Abrir menu principal

Alterações

4 993 bytes removidos ,  17h05min de 8 de abril de 2008
Ajustes..
|Primeiro sistema=[[#Depressão tropical Agaton|Agaton]] em [[21 de Janeiro]] de [[2006]]
|Sistemas ativos=Temporada encerrada
|Total de tempestadestufões=25
|Total de furacõestufões=15
|Grandes furacõestufões=7
|Tempestade mais forte=[[Tufão Yagi (2007)|Yagi]] (910 [[Milibar|mbar]], [[Pascal (unidade)|hPa]], 260 [[quilômetro por hora|Km/h]])
|Número de tempestades=15
 
O [[Japão]] e o [[Taiwan]], em seus próprios idiomas, utilizam um sistema próprio cada. Para facilidade de entendimento, é utilizada aqui a [[escala de furacões de Saffir-Simpson]], utilizado pelo JTWC. É especificado a diferença de ventos em 1 e 10 minutos.
 
===Depressão tropical Agaton (PAGASA)===
{{Info furacão pequeno|
|formado=[[21 de Janeiro]] de [[2006]]
|dissipado=[[24 de Janeiro]] de [[2006]]
|vento mais forte=55 km/h30
|pressão mínima=1000 [[Pascal (unidade)|mbar]] ([[Bar (unidade)|mbar]])]]<ref name="typhoon2000">http://www.typhoon2000.ph/season06.htm</ref>}}
|}}
 
Em [[21 de Janeiro]], uma depressão tropical formou-se de uma área de distúrbios meteorológicos a cerca de 230 km a leste-nordeste de [[Hinatuan]], na província de [[Surigao del Sur]], [[Filipinas]], dentro da [[Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas|área de responsabilidade filipina]]> O sistema ganhou o nome de Agaton, dado pela PAGASA, para avisos filipinos.
 
A depressão degenerou-se numa área de baixa pressão remanescente em [[24 de Janeiro]] depois de fazer ''landfall''.
 
O sistema adentrou no Mar da China Meridional e ficou mais bem organizado. PortantoEntão, a China declarou a formação de uma depressão tropical em [[25 de Janeiro]].<ref>{{zh}} http://www.nmc.gov.cn/news/viewArticle.do?method=viewArticle&id=ff80808108db4e5a010900e4cf960030</ref> e previu que o sistema poderia tornar-se uma tempestade tropical. No entanto, a depressão falhou em intensificar-se.
{{-}}
 
|formado=[[4 de Março]] de [[2006]]
|dissipado=[[7 de Março]] de [[2006]]
|vento mais forte=65 km/h35
|pressão mínima=997 [[Pascal (unidade)|mbar]] ([[Bar (unidade)|mbar]])]]<ref name="nrl">http://www.nrlmry.navy.mil/tc_pages/tc_home.html</ref>}}
|}}
 
Em [[4 de Março]], uma depressão formou-se de uma onda tropical próxima à [[Linha do Equador]], a sudeste de [[Palau]]. O ''[[Joint Typhoon Warning Center]]'' (JTWC) classificou-o numa tempestade tropical por volta das 03:00 [[UTC]] do mesmo dia.
 
