Abrir menu principal

Eleições gerais na Suécia em 2014

← 2010 • Flag of Sweden.svg • 2018
Eleições legislativas suecas de 2014
349 deputados ao Parlamento
14 de setembro de 2014
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  7 330 432
Votantes : 6 290 016
  
85.81% Green Arrow Up.svg 1.4%
Stefan Löfven efter slutdebatten i SVT 2014 (cropped).jpg
Partido Social-Democrata
Votos: 1 932 711  
Deputados obtidos: 113 Green Arrow Up.svg 0.9%
  
31.01%
Fredrik Reinfeldt 12 Sept 2014.jpg
Partido Moderado
Votos: 1 453 517  
Deputados obtidos: 84 Red Arrow Down.svg 21.5%
  
23.33%
Jimmie Åkesson 2014.jpg
Democratas Suecos
Votos: 801 178  
Deputados obtidos: 49 Green Arrow Up.svg 145%
  
12.86%
Gustav Fridolin, Asa Romson.jpg
Partido Verde
Votos: 429 275  
Deputados obtidos: 25 Red Arrow Down.svg 0%
  
6.89%
Annie Lööf 12 Sept 2014.jpg
Partido do Centro
Votos: 380 937  
Deputados obtidos: 22 Red Arrow Down.svg 4.3%
  
6.11%
Jonas Sjöstedt in Sept 2014 -2.jpg
Partido da Esquerda (V)
Votos: 356 331  
Deputados obtidos: 21 Green Arrow Up.svg 10.5%
  
5.72%
Jan Björklund in Sept 2014.jpg
Partido Popular Liberal
Votos: 337 773  
Deputados obtidos: 19 Red Arrow Down.svg 20.8%
  
5.42%
Göran Hägglund 12 Sept 2014.jpg
Os Democratas Cristãos
Votos: 284 806  
Deputados obtidos: 16 Red Arrow Down.svg 15.8%
  
4.57%
Gudrun Schyman pressbild.tiff
Iniciativa Feminista
Votos: 194 719  
Deputados obtidos: 0  
  
3.12%
Resultados finais das Eleições Parlamentares - Autoridade Nacional das Eleições
Da esquerda para a direita, os principais candidatos: Stefan Löfven (Partido Social-Democrata), Fredrik Reinfeldt (Partido Moderado) e Jimmie Åkesson (Democratas Suecos).

As Eleições gerais na Suécia em 2014 foi um pleito, realizado a 14 de setembro de 2014, para eleger o Parlamento - Riksdagen, as Assembleias regionais - Landstingsfullmäktige, e as Assembleias municipais - Kommunfullmäktige - do país.

Nas eleições legislativas para o Parlamento, a Aliança de Centro-direita (formado pelo Partido Moderado, pelo Partido Popular Liberal, pelo Partido do Centro e pelos Democratas Cristãos) buscava um terceiro mandado no governo. Os três principais partidos de esquerda (o Partido Social-Democrata, o Partido Verde e o Partido da Esquerda), rompendo com a história recente da Suécia, lançaram plataformas independentes uma das outras, assim como os Democratas Suecos, um partido nacionalista de extrema-direita, e a Iniciativa Feminista, um novo partido de esquerda feminista.

No final, os partidos verde-vermelhos (de centro-esquerda) obtiveram 158 assentos, e conseguiram superar a Aliança pela Suécia (de centro-direita), que atingiu 142 assentos.
Os Democratas Suecos conseguiram 49 assentos e expandiram sua representação no parlamento.[1]

Fredrik Reinfeldt, o então primeiro-ministro, anunciou que renunciaria, abrindo caminho para a formação de um novo governo, liderado por Stefan Löfven dos Sociais-Democratas. [2]

O Parlamento da Suécia elegeu Stefan Löfven para liderar um governo de coligação verde-vermelha, constituída pelo Partido Social-Democrata, de centro-esquerda, e o Partido Verde, ecologista. [3]

Índice

349 deputadosEditar

O Parlamento Sueco - Riksdagen - tem 349 deputados, eleitos direta e proporcionalmente de 4 em 4 anos. [4]
Os eleitores elegem 310 deputados distribuídos por 29 círculos eleitorais.
Os restantes 39 deputados são eleitos a partir de um círculo nacional, onde são contados os votos que não deram diretamente lugar no parlamento.
Na totalidade, há uma limitação de 4% para um partido poder entrar no parlamento.

Eleições nacionais-regionais-municipaisEditar

Simultaneamente são realizadas 3 eleições na Suécia:

ResultadosEditar

Tabela de resultadosEditar

Partido Nº Votos % +/- Deputados +/-
Partido Social-Democrata 1 932 711 31,0  0,3
113 / 349
 1
Partido Moderado 1 453 517 23,3  6,8
84 / 349
 23
Democratas Suecos 801 178 12,9  7,2
49 / 349
 29
Partido Verde 429 275 6,9  0,4
25 / 349
=
Partido do Centro 380 937 6,1  0,5
22 / 349
 1
Partido da Esquerda 356 331 5,7  0,1
21 / 349
 2
Partido Popular Liberal 337 773 5,4  1,7
19 / 349
 5
Os Democratas Cristãos 284 806 4,6  1,0
16 / 349
 3
Iniciativa Feminista 194 719 3,1  2,7
0 / 349
=
Outros 60 326 1,0
0 / 349
Votos inválidos 58 443 0,9  0,2
Total 6 290 016 100 349
Eleitorado/Participação 7 330 432 85,8  1,2
Fonte [5]

Resultados por BlocosEditar

Bloco Votos % +/- Deputados +/-
Aliança Vermelha e Verde (Centro-esquerda) 2 913 036 46,7  2,7
159 / 349
 3
Aliança (Centro-direita) 2 457 033 39,4  10,0
141 / 349
 32

Referências

  1. "Esquerda vence eleições legislativas na Suécia". Página acessada em 16 de setembro de 2014.
  2. «Eleições na Suécia deixam vencedor com um problema para resolver». Expresso. Consultado em 21 de setembro de 2014 
  3. Johanna Cardell. «Stefan Löfven är ny statsminister» (em sueco). Expressen. Consultado em 2 de outubro de 2014 
  4. «Hur fördelas platserna i riksdagen?» (em sueco). Sveriges Riksdag. Consultado em 14 de setembro de 2014 
  5. «Röster - Val 2014». www.val.se. Consultado em 5 de novembro de 2015 

Ver tambémEditar