Abrir menu principal
Ermesinda
Representação de Ermesinda na obra Genealogia dos Reis de Portugal por António de Holanda.
Rainha de Aragão
Reinado 22 de agosto de 10361 de dezembro de 1049
Antecessor(a) Novo Título
Sucessor(a) Inês da Aquitânia
 
Cônjuge Ramiro I de Aragão
Descendência Teresa de Aragão
Sancho I de Aragão
Garcia Ramires
Urraca de Aragão
Sancha de Aragão
Casa Foix (por nascimento)
Jimena (por casamento)
Nascimento 1015
Morte 1 de dezembro de 1049 (34 anos)
Enterro Mosteiro de San Juan de la Peña, Jaca, Espanha
Pai Bernardo I Rogério de Foix
Mãe Garsenda, Condessa de Bigorre

Ermesinda de Foix ou Ermesinda de Bigorre (nascida Gerberga; 10151 de dezembro de 1049)[1][2] foi a primeira rainha consorte de Aragão pelo seu casamento com Ramiro I de Aragão.

FamíliaEditar

Ermesinda foi a primeira filha e quinta criança nascida do conde Bernardo I Rogério de Foix e da Garsenda, Condessa de Bigorre. Os seus avós paternos eram Rogério I de Carcassona e Adelaide de Ruerga. Os seus avós maternos eram Garcia Arnaldo, Conde de Bigorre e Ricarda.

Ela teve cinco irmãos, que eram: o conde Bernardo II de Bigorre, marido de Estefânia; o conde Rogério I de Foix; Pedro Bernardo, conde de Foix, marido de Letgarda; Heráclio, bispo de Bigorre, e Estefânia, esposa do rei Garcia Sanches III de Pamplona.

BiografiaEditar

Com cerca de 21 anos, Gerberga casou-se com o rei Ramiro I de Aragão, no dia 22 de agosto de 1036, na cidade de Jaca, atualmente localizada na Espanha. O rei era o filho ilegítimo de Sancho Garcês III de Pamplona e de Sancha de Aibar.

Como rainha ela adotou o nome de Ermesinda.

O casal teve cinco filhos, três meninas e dois meninos.

A rainha Ermesinda faleceu no dia 1 de dezembro de 1049, com aproximadamente 34 anos de idade. Foi enterrada no Mosteiro de San Juan de la Peña, em Jaca.[3]

DescendênciaEditar

  • Teresa de Aragão (1037 – após 29 de julho de 1059), foi a primeira esposa do conde Guilherme VI Bertrando de Provença. Sem descendência;
  • Sancho I de Aragão (c. 1043 – 4 de Junho de 1094), foi rei de Aragão e Pamplona. Sua primeira esposa foi Isabel de Urgel, com quem teve um filho, e depois foi casado com Felícia de Roucy, com quem teve três filhos;
  • Garcia Ramires (m. 17 de julho de 1086), foi bispo de Jaca de 1076 a 1806, e bispo de Pamplona, de 1078 a 1083.
  • Urraca de Aragão (m. 1077/78), freira em Santa Cruz de la Serós;
  • Sancha de Aragão (m. 5 de abril/16 de agosto de 1097), primeiro foi casada com Pôncio, Conde de Tolosa como sua terceira esposa, e depois foi esposa do conde Armengol III de Urgel. Sem descendência;

Referências

  1. «Foundation for Medieval Genealogy». fmg.ac 
  2. «Geneanet». gw.geneanet.org 
  3. «Find a Grave». findagrave.com