Elena Kagan

Magistrada norte-americana, Juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos
Elena Kagan
Nascimento 28 de abril de 1960 (60 anos)
Nova Iorque
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade de Princeton, Harvard Law School
Ocupação juíza, advogada, professora universitária
Empregador Universidade Harvard, Universidade de Chicago
Religião Judaísmo

Elena Kagan (Nova Iorque, 28 de abril de 1960) é uma juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos da América. Ela é uma jurista, professora, e já ocupou o cargo de advogada-geral dos Estados Unidos.[1]

Ela foi a primeira mulher a ocupar o cargo de advogada-geral, nomeada pelo presidente Barack H. Obama em 2009. Elena Kagan havia sido a decana da faculdade de direito da Universidade de Harvard, além de ter lecionado na Universidade de Chicago. Kagan também trabalhou como conselheira da Casa Branca no governo de Bill Clinton.[carece de fontes?]

Em 2010, o presidente Obama indicou Elena Kagan para a Suprema Corte dos Estados Unidos, devido à aposentadoria do juiz John Paul Stevens. A nomeação foi aprovada pelo Comitê Judiciário e pelo plenário do Senado americano.[carece de fontes?]

Referências

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Precedido por
John Paul Stevens
Juiz Associado da Suprema Corte dos Estados Unidos
7 de agosto de 2010atualidade
Sucedido por