|formado=[[9 de Maio]] de [[2006]]
|dissipado=[[19 de Maio]] de [[2006]]
|vento=125
|vento mais forte=230 km/h (175 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=95
|pressão mínima=930 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]]
|pressão=930
}}
|}}
Chanchu formou-se de uma área de distúrbios meteorológicos a uma grande distância a sudeste das [[Filipinas]] em [[5 de Maio]] e então deslovou-se para oeste. Em [[8 de maio]], o ''[[Joint Typhoon Warning Center]]'' (JTWC) classificou o sistema numa depressão tropical e no dia seguinte, numa tempestade tropical. Em [[10 de Maio]], o JTWC classificou-o num tufão assim que o sistema continuava a seguir para oeste e atingiu a região central das [[Filipinas]], causando 32 fatalidades<ref name="cnn">http://www.cnn.com/2006/WORLD/asiapcf/05/14/philippines.typhoon.reut/index.html</ref> e $1,9 milhões de [[dólar americano|dólares]], principalmente na agricultura.<ref name="reuters">[http://today.reuters.co.uk/news/newsArticle.aspx?type=scienceNews&storyID=2006-05-15T080918Z_01_MAN304331_RTRIDST_0_SCIENCE-WEATHER-PHILIPPINES-DC.XML&archived=False http://today.reuters.co.uk/news/newsArticle.aspx?type=science...]</ref>
Chanchu formou-se de uma área de distúrbios meteorológicos a uma grande distância a sudeste das [[Filipinas]] em [[5 de Maio]] e então deslocou-se para oeste. Em [[8 de maio]], o ''[[Joint Typhoon Warning Center]]'' (JTWC) classificou o sistema numa depressão tropical e no dia seguinte, numa tempestade tropical. Em [[10 de Maio]], o JTWC classificou-o num tufão assim que o sistema continuava a seguir para oeste e atingiu a região central das [[Filipinas]], causando 32 fatalidades<ref name="cnn">http://www.cnn.com/2006/WORLD/asiapcf/05/14/philippines.typhoon.reut/index.html</ref> e $1,9 milhões de [[dólar americano|dólares]], principalmente na agricultura.<ref name="reuters">[http://today.reuters.co.uk/news/newsArticle.aspx?type=scienceNews&storyID=2006-05-15T080918Z_01_MAN304331_RTRIDST_0_SCIENCE-WEATHER-PHILIPPINES-DC.XML&archived=False http://today.reuters.co.uk/news/newsArticle.aspx?type=science...]</ref>
 
Após Chanchu deixar as Filipinas], a [[Agência Meteorológica do Japão]] (AMJ) classificou-o num tufão e começou a seguir para o norte. No [[Mar da China Meridional]], o tufão afetou centenas de pescadores [[Vietnã|vietnameses]]. Chanchu tornou-se um super tufão, tornando-se o segundo [[ciclone tropical]] atingindo esta intensidade no Mar da China Meridional em toda a história registrada. O outro tufão que atingiu esta intensidade nesta região foi o Tufão Ryan em 1995.<ref name="jtwc">https://metoc.npmoc.navy.mil/jtwc/atcr/1995atcr/pdf/wnp/19w.pdf</ref> Também, Chanchu foi o ciclone tropical mais intenso registrado pelo [[Observatório de Hong Kong]] em maio. Avisos e alertas foram emitidos para os territórios de [[Hong Kong]] e [[Macau]].<ref name="hko">[http://www.hko.gov.hk/cgi-bin/hko/warndb_e1.pl?opt=91&tcname=CHANCHU&submit=Submit+Query HKO Warnings/Signals Database<!-- Bot generated title -->]</ref><ref name="smg">[http://www.thestandard.com.hk/news_detail.asp?pp_cat=11&art_id=18859&sid=7990894&con_type=1 The Standard - Hong Kong's First FREE English Newspaper<!-- Bot generated title -->]</ref> Chanchu começou a seguir para nordeste e atingiu o sul da [[China]] em [[18 de Maio]]. Na região, o tufão causou 25 fatalidades e prejuízos que totalizaram $7 bilhões de [[yuan]]s. Mais tarde, Chanchu tornou-se extratropical.
|formado=[[26 de Junho]] de [[2006]]
|dissipado=[[29 de Junho]] de [[2006]]
|vento=45
|vento mais forte=85 km/h (75 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=40
|pressão mínima=996 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]]<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=996
}}
Jelawat formou-se de um [[cavado de monção]] e, [[23 de Junho]] a sudeste das [[Filipinas]]. O sistema seguiu para noroeste e em [[26 de Junho]], o JTWC classificou-o numa depressão tropical e ,em [[27 de Junho]], numa tempestade tropical. Pouco depois, a AMJ fez o mesmo.
|formado=[[29 de Junho]] de [[2006]]
|dissipado=[[11 de Julho]] de [[2006]]
|vento=130
|vento mais forte=240 km/h (185 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=100
|pressão mínima=930 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]]<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=930
}}
 
