Salmo 51: diferenças entre revisões

536 bytes adicionados ,  13h45min de 7 de maio de 2008
acresc. e corr.
m (Miserere movido para Salmo 51 sob redirecionamento: padronizando)
(acresc. e corr.)
{{minidesambig|obra musical de Gregorio Allegri|Miserere (Allegri)}}
'''Miserere''' (imperativo do verbo latino misereri, ter misericórdia ou piedade) é o nome do Salmo 51, por causa das palavras com as quais é iniciado este salmo.
 
O '''salmo 51''' (na numeração [[Septuaginta|grega]] '''salmo 50'''), tradicionalmente chamado de '''''Miserere''''', seu [[incipit]] em [[latim]], é um dos [[Salmos|salmos penitenciais]].
A versão musical , de Gregorio Allegri, é uma obra ''a cappella'' composta durante o papado de [[Urbano VIII]], por volta de 1630 para uso na [[Capela Sistina]] durante as celebrações matinais da Quarta e Sexta-feira da Semana Santa.
 
Seu texto começa com as palavras ''Miserere mei, Deus'' ("Senhor, tende misericórdia de mim"), o que fez com que viesse a ser conhecido por ''Miserere'', nome que o texto recebe, inclusive, quando usado em diversas obras musicais.
Chegou a ser proibido transcrever a música e somente era permitido executá-la em ocasiões especiais, sob a pena de excomunhão.
 
==Uso litúrgico==
Presente em trilhas sonoras, como a do jogo "[[Civilization IV]]".
Este salmo é utilizado frequentemente em diversas tradições litúrgicas, por sua mensagem de humildade e arrependimento.
 
O versículo 15 é recitado como um prefácio à [[Amidá]], a oração central do [[Sidur]], na [[liturgia]] [[Judaísmo|judaica]].
A seguir, a letra em latim, baseada na vulgata (edição latina da Bíblia):
 
Como um [[salmo penitencial]], o salmo 50 (utilizando-se a numeração do [[Septuaginta]]) é um dos salmos utilizados mais frequentemente na [[Igreja Ortodoxa]], e nas [[Igrejas orientais|igrejas católicas orientais]] que seguem o [[rito bizantino]]. É incluída, tipicamente, durante o [[Mistério do Arrependimento]] (correspondente ao [[Confissão (sacramento)|sacramento da penitência]]), nas orações pessoais cotidianas, e em muitas das funções litúrgicas. As diversas funções da [[Hora Canônica]] podem ser combinadas em três [[agregado]]s (noite, manhã e tarde), arranjadas de tal maneira que o salmo 50 seja lido durante cada agregado.
----
 
No [[Agpeya]], o [[Livro das Horas]] da [[Igreja Copta]], o salmo é recitado em cada ofício ao longo do dia, como uma oração de confissão e arrependimento.
'Miserere mei, Deus, secundum magnam misericordiam tuam; et secundum multitudinem miserationum tuarum dele iniquitatem meam. Amplius lava me ab iniquitate mea, et a peccato meo munda me.
 
No [[cristianismo ocidental]], o salmo 51 também é usado liturgicamente.
Quoniam iniquitatem meam ego cognosco et peccatum meum contra me est semper. Tibi soli peccavi, et malum coram te feci, ut iustificeris in sermonibus tuis, et vincas cum iudicaris.
 
Na [[Igreja Católica|Igreja Católica Apostólica Romana]] este salmo pode ser designado por um [[padre]] a um fiel como [[penitência]], depois da [[Confissão (sacramento)|confissão]]. O versículo 7 do salmo é cantado tradicionalmente enquanto o padre borrifa [[água benta]] sobre a congregação antes da [[missa]], em um ritual conhecido como ''Asperges me'', primeiras duas palavras do verso em latim.
Ecce enim in iniquitatibus conceptus sum, et in peccatis concepit me mater mea. Ecce enim veritatem dilexisti.
 
O salmo 51 está associado com a [[quarta-feira de cinzas]].
Incerta, et occulta sapientiae tuae manifestasti mihi. Asperges me hyssopo, et mundabor: lavabis me, et super nivem dealbabor.
 
{{ref-section}}
Auditui meo dabis gaudium et laetitiam: et exultabunt ossa humiliata.
 
==Ver também==
Averte faciem tuam a peccatis meis, et omnes iniquitates meas dele. Cor mundum crea in me, Deus, et spiritum rectum innova in visceribus meis. Ne proiicias me a facie tua, et spiritum sanctum tuum ne auferas a me. Redde mihi laetitiam salutaris tui, et spiritu principali confirma me.
{{wikt|miserere}}
* [[Salmos]]
* [[Salmos penitenciais]]
 
==Bibliografia==
Docebo iniquos vias tuas: et impii ad te convertentur. Libera me de sanguinibus, Deus, Deus salutis meae; et exultabit lingua mea iustitiam tuam. Domine, labia mea aperies, et os meum annuntiabit laudem tuam.
* John Caldwell: "Miserere", Stanley Boorman, "Sources: MS", Stanley Sadie, "Mozart, Wolfgang Amadeus"; Grove Music Online, ed. L. Macy (Accessed [[November 25]], [[2006]]), [http://www.grovemusic.com (subscription access)]
* Patrick Macey, ''Bonfire Songs: Savonarola's Musical Legacy.'' Oxford, Clarendon Press. 1998. ISBN 0-19-816669-9
*{{1911}}
 
=={{Ligações externas}}==
Quoniam si voluisses sacrificium, dedissem utique: holocaustis non delectaberis. Sacrificium Deo spiritus contribulatus: cor contritum, et humiliatum, Deus non despicies.
* [http://www.chabad.org/article.asp?aid=16272 Tehillim - Psalms 51 (Judaica Press)] {{en}}
 
Benigne fac, Domine, in bona voluntate tua Sion, ut aedificentur muri Hierusalem. Tunc acceptabis sacrificium iustitiae, oblationes, et holocausta: tunc imponent super altare tuum vitulos.'
 
[[Categoria:Salmos]]
[[en:Psalm 51]]
[[it:Miserere]]
[[la:Miserere]]
[[nl:Miserere]]
[[pl:Psalm 51]]
[[zh:诗篇51篇]]