Entre Folhas

Entre Folhas
  Município do Brasil  
Amanhecer em rua de Entre Folhas
Amanhecer em rua de Entre Folhas
Símbolos
Bandeira de Entre Folhas
Bandeira
Brasão de armas de Entre Folhas
Brasão de armas
Hino
Gentílico entrefolhense[1]
Localização
Localização de Entre Folhas em Minas Gerais
Localização de Entre Folhas em Minas Gerais
Mapa de Entre Folhas
Coordenadas 19° 37' 30" S 42° 13' 51" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Região intermediária[2] Ipatinga
Região imediata[2] Caratinga
Região metropolitana Vale do Aço
Municípios limítrofes Bom Jesus do Galho, Caratinga e Vargem Alegre
Distância até a capital 271 km
História
Fundação 27 de abril de 1992 (28 anos)[3]
Administração
Prefeito(a) Ailton Silveira Dias (MDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 85,390 km²
População total (estatísticas IBGE/2018[1]) 5 362 hab.
Densidade 62,8 hab./km²
Clima tropical quente semiúmido (Aw)
Altitude 490 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 35324-000 a 35324-999[4]
Indicadores
IDH (PNUD/2010[5]) 0,634 médio
PIB (IBGE/2016[6]) R$ 50 028,98 mil
PIB per capita (IBGE/2016[6]) R$ 9 269,78
Outras informações
Padroeiro(a) Nossa Senhora do Rosário[7]

Entre Folhas[nota 1] é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se no Vale do Rio Doce e pertence ao colar metropolitano do Vale do Aço. Sua população estimada em 2018 era de 5 362 habitantes.[1]

HistóriaEditar

A exploração da área onde está situado o atual município foi iniciada em 1781. O nome recebido pela localidade, Entre Folhas, refere-se a um córrego coberto de folhas que corria em meio à mata. O local recebera a sede da Intendência do Império, tendo por muito tempo forte influência da política do coronelismo. Através do decreto estadual nº 16, de 6 de fevereiro de 1890, é criado o distrito, subordinado a Manhuaçu, mais tarde passando a pertencer a Caratinga.[3]

Em 1900, houve a destituição da função de intendência, deixando de possuir influência regional. A Igreja da Matriz Nossa Senhora do Rosário ainda mantém o sino doado por Dom Pedro II, trazendo o selo da Casa de Bragança, no entanto quase todo o acervo histórico, que era mantido no templo, foi perdido em um incêndio acidental. O distrito chegou a ser extinto pela lei nº 336, de 27 de dezembro de 1948, sendo recriado pela lei estadual nº 1.039, de 12 de dezembro de 1953. A emancipação é decretada pela lei estadual nº 10.704, 27 de abril de 1992.[3]

GeografiaEditar

Localiza-se na vertente ocidental do Caparaó e tem como vizinhas as cidades de Vargem Alegre, recém-emancipada, Bom Jesus do Galho, Inhapim, Ubaporanga e Caratinga, estando a uma altitude de 495 metros. A principal atividade econômica desenvolvida no município é a agropecuária, sobretudo o cultivo do café e hortifrutigranjeiras que influenciam a demanda escolar, sendo que anualmente há um índice de evasão por alunos que se dedicam à colheita.

De acordo com a divisão regional vigente desde 2017, instituída pelo IBGE,[8] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária de Ipatinga e Imediata de Caratinga.[2] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, fazia parte da microrregião de Caratinga, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Vale do Rio Doce.[9]

Saúde e educaçãoEditar

Entre Folhas é dotada de um Posto de Saúde Municipal que oferece a toda população um atendimento básico, tais como: Consulta, Exames laboratoriais mais simples, equipe de PSF(Programa Saúde da Família), Programas de vacinação, Fisioterapia, Saúde Bucal, Funasa, Programa de Saúde Mental, Assistência Social, CRAS, Conselho Tutelar.

Em Entre Folhas, durante sua história, já existiram vários colégios. O primeiro foi o "Externato", fundado pelo Padre Caetano e pelo Sr. José Cristiano Júnior, por volta de 1916. Atualmente, Entre Folhas conta com 6 escolas municipais e 1 estadual.

ReligiãoEditar

A cidade de Entre Folhas de 1998 a 1999 foi sede do Seminário Propedêutico São José de Ubaporanga. Durante a fundação e os primeiros anos a instituição de formação inicial de seminaristas da Diocese de Caratinga teve sua sede na paróquia situada na cidade.

Ver tambémEditar

Notas

Referências

  1. a b c d Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Entre Folhas». Consultado em 15 de março de 2019. Cópia arquivada em 15 de março de 2019 
  2. a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  3. a b c Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Entre Folhas - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 8 de julho de 2014 
  4. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 15 de março de 2019 
  5. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 8 de julho de 2014 
  6. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2016». Consultado em 15 de março de 2019. Cópia arquivada em 15 de março de 2019 
  7. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 11. Consultado em 15 de março de 2019. Cópia arquivada (PDF) em 15 de março de 2019 
  8. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 25 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 25 de setembro de 2017 
  9. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Divisão Territorial Brasileira 2016». Consultado em 25 de setembro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.