Abrir menu principal

Erika Lust

produtora de filmes eróticos da Suécia
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2017).
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Erika Lust de seu real nome Erika Hallqvist  (Estocolmo, 1977) é diretora de cinema adulto independente, roteirista e produtora. Foi pioneira da chamada pornografia feminista e é autora de vários livros, entre eles a novela erótica Nora's Songe(2013). Vive e trabalha em Barcelona.[1]

Erika Lust em 2012

Em 2012, seu filme Cabaret Desire garantiu-lhe o prêmio Feminist Porn Award na categoria Filme do Ano. Também foi premiada com o Prémio do Público do Cinekink, como Melhor Longa Metragem. As duas primeiras coletâneas da série XConfessions foram premiadas como Hottest Straight Vignette nos anos de 2014 e 2015, ano no qual, uma versão teatral de XConfessions fora projetada no Festival Internacional de Cinema de Chicago e no Raindance Film Festival em Londres. O sucesso continuou em 2016, tendo feito duas projeções da versão teatral de XConfessions no Cinema Babylon em Berlim. An Appointment With My Master conquistou também o prémio de Melhor Curta-metragem no Festival Cinekink.

Índice

BiografiaEditar

Erika Lust, (nome original Erika Hallqvist), nasceu em Estocolmo no ano de 1972 e desde pequena interessava-se por cinema e teatro. Estudou Ciências Políticas na Universidade de Lund, e especializou-se em Direitos Humanos e Feminismo. Nessa época, deparou-se pela primeira vez com a obra de Linda Williams e em especial com o ensaio de 1989 Hard Core: Power, Pleasure and the Frenzy of the Visible, que influenciaria fortemente o seu percurso como cineasta. Também menciona o filme O Amante, de Jean Jacques Annaud, como grande fonte de inspiração. Depois de sua formatura em 2000, decidiu mudar-se para Barcelona, onde trabalhou em diversos projetos audiovisuais enquanto fazia cursos de cinema.

CarreiraEditar

Lust estreou o seu primeiro filme, a curta metragem explícita The Good Girl, no ano de 2004. O filme foi publicado gratuitamente na internet e teve mais de dois milhões de cópias baixadas no primeiro mês. Também participou no no Festival Internacional de Cinema Erótico de Barcelona no ano seguinte, ano em que ganhou o seu primeiro prémio Ninfa.

O êxito impulsionou Lust a fundar a sua própria produtora audiovisual, 'Lust Films'. A produtora produz curta metragens continuamente. Uma das suas primeiras produções foi 'Five Hot Stories For Her', tendo recebido vários prémios internacionais em 2007. Desde então, Erika Lust é frequentemente vista em festivais de cinema adulto.

Seus filmes se caracterizam por uma seleção criteriosa de atores numa linha de produção incomum no mundo de cinema para adultos. Lust considera que o cinema pornográfico pode ser um instrumento educativo, além de prazeroso, e que pode ajudar-nos a conhecer melhor a sexualidade humana, viver com maior liberdade e explorar os desejos de forma mais natural. Lust espera que os seus filmes possam ajudar a mudar a percepção de gênero e os papéis sexuais estereotipados.

No ano 2010, lançou um cinema erótico chamado Lust Cinema, onde exibe filmes de outros autores que trabalham de acordo com a sua visão de cinema referente ao sexo explícito.

Erika Lust começou o primeiro projeto de cinema erótico coletivo, chamado XConfessions, no ano de 2013. O projeto consiste numa plataforma, onde pessoas anónimas de todo o mundo enviam as suas histórias e confissões sexuais para serem publicadas na página web. Das confissões enviadas, Erika escolhe duas por mês, para transformá-las em curta-metragens. XConfessions é a principal fonte de seu trabalho.

Em dezembro de 2014, Erika Lust foi convidada para dar uma palestra no TEDx Vienna. O tema, denominado "É hora de mudar o pornô", Lust convida ao público a questionar o estado atual da pornografia, as mensagens que envia e o seu papel como educador sexual. Essa palestra TED Talk foi o começo da campanha #changeporn, uma iniciativa online dirigida a desafiar e mudar as normativas da pornografia. O vídeo teve mais de 400.000 visualizações no YouTube.

