Emirado de Córdova

(Redirecionado de Emir de Córdova)

O Emirado de Córdova (em árabe: أمير قرطبة; romaniz.: Imārat Qurṭuba) foi um emirado independente fundado na Península Ibérica por Abderramão I, existindo entre 756 e 929. Esteve entre os principais poderios do oeste islão de sua época, juntamente com os rustâmidas e o idríssidas.

Emirado de Córdova
Capital Córdova

Língua oficial Árabe
Religião Islamismo
Moeda Dirrã

Antecedentes Históricos editar

Sob o Califado Omíada, razias foram perpetradas na parte sul da península ibérica contra os visigodos. Em abril de 711, o comandante berbere Tárique cruzou o estreito que separa a península do continente africano. Desse evento, dá-se o nome atual daquela localidade, em árabe: جبل طارق; romaniz.: Jabal Ṭāriq, montanha de Tárique. Rodrigo, rei dos visigodos desde 710, foi ao encontro das forças muçulmanas, batalha essa que antecedeu a total derrocada dos visigodos na península e abriu caminho aos invasores muçulmanos.

A Conquista Muçulmana editar

A rápida expansão do califado na península ibérica entre os anos de 711 e 718 fizeram com que a mesma se constituísse em um dos vilaietes do Califado Omíada. As primeiras forças do domínio eram formados por árabes, sírios e berberes, que instalaram-se tanto na zona rural quanto na urbana, mas a divisão étnica não deixou de existir, sendo fonte de profundas disputas armadas.

O Exílio Omíada editar

As disputas no Levante ocasionam, em 750, a queda do Califado Omíada. A nova dinastia reinante, os Abássidas, decretam a morte de todos os membros da família omíada. Entretanto, seis anos depois, Abderramão I desembarcou em Al-Andaluz e proclamou-se emir depois de conquistar Córdova. A unificação política peninsular, entretanto, aconteceu apenas em 781, depois de capturar Saragoça e Pamplona.

Sob o reino de Abderramão II ocorreu a islamização da península, suplantando o cristianismo visigodo. Nessa época os cristãos sob jugo muçulmano eram chamados de moçárabes. Estes continuaram a ser a maioria da população até pelo menos o século X.

Em 929, Abderramão III procura impôr sua autoridade frente a constante decadência política do emirado, proclamando-se califa e estableciendo o Califado de Córdova.

Ver também editar

Referências

Bibliografia editar

  • Evans, G. R. (2017). A Short History of Medieval Christianity. Londres e Nova Iorque: I. B. Tauris 
  • Sourdel, Dominique; Vilá, Jacinto Bosch (1979). Regierung und Verwaltung des vorderen Orients in islamischer Zeit: Teil 2, Volume 2. Leida: Brill