Ereção peniana noturna

A Ereção peniana noturna, também conhecida como ereção matinal, é um fenômeno relacionado à ereção noturna ou matinal do pênis, ocorrida nos seres humanos de sexo masculino.[1]

Ao acordar pela manhã, o pênis da maioria das pessoas que possuem o órgão em questão fica ereto em função da vontade de urinar.[2]

Os indivíduos que não apresentem nenhum tipo de disfunção erétil têm cerca de três a cinco ereções por noite.[3] Alguns deles podem considerar isso constrangedor, apesar de ser um fenômeno natural. Destaca-se que essas ereções penianas não estão diretamente relacionadas à ocorrência da Polução noturna.

Uma explicação para tal fenômeno, é que a ereção matinal funciona como um "termômetro" para indicar que o corpo está funcionando como deveria.[4]

É durante a fase REM do sono (Rapid Eyes Moviment, ou Movimento Rápido dos Olhos), que a ereção acontece. Essa fase do sono acontece entre três a cinco vezes por noite e dura de 5 a 15 minutos, tempo que pode durar a ereção. É muito comum o despertar nesta fase do sono, quando então se percebe a ereção, que é involuntária e não tem como ser evitada.[4]Porém, a ereção motivada pela vontade de urinar é porque a bexiga pressiona a próstata, ocasionando assim a ereção, até o esvaziamento dela.

A ausência dessa ereção significa que algo está errado com o corpo humano e, se isso acontecer, é recomendável procurar um especialista.[4]

Referências

  1. Bancroft, J. (2005). "The endocrinology of sexual arousal Arquivado em 5 de julho de 2010, no Wayback Machine.," Journal of Endocrinology, 186:411-427
  2. Klebin, Phil Sexual Function of Men with Spinal Cord Injury May 2007
  3. «Tests for Erection Problems» (em inglês). WebMD, Inc. Consultado em 08 de julho de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. a b c Carol Patrocinio. «Ereção matinal». IG. Consultado em 08 de julho de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.