Ewiniar formou-se de uma área de distúrbios meteorlógicos a uma grande distância a sudeste das [[Filipinas]] em [[29 de Junho]]. Naquele dia, o JTWC classificou-o numa depressão tropical e, em [[30 de Junho]], numa tempestade tropical. Ao mesmo tempo, a AMJ fez o mesmo. A partir de [[3 de Julho]], Ewiniar começou a [[rápida intensificação|intensificar-se rapidamente]]. No começo da madrugada daquele dia, tanto o JTWC quanto o AMJ classificaram o sistema num tufão.<ref>http://www.jma.go.jp/jma/jma-eng/jma-center/rsmc-hp-pub-eg/besttrack.html</ref><ref name="jtwcewiniar">https://metocph.nmci.navy.mil/jtwc/atcr/2006atcr/chapter1/chapter1.html</ref> O JTWC classificou-o num super tufão em [[5 de Julho]], quando atingiu o pico de intensidade com ventos máximos constantes de 240 km/h.<ref name="jtwcewiniar"/>
 
|formado=[[3 de Julho]] de [[2006]]
|dissipado=[[4 de Julho]] de [[2006]]
|vento mais forte=55 km/h30
|pressão=998
|pressão mínima=998 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]]<ref>http://weather.unisys.com/hurricane/archive/06070400</ref>
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a cerca de 200 km ao sul da ilha de [[Hainan]], [[China]] e foi classificada numa depressão tropical pela [[Administração Meteorólgica da China]] em [[3 de Julho]].<ref>http://www.nmc.gov.cn/news/viewArticle.do?method=viewArticle&id=ff8080810c1dc5dd010c32325f2d001e</ref> A depressão moveu-se para noroeste e fez ''landfall'' em Hainan no mesmo dia.<ref>http://www.nmc.gov.cn/news/viewArticle.do?method=viewArticle&id=ff8080810c33d24b010c37614f8a0001</ref> No dia seguinte, o sistema adentrou no [[Golfo de Tonkin]] e fez se segundo ''landfall'' perto da fronteira [[China]]/[[Vietnã]] e enfraqueceu-se rapidamente.<ref>http://www.cma.gov.cn/cma_new/tqyb/zhyj/t20060704_138325.phtml</ref>
{{-}}
|formado=[[8 de Julho]] de [[2006]]
|dissipado=[[15 de Julho]] de [[2006]]
|vento=50
|vento mais forte=85 km/h (110 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=60
|pressão mínima=970 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]]
|pressão=970
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos a nordeste de [[Yap]] tornou-se uma depressão tropical em [[8 de Julho]], e uma tempestade tropical no dia seguinte, ganhando o nome de ''Bilis''. A [[PAGASA]] considerou o sistema, por um curto período de tempo, como um tufão, embora oficialmente tenha continuado como uma tempestade tropical assim que se movia para noroeste, em direção a [[Taiwan]].
 
|formado=[[18 de Julho]] de [[2006]]
|dissipado=[[26 de Julho]] de [[2006]]
|vento=85
|vento mais forte=155 km/h (150 km/h <small>10 min</small>)<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|vento10=80
|pressão mínima=960 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]]
|pressão=960
}}
 
Kaemi formou-se como uma depressão tropical de uma área de distúrbios meteorológicos perto das [[Ilhas Carolinas]] em [[18 de Julho]]. No mesmo dia, o sistema tornou-se uma tempestade tropical e no dia seguinte, a AMJ nomeou-o de ''Kaemi''. Em [[20 de Julho]], Kaemi tornou-se uma tempestade tropical severa e um tufão 24 horas depois. Em [[25 de Julho]], Kaemi atingiu [[Taiwan]] e a província [[China|chinesa]] de [[Fujian]] como um tufão mínimo.<ref>http://www.cma.gov.cn/cma_new/qxxw/t20060725_142067.phtml</ref>
 
|formado=[[21 de Julho]] de [[2006]]
|dissipado=[[22 de Julho]] de [[2006]]
|vento mais forte=45 km/h25
|pressão=1002
|pressão mínima=1002 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]]
}}
 
O Centro Meteorológico Regional de Guangdong, [[China]] (não sendo um centro nacional de meteorologia) identificou uma depressão tropical a cerca de 300 km ao sul de [[Xisha]] em [[21 de Julho]].<ref>http://mb.hainan.gov.cn/gov/text/qxxx211530081.txt</ref> O sistema continuou fraco e dissipou-se no dia seguinte.
{{-}}
|formado=[[28 de Julho]] de [[2006]]
|dissipado=[[5 de Agosto]] de [[2006]]
|vento=70
|vento mais forte=130 km/h (120 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=65
|pressão mínima=970 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=970
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a sudeste das [[Filipinas]]. Em [[28 de Julho]], a PAGASA classificou o sistema numa depressão tropical e nomeou-o de ''Henry''. No mesmo dia, tanto a AMJ quanto o JTWC fizeram o mesmo. Após passar por [[Filipinas]], o sistema, seguindo para oeste-noroeste, tornou-se uma tempestade tropical em [[1º de Agosto]]. O [[Observatório de Hong Kong]] começou a emitir alertas e avisos de ciclone para [[Hong Kong]]. No dia seguinte, a AMJ classificou Prapiroon numa tempestade tropical severa assim que a PAGASA cessou seus avisos, já que a tempestade deixou a área de responsabilidade filipina. Em [[Macau]], também foram emitidos alertas e avisos.<ref>{{zh}} http://hk.news.yahoo.com/060803/12/1qxe7.html, Ming Pao </ref> Em [[3 de Agosto]], o sistema atingiu a região.<ref>http://www.cma.gov.cn/cma_new/tqyb/zhyj/t20060804_143710.phtml</ref>
 
{{Ver artigo principal|[[Tufão Maria (2006)]]}}
{{Info furacão pequeno|
|nome=Tufão Maria</br>TufãoTempestade tropical 09W
|categoria=tempestade
|Tufãocat=tufão
|formado=[[4 de Agosto]] de [[2006]]
|dissipado=[[11 de Agosto]] de [[2006]]
|vento=60
|vento mais forte=110 km/h (130 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=70
|pressão mínima=975 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=70
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a sudoeste de [[Minamitorishima]] e o JTWC classificou esta área como uma depressão tropical em [[4 de Agosto]]. No dia seguinte, a AMJ classificou-o numa tempestade tropical.
 
|formado=[[4 de Agosto]] de [[2006]]
|dissipado=[[11 de Agosto]] de [[2006]]
|vento=140
|vento mais forte=260 km/h (195 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=105
|pressão mínima=925 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=925
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se perto das [[Ilhas Carolinas]] e em [[4 de Agosto]], o JTWC classificou-a numa depressão tropical e no dia seguinte, numa tempestade tropical. Em [[6 de Agosto]], a AMJ momeou o sistema de ''Saomai''.
 
|formado=[[5 de Agosto]] de [[2006]]
|dissipado=[[10 de Agosto]] de [[2006]]
|vento=55
|vento mais forte=100 km/h (1 e 10 min)
|vento10=55
|pressão mínima=980 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=980
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se ao norte de [[Yap]] e o JTWC classificou o sistema numa depressão tropical em [[5 de Agosto]]. Depois, a PAGASA também classificou o sistema numa depressão tropical e nomeou-a de ''Inday''. No dia seguinte, a AMJ classificou a depressão numa tempestade tropical, nomeando-a de Bopha.
 
|formado=[[12 de Agosto]] de [[2006]]
|dissipado=[[20 de Agosto]] de [[2006]]
|vento=55
|vento mais forte=100 km/h (95 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=50
|pressão mínima=980 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=980
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se ao sul de [[Iwo Jima]] e foi classificada numa depressão tropical pelo JTWC em [[12 de Agosto]] e numa tempestade tropical em [[13 de Agosto]]. Naquele dia, a AMJ também classificou o sistema numa tempestade tropical. Em [[18 de Agosto]], Wukong fez ''landfall'' no [[Japão]] pouco depois de ter absorvido a tempestade tropical Sonamu. Em [[20 de Agosto]], Wukong enfraqueceu-se numa depressão tropical.
 
|formado=[[13 de Agosto]] de [[2006]]
|dissipado=[[16 de Agosto]] de [[2006]]
|vento=45
|vento mais forte=85 km/h (65 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=35
|pressão mínima=992 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=992
}}
 
Em [[13 de Agosto]], uma área de distúrbios meteorológicos a leste de [[Luzon]], [[Filipinas]], foi classificada como uma depressão tropical pelo JTWC e pelo AMJ. Logo em seguida, o sistema tornou-se uma tempestade tropical e ganhou o nome de ''Sonamu''. Em [[15 de Agosto]], Sonamu começou a [[efeito Fujiwara|interagir]] com a tempestade tropical severa Wukong e começou a se enfraquecer. Sonami foi totalmente aborvida por Wukong no dia seguinte e tanto a AMJ quanto o JTWC emitiram seus últimos avisos.
{{-}}
|formado=[[19 de Agosto]] de [[2006]]
|dissipado=[[7 de Setembro]] de [[2006]]
|vento=140
|vento mais forte=260 km/h (195 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=105
|pressão mínima=920 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=920
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos ao sul do [[Havaí]] foi classificada pelo [[Centro de Furacões no Pacífico Central]] (CPHC) como uma depressão tropical em [[19 de Agosto]] e logo depois como uma tempestade tropical. Em [[27 de Agosto]], Ioke cruzou a [[Linha Internacional de Data]] como um intenso tufão com intensidade equivalente a um furacão de categoria 5 na [[escala de furacões de Saffir-Simspon]]. Naquele momento, a responsabilidade de monitoramento do ciclone foi transferido do CPHC para a AMJ. Em [[30 de Agosto]], Ioke afetou a [[Ilha Wake]], provocando a retirada de mais de 300 pessoas da ilha. Dias depois, Ioke passou a nordeste de [[Minamitorishima]] como um tufão de categoria 3; a ilha já tinha sido evacuada anteriormente. Ioke então começou a seguir para nordeste, tornando-se extratropical em [[7 de Setembro]], dia em que tanto o JTWC quanto a AMJ emitiram seus últimos avisos sobre Ioke. Mesmo assim, os remanescentes extratropicais de Ioke seguiram para nordeste e para leste, adentrando o [[Mar de Bering]], afetando a costa do [[Alasca]] com mar muito agitado.<ref name="Alaska">{{cite news|author=Angela Hutti|year=2006|title=Storm on the Bering Sea|publisher=KTVA 11|accessdate=2006-09-08|url=http://www.ktva.com/topstory/ci_4303106}}</ref>
{{-}}
|formado=[[23 de Agosto]] de [[2006]]
|dissipado=[[25 de Agosto]] de [[2006]]
|vento mais forte=55 km/h30
|pressão=998
|pressão mínima=998 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
}}
Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se no [[Mar da China Meridional]] e foi classificada pela [[Administração Meteorológica China]] (AMC) em [[23 de Agosto]]. O [[Observatório de Hong Kong]] emitiu um alerta de ventos fortes para o território. No dia seguinte, o JTWC também classificou o sistema numa depressão tropical. No entanto, emitiu seu último aviso 12 horas depois.
|formado=[[9 de Setembro]] de [[2006]]
|dissipado=[[19 de Setembro]] de [[2006]]
|vento=120
|vento mais forte=220 km/h (205 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=110
|pressão mínima=919 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=919
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se ao norte de [[Yap]] e foi classificada numa depressão tropical pelo Observatório de Hong Kong e pela AMJ em [[9 de Setembro]]. O JTWC também classificou o sistema numa depressão tropical no dia seguinte e logo em seguida, o sistema adentrou a área de responsabilidade filipina e foi nomeado de ''Luis'' pela PAGASA. Logo após, a AMJ classificou a depressão numa tempestade e deu ao sistema o nome de ''Shanshan''. Em [[11 de Setembro]], Shanshan tornou-se uma tempestade tropical severa e logo em seguida, um tufão. Shanshan atingiu o pico de intensidade em [[14 de Setembro]]. A partir deste momento, Shanshan começou a se enfraquecer e em [[17 de Setembro]], enfraqueceu-se numa tempestade tropical. Pouco depois, o JTWC emitiu seu último aviso sobre o sistema e a AMJ fez o mesmo dois dias depois, assim que Shanshan tornou-se extratropical.
 
