Diferenças entre edições de "Giovanni Arrighi"

799 bytes adicionados ,  01h38min de 26 de junho de 2008
sem resumo de edição
m (colocar data, Replaced: {{reciclar}} → {{Reciclagem|data=Fevereiro de 2008}} utilizando AWB)
{{Reciclagem|data=Fevereiro de 2008}}
{{Sem-fontes|data=Fevereiro de 2008}}
 
{{Info_biografia |
'''Giovanni Arrighi''' é um economista político [[Itália|italiano]], atualmente professor de [[sociologia]] na [[Universidade Johns Hopkins]], nos [[Estados Unidos]].
largura = 25em|
imagem = |
imagem_tamanho = |
nome = Giovanni Arrighi |
data_nascimento = [[1937]] |
local_nascimento = [[Itália]] |
nacionalidade = italiana [[Imagem: flag of Italy.svg|20px]]|
ocupação = economista e professor de sociologia|
magnum_opus = ''[[O longo século XX]]''|
interesses = [[Economia]], [[Política]], [[Sociologia]], [[Capitalismo]] |
influências = [[Fernand Braudel]], [[Joseph Schumpeter]], [[Karl Polanyi]], [[Max Weber]], [[Karl Marx]], [[Eric Hobsbawn]], [[Immanuel Wallerstein]], [[Antonio Gramsci]]|
 
idéias_notáveis = [[Ciclos sistêmicos de acumulação]]
Nascido em 1937, Giovanni Arrighi se formou como economista Neoclássico em Milão, Itália. Atualmente, é doutor em Economia e Catedrático de Sociologia em SUNY-Binghamton (EUA); professor de Sociologia e Gerente do Instituto para Estudos Globais em Cultura, Poder e História para a Johns Hopkins University. Atua, principalmente, no campo da sociologia comparativa e histórica, na análise do Sistema-Mundo e em Sociologia Econômica.
}}
No ano de 1963, foi à África, investigar modelos de desenvolvimento econômico para o continente. Giovanni Arrighi, na realidade, investiga nos processos de formação do mercado do trabalho e no desenvolvimento econômico na África Sulista e a Europa Sulista, nas origens e transformações do Sistema-Mundo capitalista e na estratificação da economia global. No ano de 1969, volta à Itália e começa a interessar-se pelos problemas do movimento operário, que integram grande parte dos seus estudos até o final dos anos 70.
 
Em 1978-1979, Arrighi vai para os Estados Unidos, centralizando seus estudos para o caráter da crise mundial, integrando as análises na perspectiva dos períodos, para saber como ficavam as economias nacionais no novo marco internacional e também quais as perspectivas da economia-mundo.
'''Giovanni Arrighi''' é um economista político [[Itália|italiano]], atualmente professor de [[sociologia]] na [[Universidade Johns Hopkins]], nos [[Estados Unidos]].
Com o Livro: “O Longo século XX”, recebeu o prêmio “Distinguished Scholarship” da American Sociological Association em 1995.
 
Seus úlltimos cursos foram: teoria social - Interação Social, Sociology Econômico Seminário sobre o desenvolvimento, Seminário sobre o desenvolvimento nacional, Sociology histórico de Ásia do leste, Teorias do desenvolvimento internacional, Seminário geral do instituto para estudos globais na cultura, no poder e na história.
== Vida e formação ==
Atuou em papéis recentes como: Globalization e Macrosociology histórico,
Nascido em 1937, Giovanni Arrighi se formou como [[Economia neoclássica|economista Neoclássiconeoclássico]] em [[Milão]], Itália. Atualmente, é doutor em Economia e Catedráticocatedrático de Sociologia em SUNY-Binghamton[[State University of New York|Universidade estadual de Nova York]] (EUA''campus'' de [[Binghamton]]); e professor de Sociologia e Gerentegerente do Instituto para Estudos Globais em Cultura, Poder e História parada a[[Universidade Johns Hopkins]], Universityambas instituições localizadas nos [[Estados Unidos da América]]. Atua, principalmente, no campo da [[sociologia comparativa]] e [[sociologia histórica|história]], na análise do Sistema-Mundosistema mundial e em Sociologia[[sociologia Econômicaeconômica]].
publicado em Janet Abu-Lughod, Chicago. Uma versão mais adiantada do papel foi apresentada na conferência norte-americana de ASA/ISA, de “marco miliário Millennial. O Heritage e o futuro do Sociology,” Toronto – Canadá, 1997.
 
No ano de [[1963]], foi à [[África,]] investigar modelos de [[desenvolvimento econômico]] para o continente. Giovanni Arrighi, na realidade, investiga nosos processos de formação do mercado do trabalho e no desenvolvimento econômico na África Sulistasetentrional e ana Europa Sulistasetentrional, nas origens e transformações do Sistema-Mundosistema capitalista mundial e na estratificação da [[economia global]]. No ano de [[1969]], volta à Itália e começa a interessar-se pelos problemas do [[movimento operário]], que integram grande parte dos seus estudos até o final dos anos 70.
 
== Trabalhos recentes ==
Em 1978-1979Então, Arrighi vai para os Estados Unidos, centralizando seus estudos para o caráter da crise mundial, integrando as análises na perspectiva dos períodos, para saber como ficavam as economias nacionais no novo marco internacional e também quais as perspectivas da economia-mundo mundial.
Com o Livro: “O[[O Longolongo século XX”XX]], recebeu o prêmio “Distinguished Scholarship” da [[Associação americana de sociologia|American Sociological Association]] em [[1995]].
 
Seus úlltimosúltimos cursos foram: teoria"Teoria social - Interação Social", Sociology"Sociologia Econômicoeconômica: Seminárioseminário sobre o desenvolvimento", "Seminário sobre o desenvolvimento nacional", Sociology"Sociologia histórico de Ásiahistórica do [[leste asiático]]", "Teorias do desenvolvimento internacional", "Seminário geral do instituto para estudos globais na cultura", no"No poder e na história". Atuou em obras recentes como: "Globalization and historic macrosociology", publicado por [[Janet Abu-Lughod]].
 
[[Categoria:economistas da Itália]]
457

edições