Doação de Pepino: diferenças entre revisões

2 bytes adicionados ,  18h07min de 30 de novembro de 2008
m
sem resumo de edição
( nova página: thumb|right|300px|A doação de Pepino ao [[Papa Estêvão II (754)]] [[Imagem:Karte kirchenstaat.jpg...)
 
m
[[Imagem:La donacion de Pipino el Breve al Papa Esteban II.jpg|thumb|right|300px|A doação de Pepino ao [[Papa Estêvão IIIII]] (754)]]
[[Imagem:Karte kirchenstaat.jpg|right|thumb|300px|Os [[Estados Pontifícios]] em [[800]]]]
A '''doação de Pepino''' ou '''tratado de Quierzy''' , em [[754]], criou os [[Estados Pontifícios]].
 
Na viagem que fez a França em [[754]] o [[Papa Estêvão IIIII]], [[Pepino o Breve]] recebeu-o na sua ''[[villa]]'' de [[Quierzy-sur-Oise]] em janeiro. Um tratado foi assinado criando os [[Estados Pontifícios]] pela doação do [[exarcado|Exarcado de Ravena]], da [[Córsega]], da [[Sardenha]] e da [[Sicília]] ao Papa. Em contrapartida, este reconhecia a [[dinastia carolíngia]] e aprovava a relegação imposta ao rei [[Merovíngios|merovíngio]] [[Childerico III]]. Esta doação foi confirmada em [[774]], em Roma, por [[Carlos Magno]], filho de Pepino.
 
== Ver também ==