Escola Bíblica de Gileade

A Escola Bíblica de Gileade da Torre de Vigia, é o nome dado a escola de missionários das Testemunhas de Jeová. Fundada em 1942, pela Sociedade Torre de Vigia, dos Estados Unidos, tem como objetivo treinar ministros experientes e enviá-los a países para sua obra de evangelização. Fica situada no Centro Educacional da Torre de Vigia em Patterson, Nova Yorque. O objetivo básico de seu curriculo é o estudo da Bíblia e evangelização.

O começoEditar

Segundo o Livro Testemunhas de Jeová - Proclamadores do Reino de Deus, capítulo 23 páginas 523 a 524, num discurso àquela primeira turma, em 1 de fevereiro de 1943, o primeiro dia da escola, Nathan Homer Knorr disse:

Após cinco meses , a primeira turma completou o treinamento. Três meses depois, os primeiros missionários partiram dos Estados Unidos a caminho de Cuba. Até 2006, cerca de 8.000 estudantes de mais de 110 países foram treinados e enviados a cerca 235 países e ilhas.

Abertura de novos campos, desenvolvimento de outrosEditar

Segundo as publicações das Testemunhas de Jeová, estes missionários formados na Escola de Gileade ensinaram a Bíblia para centenas de milhares de pessoas, em dezenas de países indo de casa em casa para ensinar o evangelho do Reino de Deus.

Em muitos lugares, foram estes missionários que começaram a obra de pregação das Testemunhas de Jeová. Sendo por exemplo, as primeiras Testemunhas de Jeová, na Somália, no Sudão, em Laos e em muitos arquipélagos.

Em outros países, como Colômbia, Guatemala, Haiti, Porto Rico, Venezuela, Burundi, Côte d’Ivoire (Costa do Marfim), Quênia, Maurício, Senegal, Namíbia, Ceilão (agora Sri Lanka), China e Singapura, e muitos arquipélagos, havia apenas algumas testemunhas antes da chegada dos missionários.

Segundo o livro Proclamadores, na década de 1980,

A Escola de Treinamento Ministerial, também serve como uma extensão de Gileade. O curso de oito semanas inclui um intensivo estudo Bíblia. Assuntos de organização, junto com as responsabilidades dos anciãos e dos servos ministeriais, e oratória.

 Ver artigo principal: Escola de Treinamento Ministerial

Turmas de GileadeEditar

1943-60: Escola em South Lansing, Nova Iorque. Em 35 turmas, 3.639 estudantes de 95 países se formaram, sendo a maioria designada para o serviço missionário.

1961-65: Escola em Brooklyn, Nova Iorque. Em 5 turmas, 514 estudantes se formaram e foram enviados a países onde a Sociedade Torre de Vigia (dos EUA) tinha filiais.

1965-88: Escola em Brooklyn, Nova Iorque. Em 45 turmas, cada uma com um curso de 20 semanas, mais 2.198 estudantes foram treinados.

1977-80: Escola em Brooklyn, Nova Iorque. Curso de Gileade, de cinco semanas, para membros de Comissões de Filial. Houve 14 turmas.

1980-81: A Escola Cultural de Gileade do México. Curso de 10 semanas; três turmas; 72 formados, de língua espanhola, preparados para o serviço na América Latina.

1981-82, 1984, 1992: Extensão da Escola de Gileade na Alemanha; curso de 10 semanas; quatro turmas; 98 estudantes de língua alemã de países europeus.

1983: Turmas na Índia; curso de 10 semanas, em inglês; 3 grupos; 70 estudantes.

1987 : Escola de Treinamento Ministerial, com um curso de 8 semanas realizado em lugares-chaves em várias partes do mundo. Em 1992, os formados já estavam servindo em mais de 35 países fora de seu país de origem.

1988 : Escola em Wallkill, Nova Iorque. Um curso de 20 semanas em preparação para o serviço missionário funciona ali. Planeja-se mudar essa escola para o Centro Educacional da Torre de Vigia em Patterson, Nova Iorque, quando estiver terminado.

2006: Cerca de 120 turmas e 8.000 alunos haviam cursado a Escola de Gileade.

Ainda a publicação Proclamadores, na página 538 menciona que

ReferênciasEditar

  1. Testemunhas de Jeová - Proclamadores do Reino de Deus,capítulo 23 páginas 523 a 524
  2. jv cap. 23 p. 544 Missionários dão impulso à expansão mundial
  3. jv capítulo. 23 página 538

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar