Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 00h55min de 10 de junho de 2008
sem resumo de edição
A revolta no Saara espanhol terminou ainda nesse ano com uma ofensiva conjunta de [[França]] e [[Espanha]]. O rei de Marrocos assinou um acordo com os espanhóis, no qual Espanha devolvia a província de Tarfaya a Marrocos. Parte do Exército da Libertação foi absorvido pelas forças armadas de Marrocos.
 
Marrocos vê as batalhas do Exército de Libertação no Saara ocidental e das tribos Saaraui unidas sob a bandeira marroquina como prova da lealdade do Saara ocidental para com a coroa marroquina, enquanto que simpatizantes da [[Frente Polisário]] vêm essas batalhas apenas como um movimento anti-colonização dirigido contra Espanha. Veteranos Saaraui do Exército de Libertação ainda existem hoje em ambos os lados do conflito do Saara ocidental e tanto o reino de Marrocos como a [[República Árabe SaarauiSaariana Democrática]] celebram o movimento como parte da sua história politica.
 
{{Marrocos/Tópicos}}
28 460

edições