pelo CNA, a Aliança Democrática ficou como o segundo partido mais votado. No Cabo Oriental, a única província em que o CNA não obteve maioria dos votos, a Aliança Democrática ampliou sua percentagem de 51.5% para 59.4% dos votos.[5]

Índice

Resultados oficiaisEditar

A Comissão Eleitoral decidiu anular os votos de uma seção eleitoral em Tickeyline, na província de Limpopo, em decorrência dos ataques aos oficiais eleitorais no encerramento da votação.[6] Os resultados oficiais das eleições gerais de 2014 foram anunciados no dia 10 de maio.[7]

ParlamentoEditar

Partido Votos % +/- Deputados +/-
Congresso Nacional Africano 11 436 921 62,2  3,7
249 / 400
 15
Aliança Democrática 4 091 584 22,2  5,5
89 / 400
 22
Combatentes da Liberdade Económica 1 169 259 6,4 Novo
25 / 400
Novo
Partido da Liberdade Inkatha 441 854 2,4  2,2
10 / 400
 8
Partido Nacional da Liberdade 288 742 1,6 Novo
6 / 400
Novo
Movimento Democrático Unido 184 636 1,0  0,1
4 / 400
=
Frente da Liberdade 165 715 0,9  0,1
4 / 400
=
Congresso do Povo 123 235 0,7  6,7
3 / 400
 27
Partido Democrata-Cristão Africano 104 039 0,6  0,2
3 / 400
=
Congresso Independente Africano 97 642 0,5 Novo
3 / 400
Novo
Agang SA 52 350 0,3 Novo
2 / 400
Novo
Congresso Pan-Africano 37 784 0,2  0,1
1 / 400
=
Convenção Popular Africano 30 676 0,2 =
1 / 400
=
Outros 178 060 1,0
0 / 400
Votos Inválidos 251 960 1,4  0,1
Total 18 654 457 100 400
Eleitorado/Participação 25 381 293 73,5  3,8

Resultados por ProvínciaEditar

% % % % % % % % % % % % % Votantes
Província ANC DA EFF IFP NFP UDM VF COPE ACDP AIC ASA PAC APC
Cabo Ocidental 34,0 57,3 2,3 0,1 0,0 0,6 1,1 0,6 1,2 0,3 0,5 0,2 0,1 2 188 236
Cabo Oriental 70,8 15,9 3,8 0,1 0,2 5,3 0,4 1,2 0,4 0,8 0,1 0,4 0,2 2 278 555
Cabo Setentrional 63,9 23,4 5,1 0,0 0,0 0,1 1,3 3,3 0,6 0,9 0,1 0,1 0,2 443 714
Estado Livre 69,7 16,2 7,9 0,1 0,1 0,2 1,9 1,4 0,5 0,8 0,2 0,2 0,2 1 051 027
Gauteng 54,9 28,5 10,3 0,8 0,5 0,6 1,3 0,5 0,7 0,4 0,5 0,2 0,1 4 638 981
KwaZulu-Natal 65,3 13,4 2,0 10,2 6,4 0,2 0,2 0,1 0,4 0,5 0,1 0,1 0,1 3 935 771
Limpopo 79,0 6,6 10,3 0,1 0,0 0,3 0,7 0,8 0,4 0,4 0,3 0,3 0,3 1 543 986
Mpumalanga 78,8 10,0 6,2 0,3 0,7 0,1 0,8 0,3 0,4 0,5 0,1 0,2 0,3 1 408 269
Noroeste 67,8 12,6 12,5 0,1 0,1 1,0 1,6 0,8 0,5 0,7 0,4 0,1 0,3 1 147 786
África do Sul 62,2 22,2 6,4 2,4 1,6 1,0 0,9 0,7 0,6 0,5 0,3 0,2 0,2 18 654 457

Referências

  1. «Zuma signs election proclamation». News24. 21 de fevereiro de 2014. Consultado em 2 de novembro de 2014 
  2. «África do Sul em vésperas de eleições gerais». África 21 Digital. 2 de maio de 2014. Consultado em 2 de novembro de 2014 
  3. Bakhsh, Nouf (30 de abril de 2014). «South African expats in UAE vote for the first time in country's elections». The National. Consultado em 2 de novembro de 2014 
  4. Martins, Helena (9 de maio de 2014). «Partido governista ganha eleições na África do Sul pela quinta vez consecutiva». Agência Brasil. Consultado em 2 de novembro de 2014 
  5. a b «National and provincial election results». Comissão Eleitoral da África do Sul. Consultado em 2 de novembro de 2014 
  6. «Parties except ANC accept Limpopo vote exclusion». SABC News. 9 de maio de 2014. Consultado em 2 de novembro de 2014 
  7. «ANC wins 249 seats». News24. 10 de maio de 2014. Consultado em 2 de novembro de 2014