Ensign N175

O N175 é o modelo da Ensign da temporada de 1975 e da Boro (Boro 0011) em 1976 e 1977 da Fórmula 1. Foi guiado por Gijs van Lennep, Roelof Wunderink, Chris Amon, Larry Perkins e Brian Henton.

Ensign N175 (Boro 001)
Visão Geral
Produção 1975-1977
Fabricante Ensign
Modelo
Carroceria Monoposto de corrida
Designer Dave Baldwin
Ficha técnica
Motor Ford Cosworth DFV V8
Transmissão Hewland DG 400 5 velocidades
Dimensões
Peso 605 kg
Cronologia
Ensign N174
Ensign N176

Resultados[1] [2]Editar

(legenda)

Ano Chassi Motor Pilotos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Pontos Posição
ARG BRA RSA ESP MON BEL SWE NED FRA GBR GER AUT ITA USA
1975 N175 Ford Cosworth
DFV V8
31   Gijs van Lennep 15
G
12 13°
31   Chris Amon 12
G
31   Roelof Wunderink Ret
G
32   Chris Amon 12
G
31   Roelof Wunderink NQ
G
19   Gijs van Lennep 6
G
BRA RSA USW ESP BEL MON SWE FRA GBR GER AUT NED ITA CAN USA JPN
1976 001 Ford Cosworth
DFV V8
37   Larry Perkins 13
G
8
G
NQ
G
Ret
G
0 NC
(16°)
27   Larry Perkins Ret
G
40   Larry Perkins Ret
G
ARG BRA RSA USW ESP MON BEL SWE FRA GBR GER AUT NED ITA USA CAN JPN
1977 001 Ford Cosworth
DFV V8
38   Brian Henton DSQ
G
NQ
G
- NC

↑1 Chassi Ensign N175 renomeado de Boro 001.[3]

↑2 O N174 foi utilizado por Wunderink nos GPs: Espanha, Mônaco, Áustria e Itália e por van Lennep: Holanda.

Referências

  1. «Ensign N175». STATS F1 
  2. «Boro 001». STATS F1 
  3. «Boro Racing» (em francês). STATS F1 
  Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.