Diferenças entre edições de "Fructuoso Rivera"

1 012 bytes adicionados ,  23h56min de 3 de julho de 2008
sem resumo de edição
m
'''José Fructuoso Rivera''' ([[Montevidéu]], [[17 de outubro]] de [[1784]] — [[Melo (Uruguai)|Melo]], [[13 de janeiro]] de [[1854]]). Conhecido informalmente como ''Don Frutos'', foi um [[militar]] e [[político]] [[uruguai]]o.
 
Combateu os portugueses, na [[Guerra contra Artigas]], sendo derrotado, em [[19 de novembro]] de [[1816]], pela vanguarda da tropa de [[Carlos Federico Lecor]], comandada pelo general [[Araújo Correia]]. Após a conquista do Uruguai, ao contrário de Artigas, permaneceu no país, sendo incoporada à tropa portuguesa no posto de coronel e no comando de um regimento local. Favorável à união do Uruguai com o Brasil, invés de com a Argentina, foi promovido a brigadeiro e foi nomeado cavaleiro da [[Imperial Ordem do Cruzeiro]], em [[1823]].
Líder do [[Partido Colorado (Uruguai)]], uniu-se no [[Abraço de Monzon]] a [[Juan Antonio Lavalleja]] como segundo chefe do exército libertador (''[[Trinta e Três Orientais]]'') e foi nomeado general de divisão pela vitória na [[Batalha de Sarandi]]. Depois da independência do Uruguai, abandonou o exército pelas suas diferenças com Lavalleja.
 
Líder do [[Partido Colorado (Uruguai)]], foi destacado pora combater uma revolta independentista, porém uniu-se no [[Abraço de Monzon]] a [[Juan Antonio Lavalleja]] como segundo chefe do exército libertador (''[[Trinta e Três Orientais]]'').
 
LíderFoi doderrotado por [[PartidoBento ColoradoManuel (Uruguai)Ribeiro]], uniu-seem noCoquimbo, em [[Abraço4 de Monzonsetembro]] ade [[Juan Antonio Lavalleja1825]], comoporém segundo3 chefesemanas dodepois exércitoderrota libertadortropas de (''[[TrintaJosé eLuís TrêsMena OrientaisBarreto]]'') e foi[[Jerônimo Gomes Jardim]]. Foi nomeado general de divisão pela vitória na [[Batalha de Sarandi]], onde derrotou as tropas de [[Bento Gonçalves da Silva]]. Depois da independência do Uruguai, abandonou o exército pelas suas diferenças com Lavalleja.
 
Foi o primeiro presidente constitucional (Constituição de 1830) do Uruguai. Derrotou a oposição de Lavalleja numa guerra civil que durou de 1832 a 1834.
Finalizada a [[Guerra Grande]], como foi chamado esse conflito , se formou um triunvirato formado por Rivera, [[Juan Antonio Lavalleja]] e [[Venancio Flores]], mas Rivera morreu antes da posse, durante a viajem de retorno.
 
==Fonte de referência==
*SILVA, Alfredo P.M. Os Generais do Exército Brasileiro, 1822 a 1889, M. Orosco & Co., Rio de Janeiro, 1906, vol. 1, 949 pp.
 
==Ligações externas==
11 867

edições