Diferenças entre edições de "Halldór Laxness"

3 bytes removidos ,  06h41min de 8 de janeiro de 2009
Checkwiki: limpeza de formatação utilizando AWB
m (Adicionada imagem usando http://toolserver.org/~emijrp/imagesforbio/)
(Checkwiki: limpeza de formatação utilizando AWB)
Laxness casou e teve quatro filhos e morreu com 95 anos de idade.
 
Em 1923, Laxness converteu-se ao [[catolicismo]], experiência que o autor relata na obra "O grande tecelão de Caxemira ([[1927]]). Contudo abandonou essa religião para aderir ao [[comunismo]] (''O livro do povo'',[[ 1929]] e ''Poemas'', [[1930]]).
 
Em [[1948]] escreveu a obra "Estação atómica" em que critica as bases aéreas americanas existentes no seu país.
 
== Bibliografia ==
 
== Bibliografia ==
 
Em baixo estão as principais obras de Laxness que foi galardoado com o [[Prémio Nobel da Literatura]] em [[1955]], tem o título em [[língua islandesa|islandês]].
 
 
*1919: Barn náttúrunnar, romance
*1934: Sjálfstætt fólk (Partee I) - Landnámsmaður Íslands, romance
*1935: Sjálfstætt fólk (Partee II) - Erfiðir tímar, romance
Estas duas partes foram editadas em português, com o título Gente independente, pela [[Cavalo de Ferro]], [[Lisboa]], em Março de 2007, {{ISBN: |978-989-623-040-1}}
*1935: Þórður gamli halti, contos
*1937: Dagleið á fjöllum, crónicas
{{Biografias}}
 
{{DEFAULTSORT:Laxness, Halldór}}
{{Prêmio Nobel de Literatura/1951-1975}}
 
[[categoria:Escritores da Islândia]]
{{DEFAULTSORT:Laxness, HalldórHalldor}}
[[categoriaCategoria:Escritores da Islândia]]
 
[[ar:هالدور لاكسنس]]
152 974

edições