Abrir menu principal

Escape atmosférico é a perda de gases da atmosfera dos planetas. Há vários processos que podem levar a isso, mas os principais são a temperatura da atmosfera e a velocidade de escape. Em alguns casos, o escape atmosférico pode ser um processo muito importante; em Marte e Vênus, por exemplo, muita água foi perdida devido ao escape atmosférico, já que a força de seus campos magnéticos são menores que na Terra.[1]

A perda desses gases atmosféricos explica o porquê da cor avermelhada do planeta Marte: a dissociação do vapor de água em hidrogênio e oxigênio e a sucessiva perda de hidrogênio para o espaço fez com que o oxigênio restante e em excesso oxidasse as rochas da superfície.[1]

ReferênciasEditar

  1. a b David C. Catling e Kevin J. Zahnle (Maio 2009). «The Planetary Air Leak» (PDF). Scientific AmericAn. pp. 36–43. Consultado em 6 de agosto de 2019 
  Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.