Escuridão

ausência de luz
Disambig grey.svg Nota: Para o filme de terror com Maria Bello e Sean Bean, veja The Dark (filme).

Escuridão é a ausência de luz. A percepção da escuridão difere da mera ausência de luz devido aos efeitos das imagens residuais na percepção. Ao perceber, o olho está ativo e a parte não estimulada da retina produz uma imagem residual complementar.[1]

Luzes e escuridão da terra (montagem)

EtimologiaEditar

O termo deriva de escuro, que se originou no latim obscurum.[2] No inglês antigo, havia três palavras que podiam significar escuridão: heolstor, genip e sceadu.[3] Heolstor também significava "esconderijo" e tornou-se coldre. Genip significava "névoa" e caiu em desuso como muitos verbos fortes. Porém, ainda é usado no ditado neerlandês in het geniep, que significa secretamente. Sceadu significava "sombra" e permaneceu em uso. A palavra dark eventualmente evoluiu do inglês médio derk no século XIII, e por sua vez do inglês antigo deorc.[4]

Referências

  1. Horner 2000, p. 217.
  2. «Escuro». Michaelis 
  3. Mitchell 2001, p. 332, 349, 363, 369.
  4. «Dark». Online Etymology Dictionary 

BibliografiaEditar

  • Horner, David T. (2000). Demonstrations of Color Perception and the Importance of Contours, Handbook for Teaching Introductory Psychology 2 ed. Texas: Psychology Press. p. 217. ISBN 9780805836547 
  • Mitchell, Bruce; Robinson, Fred C. (2001). A Guide to Old English. Glossary. Hoboken, Nova Jérsei: Blackwell Publishing. ISBN 978-0-631-22636-9 


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Definições no Wikcionário
  Imagens e media no Commons
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.