Diferenças entre edições de "Wikipédia:Pedidos a burocratas"

924 bytes adicionados ,  15h58min de 12 de julho de 2008
→‎Outros: (de saída) novo problema na mesma votação
(→‎Outros: (de saída) novo problema na mesma votação)
; O pedido
Em nome da transparência democrática, julgo que será imperioso que cada burocrata torne pública a sua opinião. Nesta decisão, como em todas que os burocratas tomarem. Isto não é uma verificação de conta, é uma decisão tomada por um colectivo cujos membros são eleitos individualmente. Os eleitores têm o direito de saber qual burocrata defendeu o quê. Abraços, [[Usuário:Ozalid|Ozalid]] ([[Usuário Discussão:Ozalid|discussão]]) 15h07min de 12 de Julho de 2008 (UTC)
 
=== Mais votos anulados ===
Na mesma votação, mas em outra secção, encontrei [http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Wikipedia:Vota%C3%A7%C3%B5es/Condi%C3%A7%C3%B5es_para_administra%C3%A7%C3%A3o_na_Wikip%C3%A9dia-pt&diff=11310024&oldid=11309988 um voto anulado] por supostamente não haver direito à abstenção. Será preciso explicar que o direito à abstenção é um direito democrático inalienável? Será preciso explicar a diferença entre não participar e abster-se? Será possível que as pessoas não tenham o simples direito de dizer que analisaram a questão, que pensaram no assunto, mas que não chegaram a qualquer conclusão? Quem foi que decidiu e com que autoridade que não há direito à abstenção? Que argumento pode haver contra uma simples abstenção? É incrível... Abraços, [[Usuário:Ozalid|Ozalid]] ([[Usuário Discussão:Ozalid|discussão]]) 15h58min de 12 de Julho de 2008 (UTC)
 
{{Correlatos
5 906

edições