Entombed

Entombed é um banda sueca de death metal formada em 1987 sobe o nome de Nihilist. Após mudar de nome em 1989, a banda começou sua carreira como pioneira do death metal escandinavo, que inicialmente diferia do estilo americano devido a sua afinação de guitarra "chiada". Seus dois primeiros álbuns – Left Hand Path e Clandestine – viriam a influenciar toda a cena do metal extremo europeu. A partir de seu terceiro disco, começaram a modificar seu som com influências de outros gêneros musicais, como hardcore punk, garage rock e doom metal, fazendo um estilo que seria descrito como death 'n' roll[1]. O Entombed foi influenciado por bandas como Slayer, Exodus, Black Sabbath, Celtic Frost, Autopsy, Repulsion, Kiss, The Misfits, Motörhead, Discharge, Death e Testament.[2] Junto com Dismember, Grave e Unleashed, o Entombed foi referido como um dos "quatro grandes" do death metal sueco.[3]

Entombed
Entombed in Borlänge 2011-12-08 (6).jpg
Entombed durante concerto na Suécia, 2011
Informação geral
Origem Estocolmo
País Suécia
Gênero(s) Death metal
Período em atividade 1987 - 2014, 2016-presente
Gravadora(s) Threeman Recordings
Integrantes Nicke Andersson
Ulf "Uffe" Cederlund
Alex Hellid
Ex-integrantes Lars-Göran Petrov
David Blomqvist
Lars Rosenberg
Johnny Dordevic
Jörgen Sandström
Peter Stjärnvind
Nico Elgstrand
Olle Dahlstedt
Victor Brandt
Página oficial www.entombed.org

HistóriaEditar

O Entombed tem raízes na banda Nihilist, formada pelo baterista Nicke Andersson, o guitarrista Alex Hellid e o baixista Leif Cuzner, que se formou em 1987. Depois de usar vários vocalistas temporários para seus shows iniciais, a banda acabou recrutando L.G. Petrov, que era o baterista da banda Morbid, que contava com o vocalista do Mayhem Dead. A banda também recrutou o guitarrista de sessão do Morbid, Uffe Cederlund, como segundo guitarrista, e gravou uma série de demos com faixas que eventualmente apareceriam no álbum de estreia do Entombed. Após o aumento das tensões entre os membros da banda, a maioria da banda decidiu renomear-se como Entombed ao invés de forçar esses membros a sair.[carece de fontes?]

O álbum de estreia do Entombed, Left Hand Path, foi lançado em 1990, sendo responsável por estabelecer popularidade ao grupo como uma banda sueca de death metal.[4] Antes da gravação do segundo álbum da banda, Clandestine, Petrov foi despedido da banda devido a disputas pessoais. Os vocais do álbum foram gravados pelo baterista Nicke Andersson, e para a turnê após o lançamento do álbum em 1991, a banda contratou o vocalista Johnny Dordevic, anteriormente um membro da banda Carnage.[carece de fontes?]

Petrov acabou se reconciliando com a banda depois de lançar um álbum com a banda de death metal chamada Comecon, e a banda acabou lançando Wolverine Blues em 1993. O álbum apresentou uma saída do som de trabalhos anteriores da banda, com uma influência maior de hard rock e heavy metal ao lado de seus estilos iniciais de death metal, em um estilo agora frequentemente referido como death 'n' roll.[5][6] Embora o lançamento tenha causado divisões entre os fãs da banda, ele estabeleceu sua reputação principal e popularidade positiva da crítica.[7] Wolverine Blues é considerado um clássico do death metal do início dos anos 1990.[7]

Same Difference de 1998 foi o primeiro álbum da banda sem o baterista e membro fundador Nicke Andersson, que deixou a banda para se concentrar em seu novo projeto The Hellacopters.[8] Ele foi substituído por Peter Stjärnvind.[8] Em 2000, o Entombed lançou Uprising',[8] com o título Morning Star lançado no ano seguinte.[9]

Em 2001, a banda trabalhou com os artistas performáticos Carina Reich e Bogdan Szyberb.[10] A produção foi intitulada Unreal Estate.[10]

2003 viu o lançamento de Inferno, seguido por Serpent Saints - The Ten Amendments, que foi lançado em 9 de julho de 2007.[8] O álbum teve uma influência maior do death metal tradicional e é o primeiro lançamento da banda com o baterista Olle Dahlstedt (do Alpha Safari e ex-Misery Loves Co.), que substituiu Stjärnvind em 2006, e também o primeiro sem o guitarrista Uffe Cederlund que se juntou ao Disfear .

