Diferenças entre edições de "Aquiles Porto-Alegre"

8 bytes adicionados ,  16h04min de 23 de agosto de 2008
sem resumo de edição
Exerceu diversas funções públicas: foi capitão, [[Telégrafo|telegrafista]], funcionário do Tesouro, inspetor escolar e professor.
 
Foi um dos precursores da [[crônica]] moderna na literatura gaúcha, publicando diversas obras sobre a cidade de [[Porto Alegre]] entre os anos de [[1915]] e [[1925]].
 
Jornalista, fundou e dirigiu o ''[[Jornal do Commercio (Porto Alegre)|Jornal do Commercio]]'' ([[1884]] a [[1888]]), onde assinou diversas crônicas com o [[pseudônimo]] ''Carnioli'', e de onde seu genro, [[Caldas Júnior]], saiu para fundar o [[Correio do Povo]]. Também dirigiu o jornal ''A Notícia'', [[1896]].
 
Foi sócio fundador do [[Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul]] e da [[Academia Rio-Grandense de Letras]].
=={{Bibliografia}}==
*FRANCO, Sérgio da Costa. ''Guia Histórico de Porto Alegre (4a. ed.)''. Porto Alegre: Editora da Universidade ([[UFRGS]]), 2006.
* [http://www.unisinos.br/publicacoes_cientificas/images/stories/sumario_historia/vol10n8/11historian10vol8_artigo05.pdf Histórias e memórias da cidade nas crônicas de Aquiles Porto Alegre (1920-1940) - Charles Monteiro]
 
{{DEFAULTSORT:Aquiles Jose Gomes Porto-Alegre}}
 
{{DEFAULTSORT:Aquiles Jose Gomes Porto-Alegrealegre}}
[[Categoria:Escritores do Rio Grande do Sul]]
[[Categoria:Historiadores do Brasil]]
[[Categoria:Educadores do Brasil]]
[[Categoria:Patronos da Academia Rio-Grandense de Letras]]
[[Categoria:Gaúchos de Rio-grandinos Grande]]
 
{{seminterwikiSeminterwiki}}