Abrir menu principal

Alterações

135 bytes adicionados ,  00h14min de 27 de dezembro de 2008
m
sem resumo de edição
|canonizado_por =[[Papa ]]
|atribuições =
|patrono =[[Nivelles]], [[jardineirosjardineiro]]s, medo dos [[rato]]s
|patrona =
|principal_templo =
Nascida em [[626]], era filha de [[Pepino de Landen]] ([[580]]-[[640]]) dito ''Pepino, o Velho'' e de [[Ida de Nivelles|Santa Ida de Nivelles]] (Ida de Aquitânia) ([[597]]-[[652]]), e portanto irmã de [[Begga|Begga de Landen]], de [[Grimoaldo, o Velho]] e de [[São Bavo]]. O seu pai era chefe do palácio de Dagoberto e Rei da Austrásia era antepassado de Pepino, o Breve, Carlos Martel e Carlos Magno.
 
Santa Gertrudes, na sua adolescência, foi testemunho de uma disposição de espírito profundamente religiosa, que lhe fez recusar os pretendentes que lhe foram apresentados. Com a morte do pai, a sua mãe, Santa IttaIda, transformou o castelo familiar em mosteiro misto, confinado a direcção à sua filha Gertrudes. As duas mulheres fizeram da [[oração]] a sua principal ocupação.
 
Como primeira abadessa desta comunidade mista, Gertrudes interessa-se pela vida religiosa. Amiga dos santos e missionários irlandeses [[Foillan]] e [[Ultan]], e com uma busca incessante e aprofundada sobre a [[Sagrada Escritura]], estuda-a com ajuda do primeiro. Foi de Gertrudes que São Foillan recebeu o terreno de [[Fosses-la-Ville]] onde se veio a estabelecer. Para ajudar Santo Ultan na sua tarefa de evangelização em [[656]], Santa Gertrudes renunciou ao seu posto de abadessa e passou o resto de sua vida estudando e fazendo penitência. Gertrudes é recordada pela ajuda que deu aos mais necessitados e aos peregrinos.
 
Após longo sofrimento, morre aos 33 anos. A sua sobrinha, [[Santa Vulfetrude]], sucede-lhe como abadessa de Nivelles. É representada habitualmente com o [[báculo]] e [[rato]]s, e por isso recorre-se à sua intervenção para tirar o medo aos roedores.
 
== Genealogia ==
 
38 326

edições