Em 2014, L.G. Petrov se separou do restante da banda, que por sua vez formou o Entombed A.D. como resultado da marca registrada da banda sendo mantida por Hellid.[11]

Hellid, Cederlund e Säfström se reuniram para tocar "Clandestine" em sua totalidade com uma orquestra sinfônica, em fevereiro de 2014.[12] Nicke Andersson pretendia participar, mas foi impedido por conflitos de agendamento.

Após uma disputa pelo nome da banda, Lars-Göran Petrov, Nico Elgstrand, Olle Dahlstedt e Victor Brandt decidiram continuam a tocar sob o nome Entombed A.D. a partir de 2014. De acordo com uma entrevista de L-G e Nico na Sweden Rock Magazine, o nome Entombed agora pertence aos quatro membros originais, Alex Hellid, L-G Petrov, Uffe Cederlund e Nicke Andersson, e o mesmo não será usado até segunda ordem.

No fim de 2016, três integrantes originais do grupo - Andersson, Hellid e Cederlund - decidiram reativar a banda.

IntegrantesEditar

Última formaçãoEditar

  • Nicke Andersson - bateria (1987-1997, 2016 - hoje)[13]
  • Alex Hellid – guitarra (1987-2014, 2016 - hoje)[13]
  • Ulf "Uffe" Cederlund – guitarra (1987-2005, 2016 - hoje)[13]
  • Edvin Aftonfalk - baixo (2016–presente)[13]
  • Robert Andersson - vocais (2016–presente)

Membros anterioresEditar

  • Lars Göran Petrov – vocais (1988-1991, 1992-2014)
  • David Blomqvist – baixo (1989, 1990)
  • Lars Rosenberg – baixo (1990-1995)
  • Johnny Dordevic – vocais (1991-1992)
  • Orvar Säfström - vocal (1991 ao vivo)
  • Jörgen Sandström – baixo (1997-2004)
  • Peter Stjärnvind - bateria (1997-2006)
  • Nico Elgstrand – baixo (2004-2010), guitarra (2010-2014)
  • Olle Dahlstedt – bateria (2006-2014)
  • Victor Brandt – baixo (2009-2014)
  • Edvin Aftonfalk - bass (2016, 2016)[14]
  • Robert Andersson - vocals (2016, 2016)[14]

Linha do tempoEditar


DiscografiaEditar

Referências

  1. Bowar, Chad. "Retro Recommendation: Entombed - Wolverine Blues" Arquivado em 13 de maio de 2013, no Wayback Machine.. About.com. Access date: January 3, 2012.
  2. «Interview with Entombed». www.karsmakers.nl. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  3. «METAL RULES». web.archive.org. 9 de janeiro de 2017. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  4. Ekeroth, Daniel (2006). Swedish Death Metal. [S.l.: s.n.] 
  5. «Retro Recommendation: Entombed - Wolverine Blues». web.archive.org. 13 de maio de 2013. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  6. «Entombed | Biography & History». AllMusic (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  7. a b Wolverine Blues - Entombed | Songs, Reviews, Credits | AllMusic (em inglês), consultado em 5 de janeiro de 2021 
  8. a b c d «Entombed | Biography, Albums, Streaming Links». AllMusic (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  9. Blabbermouth (17 de dezembro de 2001). «Morning Star - ENTOMBED». BLABBERMOUTH.NET. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  10. a b «'UNREAL' PEOPLE | NME.COM». web.archive.org. 18 de março de 2016. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  11. Blabbermouth (21 de janeiro de 2014). «L.G. PETROV-Led Version Of ENTOMBED Becomes ENTOMBED A.D.». BLABBERMOUTH.NET. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  12. Blabbermouth (5 de fevereiro de 2014). «Video: Original ENTOMBED Members Perform 'Clandestine' With Orchestra, Choir». BLABBERMOUTH.NET. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  13. a b c d Blabbermouth (26 de outubro de 2016). «ENTOMBED: First Photo Of New Lineup Feat. Ex-MORBUS CHRON Members». BLABBERMOUTH.NET. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  14. a b Blabbermouth (26 de outubro de 2016). «ENTOMBED: First Photo Of New Lineup Feat. Ex-MORBUS CHRON Members». BLABBERMOUTH.NET. Consultado em 5 de janeiro de 2021 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Entombed
   Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da Suécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.