Eletroerosão

A eletroerosão é um processo de usinagem especial, onde o desbaste de material não é obtido pelo contato mecânico entre uma ferramenta de corte e a peça de trabalho, mas pela ação de descargas de capacitores elétricos. Em inglês, esse processo é chamado de Electrical discharge machining (EDM).[1] Essas descargas são dadas em diversos pontos de um eletrodo e progressivamente formam uma cavidade idêntica ao eletrodo, porém de forma negativa. Geralmente as ferramentas utilizadas (eletrodos) são de materiais condutores como cobre ou grafite, usinados no formato desejado.

Uma "máquina EDM" em ação.

Referências

  1. Jameson 2001, p. 1.

BibliografiaEditar

Jameson, E. C. (2001). Electrical Discharge Machining. [S.l.]: SME. ISBN 978-0-87263-521-0. Cópia arquivada em 28 de setembro de 2011 

  Este artigo sobre metalurgia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.