|formado=[[12 de Setembro]] de [[2006]]
|dissipado=[[13 de Setembro]] de [[2006]]
|vento mais forte=55 km/h30
|pressão=1004
|pressão=1004<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se no [[Mar da China Meridional]] e foi classificada pelo Observatório de Hong Kong e pelo JTWC como uma depressão tropical em [[12 de Setembro]]. Avisos de ventos fortes foram emitidos para [[Hong Kong]] e [[Macau]] no dia seguinte. Logo em seguida, a depressão fez ''landfall'' na costa da província chinesa de [[Guangdong]] e dissipou-se em seguida.<ref>http://www.nmc.gov.cn/news/viewArticle.do?method=viewArticle&id=ff8080810d9ac185010da9d6f0780017</ref>
{{-}}
|formado=[[17 de Setembro]] de [[2006]]
|dissipado=[[25 de Setembro]] de [[2006]]
|vento=140
|vento mais forte=260 km/h (195 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=105
|pressão mínima=910 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=910
}}
Uma área de distúrbios meteorológicos que se formou a nordeste de [[Chuuk]] foi classificada pelo JTWC e pela AMJ como uma depressão tropical em [[17 de Setembro]]. Depois, a AMJ classificou a depressão numa tempestade tropical, dando o nome de ''Yagi''. Praticamente ao mesmo tempo, o JTWC fez o mesmo. Em [[18 de Setembro]], Yagi tornou-se uma tempestade tropical severa assim que o JTWC classificou o sistema num tufão. Continuando a se fortalecer, Yagi atingiu o pico de intensidade na noite ([[UTC]]) de [[22 de Setembro]], tornando-se um super tufão.
|formado=[[23 de Setembro]] de [[2006]]
|dissipado=[[25 de Setembro]] de [[2006]]
|vento mais forte=55 km/h35
|pressão=996
|pressão mínima=996 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
}}
Uma área de distúrbios meteorológicos no [[Mar da China Meridional]] foi classificada numa depressão tropical pela AMC e pelo Observatório de Hong Kong em [[22 de Setembro]] e pelo JTWC no dia seguinte. Em [[24 de Setembro]], o JTWC classificou brevemente a depressão numa tempestade tropical, no entanto, emitiu seu último aviso sobre o sistema em [[25 de Setembro]] pouco antes do sistema atingir o [[Vietnã]]. O sistema trouxe muitas chuvas para o país, sendo que em algumas áreas, a [[precipitação (meteorologia)|precipitação]] acumulada chegou a 143 mm.<ref>http://www.nmc.gov.cn/news/viewArticle.do?method=viewArticle&id=ff8080810d9ac185010de42a63880062</ref> A AMC deixou o sistema como uma tempestade tropical até a tempestade fazer ''landfall'' no Vietnã.
|formado=[[25 de Setembro]] de [[2006]]
|dissipado=[[2 de Outubro]] de [[2006]]
|vento=125
|vento mais forte=230 km/h (155 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=85
|pressão mínima=940 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=940
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos dentro da área de responsabilidade filipina foi classificada em [[25 de Setembro]] pela PAGASA como uma depressão, dando o nome de ''Milenyo''. No mesmo dia, o JTWC também classificou o sistema numa depressão. No dia seguinte, a AMJ nomeou o sistema de ''Xangsane'' e mais tarde, classificou a tempestade numa tempestade tropical severa. Xangsane [[rápida intensificação|intensificou-se rapidamente]], tornando-se um tufão antes de atingir as [[Flipinas]].
 
|formado=[[1º de Outubro]] de [[2006]]
|dissipado=[[6 de Outubro]] de [[2006]]
|vento=35
|vento mais forte=65 km/h (95 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=50
|pressão mínima=980 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=980
}}
 
Em [[1º de Outubro]], uma persistente área de baixa pressão logo a leste das [[Filipinas]] tornou-se a depressão tropical 19W. A AMJ já estava monitorando o sistema. O sistema ganhou o nome de ''Neneng'', dado pela PAGASA, e depois, naquela noite, a depressão foi classificada numa tempestade tropical pelas autoridades filipinas. No dia seguinte, tanto a AMJ quanto o JTWC classificaram o sistema numa tempestade tropical e foi nomeado de ''Bebinca'', dado pela AMJ.
 
