Abrir menu principal

Ermida do Senhor Bom Jesus (Calheta)

Informações e história desta ermida.
Ermida do Senhor Bom Jesus
Ermida do Senhor Bom Jesus do Ecce Homo
Ermida do Senhor Bom Jesus, Cruzal. (Julho 2018)
Nomes alternativos Ermida do Cruzal
Estilo dominante Arquitetura contemporânea
Início da construção 20 de junho de 1988
Inauguração 4 de agosto de 1991
Proprietário inicial Fábrica da Igreja Paroquial de Santo Antão
Função inicial Culto religioso[1] (ermida)
Proprietário atual Fábrica da Igreja Paroquial de Santo Antão
Função atual Culto religioso[1] (ermida)
Religião Igreja Católica Romana
Diocese Diocese de Angra
Website www.facebook.com/antao.topo.5
Geografia
País Portugal
Cidade Santo Antão, Açores (freguesia)
Coordenadas 38° 32' 47.5" N 27° 48' 50.6" O
Geolocalização no mapa: Açores
Ermida do Senhor Bom Jesus está localizado em: Açores
Ermida do Senhor Bom Jesus

A Ermida do Senhor Bom Jesus, ou Ermida do Cruzal, é um templo católico localizado no lugar do Cruzal, freguesia de Santo Antão, concelho da Calheta, ilha de São Jorge, Açores.[2]

DescriçãoEditar

 
Monumento memorial à antiga ermida localizada na Fajã de Entre Ribeiras.

A ermida do Senhor Bom Jesus apresenta-se com uma construção de betão recente, inaugurada a 4 de agosto de 1991. Este templo é constituído por janelas altas em vários pontos da sua estrutura. Possui uma parte central, constituída pelo altar-mor[3] e por bancos destinados à assembleia; uma parte lateral, com uma bancada reservada à assembleia; o coro alto, também com bancos destinados aos fiéis; e os serviços à retaguarda. A festa[4] [5] em honra do seu patrono Senhor Bom Jesus, celebra-se anualmente no primeiro domingo de agosto[6]. A festa[7] é celebrada com tríduo, de quarta a sexta, e missa dominical[8], precedida de procissão, no dia da festa. De quarta a domingo, há arraial à noite.

 
Grande vitral do frontispício da ermida. Foto captada no interior do templo.

A sua fachada é simples e pintada a branco, incorporando a sua porta principal e uma abertura para a entrada de luz, e está preenchida, desde maio de 2018, por um vitral em que está desenhado o orago deste edifício; acima, está uma cruz. Esta arquitetura possui, há pouco tempo, um segundo sino, ambos presos a dois pilares compreendidos na sua estrutura, tendo o maior vindo da antiga ermida. Este local de culto localiza-se num largo plano, muito usado nos arraiais das festas, havendo aí algumas árvores de sombra e arbustos. Neste largo, junto à via de trânsito, foram construídos, recentemente, um monumento em memória à antiga ermida que a esta deu origem, constituído por algumas pedras desse anterior templo, tais como dois pináculos e a cruz, e uma maqueta da referida ermida.

HistóriaEditar

 
Ermida do Senhor Bom Jesus do Ecce Homo, da Fajã de Entre Ribeiras, destruída pelo sismo de 1980. Provável data da fotografia do início da década de 1960.

A atual ermida do Senhor Bom Jesus possui uma antecedente, que lhe deu origem, localizada na Fajã de Entre Ribeiras[9], que se localiza na encosta norte desta mesma freguesia de Santo Antão. Esta anterior ermida, sob invocação do Senhor Bom Jesus do Ecce Homo, for inaugurada a 4 de agosto de 1894, tendo sida destruída pelo sismo de 1980, tal como os restantes edifícios do local[10].

 
Imagem do Senhor Bom Jesus, Cruzal.

A antiga ermida da Fajã de Entre Ribeiras foi construída por iniciativa do padre-cura de então, Francisco Xavier de Azevedo e Castro, contudo, este foi apedrejado e partiu do local. A conclusão da obra ficou a cargo do padre que lhe sucedeu, João Evaristo Augusto de Bettencourt. Com a ocorrência do sismo, a imagem do Senhor Bom Jesus foi guardada para a construção posterior de uma ermida, que substituísse a anterior. Esta construção deu-se então mais tarde, no ano de 1988, com a autorização do bispo diocesano, D. Aurélio Granada Escudeiro, recomeçando assim a obra. Este novo templo foi erguido com ajuda financeira de emigrantes da Fajã de Entre Ribeiras, num local de melhor acesso - já referido acima - , devido ao abandono e isolamento desta fajã.

Referências

  1. a b «Culto cristão». Wikipédia. Consultado em 9 de julho de 2018 
  2. «Ermida do Bom Jesus (de entre ribeiras)». Secretaria Regional da Educação e Cultura. Consultado em 11 de abril de 2018 
  3. O altar-mor é a capela, por norma, central e mais importante de uma igreja, onde, nesse templo, é geralmente celebrada a Eucaristia.
  4. «Notícia de Festa, agosto de 2016». Info - Fajãs. Consultado em 5 de maio de 2018 
  5. «Notícia de Festa, agosto de 2018». Info - Fajãs. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  6. A festa realiza-se no primeiro domingo por ser o mais próximo do dia 6 de Agosto, em que se celebra a Transfiguração do Senhor.
  7. «Entoação do hino do Senhor Bom Jesus, agosto de 2018». Info - Fajãs. Consultado em 9 de agosto de 2018 
  8. «Notícia de Missa, festa de 2018». Info - Fajãs. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  9. «Fajã de Entre Ribeiras». Direção Regional do Ambiente. Consultado em 17 de abril de 2018 
  10. DE BORBA, Francisco Fernando (2017). O Topo e as Fajãs do Norte (Na ilha de São Jorge). Lisboa: CHIADO Editora. ISBN 978-989-52-0898-2 
  Este(a) artigo sobre capela, igreja ou catedral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.