Elizabeth Is Missing

Elizabeth Is Missing é um telefilme britânico dirigido por Aisling Walsh, adaptado por Andrea Gibb a partir do romance de mesmo nome de Emma Healey. Foi transmitido em 8 de dezembro de 2019 na BBC One. É protagonizado por Glenda Jackson como Maud, uma idosa que sofre de demência, e que decide descobrir o que aconteceu com sua amiga Elizabeth, que desapareceu misteriosamente.

Elizabeth Is Missing
 Reino Unido
2019 •  cor •  87 min 
Direção Aisling Walsh
Produção Chrissy Skinns
Roteiro Adaptação:
Andrea Gibb
Romance:
Emma Healey
Elenco Glenda Jackson
Maggie Steed
Sophie Rundle
Gênero drama, suspense
Música Dominik Scherrer
Direção de fotografia Lukas Strebel
Edição Alex Mackie
Companhia(s) produtora(s) BBC One
STV Productions
Lançamento Reino Unido 8 de dezembro de 2019
Idioma inglês

Por sua atuação Glenda ganhou o Bafta TV Awards e o Emmy Internacional de melhor atriz, foi o seu primeiro papel na televisão em 27 anos.[1] Ela havia deixado de atuar em 1992 para seguir carreira política, tornando-se deputada trabalhista e se aposentando em 2015.

ElencoEditar

RecepçãoEditar

O filme tem 92% de aprovação no Rotten Tomatoes, com nota 8,70/10 baseada em 25 avaliações. O consenso crítico do site diz: "Glenda Jackson retorna à tela com total comando de sua arte em Elizabeth Is Missing, um mistério absorvente e uma elegia devastadora para uma mente em deterioração".[2]

Lucy Mangan do The Guardian deu classificação máxima de 5 estrelas (     ) e escreveu que a performance de Glenda Jackson "é angustiante, convincente, anti-sentimental e totalmente magnífica".[3] Fiona Sturges do The Independent deu 4 de 5 estrelas (     ) ao filme e disse: "Elizabeth is Missing é um retrato poderoso e não sentimental do declínio psicológico. A ausência vem de muitas formas aqui, principalmente no desaparecimento gradual da própria Maud".[4]

Anita Singh do The Telegraph escreveu: "se você é uma atriz que espera ganhar um Bafta em fevereiro e seu nome não é Glenda Jackson, lamento informar que esse não é o seu ano".[5]

Mike Hale em sua crítica no The New York Times disse que "apesar dos esforços da talentosa diretora Aisling Walsh, que dá ao filme uma contenção e clareza bem-vindas, Elizabeth Is Missing não acerta o alvo - o roteiro é muito exigente e complicado, e a resolução para os mistérios, com suas notas misturadas de heroísmo e resignação, não convence. Mas como você poderia esperar, ele contém uma performance quase perfeita de Jackson, que certamente vale 87 minutos do seu tempo".[6]

Prêmios e indicaçõesEditar

Prêmio Data da cerimônia Categoria Vencedor(es) Resultado Ref.
British Academy Television Awards 31 de julho de 2020 Melhor Drama Único Andrea Gibb, Aisling Walsh, Sarah Brown, Chrissy Skinns – STV Productions / BBC One Indicado [7]
Melhor Atriz Glenda Jackson Venceu
International Emmy Awards 23 de novembro de 2020 Melhor Atriz Venceu [8]

Referências

  1. «Bafta TV Awards: Glenda Jackson 'stunned' to be named best actress» (em inglês). BBC News. Consultado em 3 de agosto de 2020 
  2. «Elizabeth Is Missing» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 3 de agosto de 2020 
  3. Lucy Mangan (8 de dezembro de 2019). «Elizabeth Is Missing review – Glenda Jackson shines in this heartrending whodunnit» (em inglês). The Guardian. Consultado em 3 de agosto de 2020 
  4. Fiona Sturges (8 de dezembro de 2019). «Elizabeth is Missing review: A powerful and unsentimental portrait of psychological decline» (em inglês). The Independent. Consultado em 3 de agosto de 2020 
  5. Anita Singh (9 de dezembro de 2019). «Elizabeth Is Missing review - Glenda Jackson is on award-winning form in this unforgettable dementia drama» (em inglês). The Telegraph. Consultado em 3 de agosto de 2020 
  6. Mike Hale (1 de janeiro de 2021). «'Elizabeth Is Missing' Review: Glenda Jackson's Return to TV» (em inglês). The New York Times. Consultado em 29 de janeiro de 2021 
  7. «BAFTA TV 2020: Winners of the Virgin Media British Academy Television Awards and British Academy Television Craft Awards». British Academy of Film and Television Arts. Consultado em 29 de janeiro de 2021 
  8. «Winners Archive - International Academy of Television Arts and Sciences». International Academy of Television Arts and Sciences. Consultado em 29 de janeiro de 2021 

Ligações externasEditar