|formado=[[3 de Outubro]] de [[2006]]
|dissipado=[[6 de Outubro]] de [[2006]]
|vento=30
|vento mais forte=55 km/h (85 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=45
|pressão mínima=985 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=985
}}
Em [[3 de Outubro]], uma depressão tropical ao sul de [[Minamitorishima]] sobre águas quentes apresentou áreas de convecção suficientes para ser designado como tempestade tropical Rumbia pela AMJ, embora o JTWC nunca tenha classificado o sistema como depressão tropical. Depois, naquele dia, o JTWC emitiu um [[alerta de formação de ciclone tropical]] e começou a emitir avisos regulares sobre a depressão tropical 20W no dia seguinte. Rumbia começou a intesificar-se lentamente assim que se movia para noroeste, mas em [[6 de Outubro]], sua circulação ciclônica de baixos níveis ficou totalmente exposta e o JTWC emitiu seu último aviso. A AMJ fez o mesmo logo em seguida. A área de baixa pressão remanescente já não pôde ser monitorado, logo em seguida, pois já não se fazia distinção entre Rumbia e o mesmo ciclone extratropical que absorveu Bebinca.
|formado=[[9 de Outubro]] de [[2006]]
|dissipado=[[16 de Outubro]] de [[2006]]
|vento=90
|vento mais forte=165 km/h (140 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=75
|pressão mínima=955 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=955
}}
 
Em [[9 de Outubro]], uma zona de distúrbios meteorológicos foi classificada pelo JTWC numa depressão tropical e, logo em seguida, como uma tempestade tropical. A AMJ fez o mesmo e nomeou o sistema de ''Soulik''. Em [[10 de Outubro]], Soulik tornou-se uma tempestade tropical severa e a ilha de [[Agrihan]] emitiu avisos e alertas de tempestade tropical assim que o sistema se aproximava da ilha. No entanto, a chuva foi forte na [[Ilha Pagan]].<ref>http://www.weather.unisys.com/hurricane/archive/06101106</ref> Soulik tornou-se um tufão em [[12 de Outubro]] e atingiu o pico de intensidade no dia seguinte antes de encontar águas frias e tornar-se um [[ciclone extratropical]] em [[16 de Outubro]].
{{-}}
|formado=[[12 de Outubro]] de [[2006]]
|dissipado=[[13 de Outubro]] de [[2006]]
|vento mais forte=55 km/h30
|pressão=1006
|pressão mínima=1006 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
}}
 
Em [[12 de Outubro]], uma perturbação tropical que movia-se erraticamente na [[PAGASA|Área de Responsabilidade Filipina]] foi classificada como a depressão tropical Ompong pela PAGASA. A depressão movia-se lentamente para oeste em direção às [[Filipinas]], as os ventos de cisalhamento gerados pelo Tufão Soulik preveniram qualquer intensificação. A depressão degenerou-se numa área de baixa pressão no começo da madrugada do dia seguinte.
{{-}}
|formado=[[26 de Outubro]] de [[2006]]
|dissipado=[[6 de Novembro]] de [[2006]]
|vento=140
|vento mais forte=260 km/h (185 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=100
|pressão mínima=920 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=920
}}
 
Em [[26 de Outubro]], uma perturbação tropical foi classificada numa depressão tropical e, no dia seguinte, numa tempestade tropical pelo JTWC. Naquele dia, a AMJ fez o mesmo, nomeando o sistema de ''Cimaron''. Ainda naquele dia, Cimaron tornou-se uma tempestade tropical severa e tornou-se um tufão em [[28 de Outubro]]. A partir deste momento, Cimaron sofreu [[rápida intensificação]] e o JTWC classificou-o num super tufão em [[29 de Outubro]]. Logo em seguida, Cimaron fez ''landfall'' na ilha de [[Luzon]], [[Filipinas]]. Segundo a imprensa filipina, as rajadas de vento chegaram a 230 km/h.<ref>[http://www.gmanews.tv/story/19181/(Update)-Super-typhoon-Paeng-rips-Isabela-province GMANews.TV - (Update) Super typhoon ‘Paeng’ rips Isabela province - Nation - Official Website of GMA News and Public Affairs - Latest Philippine News - BETA<!-- Bot generated title -->]</ref>
 
|formado=[[8 de Novembro]] de [[2006]]
|dissipado=[[14 de Novembro]] de [[2006]]
|vento=125
|vento mais forte=230 km/h (185 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=100
|pressão mínima=925 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=925
}}
 
