Abrir menu principal

Eleições legislativas nas Seychelles (2007)

Flag of Seychelles.svg

As eleições legislativas de 2007 nas Seychelles realizam-se em três dias consecutivos, nos dias 10, 11 e 12 de Maio de 2007 e nelas são eleitos os 34 deputados do Parlamento daquele país insular[1].

O Parlamento é renovado a cada cinco anos, sendo 25 dos mandatos eleitos por maioria simples e os restantes nove eleitos por representação proporcional[2].

A população do país, estimada em 2006, é de 81.541 habitantes, dos quais estão recenseados para estas eleições cerca de 65.000 eleitores.

Estas eleições são vistas pela oposição como um referendo a três décadas de domínio da Frente Progressiva do Povo Seychellense.

AntecedentesEditar

O Presidente das Seychelles, James Michel dissolveu o parlamanto em Março de 2007, depois de os membros da oposição boicotarem as sessões durante cinco meses em protesto contra um voto que lhes recusava a atribuição da licença de uma estação radiofónica[3].

Na assembleia que agora se dissolve a Frente Progressiva do Povo Seychellense estava em maioria absoluta com 23 assentos (54,30% dos votos) e o Partido Nacional das Seychelles detinha os restantes 11 (42,6%). O Partido Democrático das Seychelles obteve ainda 3,1% dos votos, não conseguindo eleger qualquer deputado.

Concorrem a estas eleições 50 candidatos, entre os quais 6 mulheres. 25 dos candidatos concorrem peloi partido governamental e os restantes 25 pelo principal partido da oposição, o Partido Nacional das Seychelles[4].

VotaçãoEditar

10 de MaioEditar

Neste primeiro dia de eleições nas Seychelles foram a votos os residentes das ilhas mais remotas do arquipélago e ainda alguns grupos profissionais específicos como os enfermeiros, jornalistas, pilotos e bombeiros[5], polícias e médicos[6].

11 de MaioEditar

O Segundo dia foi destinado à votação da maioria das ilhas à excepção das mais remotas e das três principais.

12 de MaioEditar

O último dia das eleições ficou reservado para as eleições nas três principais ilhas, Mahe, Praslin e La Digue.

ResultadosEditar

A constituição do parlamento não sofreu qualquer alteração em termos numéricos. A governamental Frente Progressiva do Povo Seychellense ganhou uma vez mais, com maioria absoluta, as eleições legislativas nas Seychelles, garantindo 23 dos 34 lugares do parlamento. Os restantes 11 lugares ficam a cargo do Partido Nacional das Seychelles[7].

Fontes

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 8 de maio de 2007. Arquivado do original em 15 de junho de 2006 
  2. http://www.electionguide.org/country.php?ID=191
  3. http://africa.reuters.com/top/news/usnBAN032993.html[ligação inativa]
  4. http://english.people.com.cn/200705/11/eng20070511_373611.html
  5. «Cópia arquivada». Consultado em 10 de maio de 2007. Arquivado do original em 22 de fevereiro de 2007 
  6. «Cópia arquivada». Consultado em 11 de maio de 2007. Arquivado do original em 27 de setembro de 2007 
  7. http://www.romandie.com/infos/news/070513062205.h7ccd27t.asp