Abrir menu principal

Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte

BHTRANS
Razão social Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte S/A
Empresa de capital aberto
Atividade Transito
Gênero Sociedade de economia mista
Fundação 1991 (28 anos)
Fundador(es) Eduardo Azeredo
Sede Belo Horizonte, MG,  Brasil
Proprietário(s) Prefeitura de Belo Horizonte
Pessoas-chave Célio Freitas Bouzada (Diretor Presidente)[1]
Acionistas Prefeitura de Belo Horizonte
SUDECAP
PRODABEL
Website oficial bhtrans.pbh.gov.br

A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte S/A (BHTRANS), é uma "sociedade de economia mista municipal, dependente e de capital fechado".[2] A empresa gerencia todo o planejamento e execução das políticas de mobilidade e trânsito da cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. O principal acionista da empresa é a Prefeitura de Belo Horizonte que detêm 98% do capital da BHTRANS. Os outros acionistas minoritários são a SUDECAP (Superintendência de Desenvolvimento da Capital) e a PRODABEL (Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte S/A) ambos detêm, cada uma, 1% do capital da empresa.

HistóriaEditar

A BHTrans foi criada em 1991 pela Lei Municipal nº 5.953 sancionada pelo então prefeito da cidade, Eduardo Azeredo.[3][4]

Ela é responsável pelo gerenciamento e fiscalização do sistema de transportes e do trânsito de Belo Horizonte, onde circulam diariamente mais de 1,7 milhão de veículos.[5] Suas funções também são o planejamento e a implantação de ações operacionais no tráfego e no sistema viário da cidade; o gerenciamento e a fiscalização dos táxis, dos serviços de transportes coletivo e transporte escolar, e mais recentemente do transporte suplementar.

Foi pioneira no Brasil ao promover a licitação de concessões para táxi, em 1995,[6][7] e a licitação de todo o sistema de transporte coletivo municipal, em 1998[8] e ao criar uma Unidade Integrada de Trânsito (UIT) em parceria com a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais - PMMG.

Para adequar-se à nova estrutura administrativa da Prefeitura Municipal a empresa reorganizou a sua estrutura de funcionamento em fevereiro de 2001.

Referências

  1. Cipriani, Juliana. «Kalil anuncia novo presidente da BHTrans». Estado de Minas. Consultado em 16 de Novembro de 2018 
  2. «EMPRESA DE TRANSPORTES E TRÂNSITO DE BELO HORIZONTE». BHtrans. Consultado em 10 de Novembro de 2018 
  3. «Lei nº 5953 de 31 de julho de 1991». JusBrasil. Consultado em 10 de Novembro de 2018 
  4. Souza Filho, Sebastião Aleixo de (2018). A DISTENSÃO ENTRE UBER E TÁXI (PDF). Belo Horizonte: Biblioteca da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. 330 páginas 
  5. «Frota de veículos de Belo Horizonte quase dobra em 10 anos». Estado de Minas. Consultado em 16 de Novembro de 2018 
  6. «Prefeito assina lei que autoriza herança de permissão de táxi em Belo Horizonte». R7. Consultado em 16 de Novembro de 2018 
  7. Parreiras, Mateus. «Licitação para táxis opõe Ministério Público e BHTran». Estado de Minas. Consultado em 16 de Novembro de 2018 
  8. Vieira de Araújo, Ivan Luiz. «UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CURSO DE MESTRADO EM GEOTECNIA E TRANSPORTES TRANSPORTE PÚBLICO COMPLEMENTAR DE PASSAGEIROS: UM ESTUDO DE CASO EM BETIM» (PDF). UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - CURSO DE MESTRADO EM GEOTECNIA E TRANSPORTES. Consultado em 16 de Novembro de 2018 

Ligações externasEditar