Empenagem

A empenagem é uma estrutura do avião constituída pela parte terminal da fuselagem e pelos estabilizadores vertical (leme de direcção que orienta o avião para a esquerda ou direita - em inglês: rudder), e horizontal (controlador do movimento de subida ou descida do avião - em inglês: elevator). O conjunto composto pela fuselagem de uma aeronave comporta as asas e a empenagem. A empenagem é a parte localizada na região traseira sendo ela responsável pela estabilidade longitudinal e direcional do avião.

Exemplos de empenagens
Empenagem de um Boeing 747.

É composta pelos profundores, responsáveis pelos movimentos de arfagem, quais sejam cabrar (subir) e picar (descer) e pelo leme de direção responsável pelos movimentos de guinada que são guinada à direita e guinada à esquerda.

A empenagem atua de forma semelhante às penas de uma flecha.[1][2][3] O termo deriva do verbo da língua francesa "empenner", que significa "colocar penas numa flecha".[4] A maioria das aeronaves apresenta uma empenagem incorporando superfícies estabilizadoras verticais e horizontais que estabilizam a dinâmica de vôo de guinada e inclinação,[1][2] bem como outras superfícies de controle de voo.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Crane, Dale: Dictionary of Aeronautical Terms, third edition, p. 194. Aviation Supplies & Academics, 1997. ISBN 1-56027-287-2
  2. a b Aviation Publishers Co. Limited, From the Ground Up, p. 10 (27th revised edition) ISBN 0-9690054-9-0
  3. Air Transport Association (10 de novembro de 2011). «ATA Airline Handbook Chapter 5: How Aircraft Fly». Consultado em 5 de março de 2013. Cópia arquivada em 10 de novembro de 2011 
  4. «Empennage». Oxford Dictionaries Online. Oxford Dictionaries. Consultado em 5 de março de 2013 
  Este artigo sobre aviação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.