XConfessionsEditar

Atualmente Lust produz curta-metragens explícitos para adultos através da plataforma XConfessions. Os usuários da plataforma sao convidados a enviar suas histórias, fantasias e confissoes eróticas de forma anônima. Os textos ficam publicados para toda a comunidade do projecto, e todos os meses Erika Lust escolhe duas para transformá-las em curta-metragens artísticos. O projeto foi apresentado no Festival de Pornô de Berlim em 2014 e em 2015 uma versao teatral foi projetada no Raindance Festival em Londres e no International Film Festival em Chicago.

FilmografiaEditar

Filmes [editar]Editar

  • 2008: Barcelona Sex Project
  • 2010: Life Love Lust
  • 2012: Cabaret Desire

Coleçoes de Curtos[editar]Editar

  • 2007: Five Hot Stories For Her incl. Something about Nadia
  • 2013: XConfessions vol. 1
  • 2014: XConfessions vol. 2 incl. The Art of Spanking
  • 2014: XConfessions vol. 3
  • 2015: XConfessions vol. 4
  • 2015: XConfessions vol. 5
  • 2016: XConfessions vol. 6

Curta-metragens [editar]Editar

  • 2004: The Good Girl
  • 2009: Handcuffs
  • 2010: Love Me Like You Hate Me
  • 2011: Room 33

Livros [editar]Editar

  • 2009: Porn for Women
  • 2010: The Erotic Bible to Europe
  • 2010: Love Me Like You Hate Me
  • 2011: Shooting Sex: How to Make an Outstanding Sex Movie with Your Partner
  • 2011: Six Female Voices
  • 2013: Nora's Song
  • 2014: Let's Make a Porno

Prêmios[editar]Editar

  • 2005 Barcelona International Erotic Film Festival – First Prize for Short X-Films – The Good Girl7
  • 2007 Barcelona International Erotic Film Festival – Best screenplay – Five Hot Stories For Her8
  • 2007 Eroticline Award, Berlin – Best Adult Film for Women – Five Hot Stories For Her
  • 2008 CineKink, New York – Honorable Best Mention – Something About Nadia (Five Hot Stories for Her)
  • 2008 Feminist Porn Award, Toronto – Movie of the Year – Five Hot Stories For Her9
  • 2008 Venus Awards, Berlin - Best Erotic Documentary - Barcelona Sex Project10
  • 2009 Feminist Porn Awards, Toronto – Honorable Mention – Barcelona Sex Project
  • 2010 CineKink, New York – Best experimental short film – Handcuffs11
  • 2010 Feminist Porn Award, Toronto – Sexiest short film – Handcuffs12
  • 2011 Feminist Porn Award, Toronto – Movie of the Year – Life Love Lust
  • 2011 Cine Kink, New York – Honorable Best Mention – Room 33
  • 2011 Orgazmik Awards – Best Film (Couples) – Cabaret Desire
  • 2012 Feminist Porn Awards, Toronto – Movie of the Year – Cabaret Desire
  • 2012 Erotikos Film Festival, Jamaica – Official Selection – Cabaret Desire
  • 2012 Soho House, London – VIP Member’s screening – Cabaret Desire
  • 2012 Soho House, Berlin – VIP Member’s screening – Cabaret Desire
  • 2012 CineKink, New York – Audience Choice Award – Cabaret Desire
  • 2012 Cupido Filmpris – Best Short Film – Handcuffs
  • 2014 Feminist Porn Awards, Toronto – Hottest Straight Vignette Series – XConfessions vol. 1
  • 2014 Fetisch Award, Germany, – Best Feature-Length – XConfessions vol.1
  • 2015 Good For Her, Toronto – Feminist Porn Award – Hottest Straight Vignette – XConfessions vol. 2
  • 2016 Cinekink, New York – Cineking Awards – Best Narrative Short Films – An Appointment with my Master


Notas

  1. «Biographie de Erika Lust». LustCinema. Consultado em 13 de Dezembro de 2018 


Referências

Ligações externasEditar