Diferenças entre edições de "Barack Obama"

42 bytes removidos ,  15h27min de 20 de janeiro de 2009
m (Revertidas edições por 201.41.101.194, para a última versão por JAnDbot)
Em [[28 de agosto]] de [[2008]], Obama foi nomeado oficialmente para concorrer à Casa Branca contra o republicano John McCain.
 
Devido à sua história pessoal (pai negro, mãe branca e padrasto asiático) é visto por muitos como um unificador, alguém que consegue transpor a barreira racial. O próprio Obama, já brincou com isso no programa da popular apresentadora estadunidense [[Oprah Winfrey]], quando disse que jantares de sua família "são sempre uma mini-[[ONU]], com parentes de todas as etnias". No entanto, ele chegou a ser acusado de racismo contra indivíduos de etnia branca, por ter participado da Igreja do Pastor [[Jeremiah Wright Jr.]],considerado racista negro. Obama negou a associação. Associações racistas e nazistas consideraram-no um extremista racial negro, de origem islâmica <ref>[http://noticias.terra.com.br/mundo/eleicoesnoseua2008/interna/0,,OI2959512-EI10986,00.html terra.com]</ref>, [[Daniel Pipes]] o considerou muçulmano, por ser filho de pai muçulmano, ainda que não praticante.<ref>[http://www.danielpipes.org/article/5354 danielpipes.org]</ref> Apesar disso, alguns grupos supremacistas brancos chegaram a declarar-lhe apoio<ref>[http://noticias.terra.com.br/mundo/eleicoesnoseua2008/interna/0,,OI2959512-EI10986,00.html - 22 de junho de 2008 - Revista: líderes racistas dos EUA apóiam Obama]</ref>
 
Recebeu o importante apoio da [[Família Kennedy]], sendo comparado muitas vezes ao ex-presidente [[John Kennedy]] na sua capacidade de animar os eleitores e oferecer uma nova liderança.
 
Em [[4 de novembro]] de [[2008]], Barack Obama foi eleito presidente dos Estados Unidos da América, derrotando [[John McCain]].
 
==== Polêmicas envolvendo racismo e religião ====
Barack Obama foi acusado de racismo contra indivíduos de etnia branca, por ter participado da Igreja do Pastor [[Jeremiah Wright Jr.]],considerado racista negro. Obama negou a associação. Associações racistas e nazistas consideraram-no um extremista racial negro, de origem islâmica <ref>[http://noticias.terra.com.br/mundo/eleicoesnoseua2008/interna/0,,OI2959512-EI10986,00.html terra.com]</ref>, [[Daniel Pipes]] o considerou muçulmano, por ser filho de pai muçulmano, ainda que não praticante.<ref>[http://www.danielpipes.org/article/5354 danielpipes.org]</ref>
 
Apesar disso, alguns grupos supremacistas brancos chegaram a declarar-lhe apoio<ref>[http://noticias.terra.com.br/mundo/eleicoesnoseua2008/interna/0,,OI2959512-EI10986,00.html - 22 de junho de 2008 - Revista: líderes racistas dos EUA apóiam Obama]</ref>
 
==Presidência==
294

edições