Abrir menu principal

O engenheiro de pista é um membro de uma equipe de competição automobilística. Sua função é comunicar-se com os mecânicos e piloto, para determinar as mudanças e configurações que serão feitas no carro durante um final de semana de corrida. Fora das pistas, o mesmo tem a função de analisar o histórico de dados recolhidos do carro, para determinar a configuração inicial para o próximo evento de corrida. O engenheiro de pista também é responsável pelo gerenciamento direto da mecânica do veículo, organização de cronogramas de testes e estudo dos regulamentos, procurando fazer com que todas essas atividades ocorram tão perfeitamente quanto possível para o bom desempenho de seu piloto.[1]

Além disso a configuração do carro deve permanecer dentro do regulamento para a corrida. O principal objetivo do engenheiro é alcançar o melhor desempenho do carro e piloto quando estiverem na pista.[2]

Um bom engenheiro de pista deve ter boas habilidades de relacionamento interpessoal e para ser eficaz deve também ter uma boa relação com todos os membros da equipe e não apenas com o seu piloto, tanto na pista quanto fora dela. Muitas vezes o engenheiro também é o “rosto” da equipe para a mídia, isso ocorre especialmente durante a corrida, enquanto o piloto está inacessível.[3]

HistóriaEditar

O papel do engenheiro de pista nas equipes tem crescido com importância, desde a adoção de sensores para coletar dados de desempenho do carro. O seu trabalho é avaliar o desempenho do carro, obtido pela aquisição de dados ou telemetria e dar um feedback ao piloto, procurando melhorar a performance e a vontade do piloto, ajustando a suspensão, calibração do motor, aerodinâmica e outras variáveis que afetam o desempenho do veículo na pista.

ViagemEditar

Essa profissão exige que o engenheiro viaje constantemente, especialmente durante a temporada de corrida.[4] No mais alto nível do automobilismo profissional, a viagem internacional é comum. Ocorrem também viagens fora de temporada, essas são feitas geralmente para testar o carro, fazer treinamentos e visitar patrocinadores.

Referências

  1. Meet Andrea Stella
  2. «Job Focus – The Race Engineer». Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 9 de junho de 2013 
  3. The role of the F1 race engineer
  4. Jason Bush