Diferenças entre edições de "Eustasia"

7 bytes removidos ,  13h44min de 18 de janeiro de 2006
m
Desambiguação assistida por bot: Calote polar
m (Desambiguação assistida por bot: Calote polar)
Os movimentos eustáticos resultam de qualquer factor que faça variar de forma significativa o volume de água presente no oceano global (como tal entendendo-se o conjunto de todos os oceanos da [[Terra]], já que estes partilham uma [[circulação oceânica|circulação comum]] que permite a redistribuição da água), ou que provoque uma variação significativa do volume das bacias oceânicas, com a consequente variação do nível da água em relação à terra firme. As principais causas de variação eustática são:
*Variação da quantidade de água presente nos oceanos, devido a [[mudança climática|mudanças climáticas]] sobre áreas extensas, a quais provocam o aprisionamento da água sob a forma de gelo ou a sua libertação por fusão. Como o processo é controlado pela quantidade de gelo, é por vezes referido como glacioeustasia. As variações glacioeustáticas podem resultar de:
**Fusão dos [[glaciar]]es e das [[calote polarPólo|calotes polares]] no termo das [[idade do gelo|idades do gelo]], o que conduz a subida eustática do nível do mar, com o consequente avanço das águas sobre a terra e fazendo penetrar o mar nos vales costeiros. Este avanço do mar sobre a terra emersa é designado em geologia por ''[[transgressão]]''.
**Aprisionamento de água em massas de gelo (glaciares e gelos polares) durante os períodos de arrefecimento global que levam às glaciações. A diminuição do volume de água nos oceanos provoca a descida eustática do nível do mar, deixando emersas terras que antes eram fundos oceânicos. Este recuo dos mares é designado em geologia por ''[[regressão]]''.
*Mudança do volume das bacias oceânicas (como que a que ocorreu com o alargamento do [[Oceano Atlântico]].
170 140

edições