Abrir menu principal

Alterações

4 bytes removidos, 22h57min de 14 de julho de 2008
Desfeita a edição 11478114 de 201.11.199.226 (discussão | contribs)
 
==Escamas dos peixes==
Nos [[peixe]]s, as '''escamas''' têm origem na [[dermecaderme]], ou seja, na camada profunda da [[pele]] e são formadas por [[tecido (histologia)|tecido]] [[osso|ósseo]].
 
O número de fiadas de escamas, assim como o seu tipo são importantes na [[classificação científica]] dos peixes. Por outro lado, as escamas crescem à periferia, podendo deixar anéis de crescimento que permitem estimar a idade do peixe.
 
São os seguintes os principais tipos de escamas dos peixes:
*'''ciclódidesciclóides''' - normalmente arredondadas e lisas;
*'''ctenódidesctenóides''' - mais ou menos rugosas e com a margem denteada;
*'''ganódidesganóides''' - em forma de placa [[rombóide]], podem ser grandes (encontram-se nos [[esturjão|esturjões]] e noutros peixes considerados "primitivos"); e
*'''placóides''' - as escamas típicas dos [[Chondrichthyes]] (tubarões e raias), têm a base de [[dentina]] e uma cavidade interna, como os [[dente]]s dos [[mamíferos]].
 
Algumas [[espécie]]s de peixes, como os da família CarangidateCarangidae ([[carapucarapau]]s e xarésxaréus) têm uma fiada de escamas transformadas em '''escudos''', mais duras que no resto do corpo.
 
==Escamas dos répteis e das aves==
64 334

edições