Uma área de distúrbios meteorológicos foi classificada como uma depressão tropical pela AMJ em [[6 de Outubro]] e pela PAGASA logo em seguida, nomeando-o de ''Queenie''. O JTWC fez o mesmo em [[9 de Novembro]], assim que a AMJ classificou o sistema numa tempestade tropical e lhe deu o nome de ''Chebi''. Logo depois, tanto o JTWC quanto a PAGASA fizeram o mesmo. Em [[10 de Novembro]], Chebi tornou-se uma tempestade tropical severa.
 
|formado=[[24 de Novembro]] de [[2006]]
|dissipado=[[5 de Dezembro]] de [[2006]]
|vento=135
|vento mais forte=250 km/h (195 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=105
|pressão mínima=915 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=915
}}
Em [[25 de Novembro]], uma área de distúrbios meteorológicos próximo a [[Yap]] foi classificada numa depressão tropical pela AMJ e pelo JTWC. No dia seguinte, o sistema tornou-se uma tempestade tropical, ganhando o nome de ''Durian''.
|formado=[[7 de Dezembro]] de [[2006]]
|dissipado=[[14 de Dezembro]] de [[2006]]
|vento=100
|vento mais forte=185 km/h (155 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=85
|pressão mínima=945 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=945
}}
 
Em [[7 de Dezembro]], uma área de distúrbios meteorológicos foi classificada tanto pela AMJ quanto pelo JTWC numa depressão tropical. Logo em seguida, a [[PAGASA]] nomeou o sistema de ''Seniang'' assim que o sistema adentrou a área de responsabilidade filipina. Ainda no mesmo dia, a AMJ classificou a depressão numa tempestade tropical e lhe atribuiu o nome de ''Utor''.
 
|formado=[[16 de Dezembro]] de [[2006]]
|dissipado=[[19 de Dezembro]] de [[2006]]
|vento=30
|vento mais forte=55 km/h (65 km/h <small>10 min</small>)
|vento10=35
|pressão mínima=1000 [[Bar (unidade)|mbar]] ([[Pascal (unidade)|hPa]])<ref>http://severe.worldweather.wmo.int/tcc/document/creport/WRD_TC39_2_Add1_1128.doc</ref>
|pressão=1000
}}
Em [[16 de Dezembro]], uma área de distúrbios meteorológicos a sudoeste de [[Guam]] foi classificada como uma depressão tropical, e pelo JTWC no dia seguinte. Logo em seguida, a AMJ classificou o sistema numa tempestade tropical e lhe atribuiu o nome de ''Trami''. Assim que o sistema adentrou a área de responsabilidade das [[Filipinas]] ganhou o nome de ''Tomas'', dado pela PAGASA. No entanto, as condições hostis impediram o desenvolvimento do sistema e em [[18 de Dezembro]], o JTWC emitiu seu último aviso sobre o sistema e a AMJ fez o mesmo no dia seguinte.
| style="color: #888;" | Bavi || style="color: #888;" | Conson || style="color: #888;" | Sonca
|-
|{{flagicon|Camboja}}[[Camboja]] || [[Tempestade tropical Bopha (2006)|Bopha]] || style="color: #888;" | Krosa
| style="color: #888;" | Maysak || style="color: #888;" | Chanthu || style="color: #888;" | Nesat
|-
* {{link|en|https://metocph.nmci.navy.mil/jtwc.html| Joint Typhoon Warning Center}}
* {{link|en|http://www.jma.go.jp/jma/jma-eng/jma-center/rsmc-hp-pub-eg/tyname.html|Significado dos nomes dos tufões}}
* {{link|en|http://www.jma.go.jp/en/typh/|Informações sobre ciclones tropicais no Pacífico noroeste}}
* {{link|ja|http://www.jma.go.jp/jp/typh/ |(日本語)}}
* {{link|en|http://agora.ex.nii.ac.jp/digital-typhoon/|Extensos arquivos e imagens sobre tufões}}
29 190

edições