Abrir menu principal

Erwin Theodor Rosenthal

Erwin Theodor Rosenthal ( nasceu em Frankfurt am Main, 1926 e faleceu em São Paulo em 4 de setembro de 2016) - foi um germanista, professor de língua e literatura alemã na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, ensaísta e tradutor brasileiro, autor de várias obras sobre a língua alemã e a arte da tradução. Traduziu Martius, Lessing, Benjamin e Nietzsche.

Nascido na Alemanha, Erwin Theodor viveu no Brasil desde criança.[1] É doutor (1953) em Letras e Livre-Docente (1960) pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo. Foi professor titular (a partir de 1964) de Língua e Literatura Alemã e diretor da mesma Faculdade. Fundou o Curso de Pós-Graduação em Língua e Literatura Alemã da USP. Foi professor visitante da Universidade de Berlim, da Universidade de Lisboa, da Universidade de Colônia e da Universidade do Witwatersrand, em Johannesburg.

Foi bolsista da Fundação Alexander von Humboldt e professor na Universidade de Tübingen.

Desde 1986, era membro da Academia Paulista de Letras, da qual foi o 15º presidente (2003-2004).[2] Foi também membro da Academia Paulista de História e da Academia Paulista de Jornalismo.

Fez parte do Conselho Diretivo da Associação Internacional de Germanística e foi co-editor do Anuário Internacional de Germanística.[3]

Foi membro-correspondente da Academia das Ciências de Lisboa.

Condecorações e honrariasEditar

  • Oficial das Palmas Acadêmicas (França)
  • Grande Ordem do Mérito (Áustria),
  • Cruz de Mérito, Primeira Classe (Alemanha)
  • Medalha Goethe, categoria Ouro (Alemanha).
  • Doutor honoris causa da Universidade de Lisboa
  • Presidente honorário da Associação Latino-americana de Estudos Germanísticos.

Principais obrasEditar

  • A Língua Alemã - desenvolvimento histórico e situação atual.
  • Das fragmentarische Universum. Wege und Umwege des modernen Romans. Nymphenburger Verlagshandlung ([München]), 1970 (trad. port. O Universo Fragmentário)
  • Recursos Expressivos na Obra Dramática de Gerhard Hauptmann.
  • Tradução: Ofício e Arte.
  • Introdução à Literatura Alemã (1968).
  • A Literatura Alemã (1980)
  • Estudos de Sintaxe Inglesa
  • Viagem pela América do Norte
  • Temas Alemães
  • Perfis e Sombras - estudos de literatura alemã.
  • Frey Apollonio: um romance do Brasil, romance de Carl Friedrich Philipp von Martius, de 1823, transposto para o alemão moderno por Erwin Theodor e publicado em Berlim, em 1992, e em São Paulo no mesmo ano, em tradução brasileira.

Referências

Ligações externasEditar