Abrir menu principal

Alterações

2 702 bytes adicionados, 22h17min de 11 de fevereiro de 2009
sem resumo de edição
| bgcolour = silver
|nome = Gerd von Rundstedt
|imagem = [[Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_146-1987-047-20,_Gerd_v._Rundstedt.jpg|200px]]
|imagem =
|imagem_tamanho =200px
|ocupação=
 
Em [[18 de julho]] de [[1940]], após a grande vitória[[ nazista]] na França, [[Holanda]] e [[Bélgica]], ele foi promovido a [[marechal-de-campo]] pelo[[ Führer]] e passou a fazer parte do grupo de planejamento da [[Operação Leão Marinho]], que se destinava à invasão da [[Grã Bretanha]]. Com o adiamento contínuo da operação devido à resistência aérea dos britânicos contra os ataques da [[Luftwaffe]], Rundstedt assumiu o comando das tropas de ocupação e se dedicou a fortificar as [[costa]]s dos países ocupados.
 
 
===Operação Barbarossa===
Em [[agosto]] de [[1944]], o general von Kluge suicidou-se e foi substituído por dezoito dias pelo marechal Model, até Rundstedt ser novamente chamado ao dever por Hitler, assumindo pela terceira vez o comando das forças no [[oeste]]. Ele coordenou suas tropas em tempo de enfrentar e derrotar os britânicos na [[Operação Market Garden]], na [[Bélgica]]. No fim do ano, comandou a última ofensiva alemã na guerra, a [[Batalha do Bulge|Batalha das Ardenas]], o contra ataque pela [[neve]] nas florestas das Ardenas em direção ao [[porto]] de [[Antuérpia]], na Bélgica, sendo derrotado e obrigado a cruzar de volta a [[fronteira]] alemã no começo de [[1945]].
 
Em [[março]] de [[1945]] foi pela última vez alijado de um comando militar no [[front]], após dizer ao Marechal [[Wilhelm Keitel]], chefe do estado maior da [[Wehrmacht]] e palaciano de [[Hitler]], que a [[Alemanha]] deveria fazer a paz de qualquer maneira à continuar a lutar uma guerra sem esperança.
 
==Pós-Guerra==
O marechal Gerd von Rundstedt fou capturado por tropas norte-americanas em [[1 de maio]] de 1945, uma semana antes da rendição total da Alemanha. Durante seu interrogatório sofreu outro ataque do coração e foi levado para a [[Grã-Bretanha]], onde foi mantido como prisioneiro de guerra no [[País de Gales]] e processado pelos britânicos como [[crime de guerra|criminoso de guerra]].
 
As acusações contra ele se deviam aos assassinatos em massa cometidos por suas tropas durante a invasão da URSS em 1941. Em [[10 de outubro]] de 1941, seu então subordinado ( e depois substituto von Reichenau, comandante do [[6º Exército (Alemanha)|6º Exército]] alemão ) publicou a famosa e sangrenta ordem Reichenau, que deteminava a seus soldados que executassem qualquer civil russo encontrado em viagem pelos [[território]]s ocupados sem salvo conduto e distante de sua cidade ou [[aldeia]] natal. Impressionado, von Rundstedt repassou a ordem aos outros comandantes de campo, como um modelo das ordens que eles deveriam dar a suas tropas.
Em suas acareações com outros comandantes nazistas, Rundstedt foi acusado de ter ajudado os [[ Einsatzgruppen]], as tropas de retaguarda das [[SS]] encarregadas das execuções de civis e prisioneiros de guerra soviéticos, notadamente os [[judeu]]s da URSS. Quando questionado sobre isso e acareado com o depoimento de um oficial SS destes comandos da morte, ele se limitou a dizer que era muito imprudente a um SS falar desta maneira com um marechal de campo do exército alemão, sem conseguir produzir provas que desmentissem as acusações e os testemunhos documentados.
De qualquer maneira, von Rundstedt não chegou a ser oficialmente julgado pelos vencedores, alegadamente devido a suas precárias condições de [[saúde]], apesar da equipe de acusação norte-americana suspeitar que a decisão britânica de não levá-lo a julgamento se deveu a considerações políticas de Estado.
Libertado pelos Aliados em[[ julho]] de [[1948]], o marechal von Rundstedt instalou-se em [[Hannover]] com a esposa Luise, onde viveu até sua morte, em [[1953]].
 
 
 
{{Começa caixa}}
{{Caixa de sucessão|
|título = [[Grupo de Exércitos]] Sul]] (Polônia)
|anos = 1º de setembro de [[1939]] — 15 de outubro de [[1939]]
|antes = --
|depois = Generaloberst [[Gerd von Rundstedt]]
}}
{{Caixa de sucessão|
|título = [[Grupo de Exércitos A]] (França)
|anos = 15 de outubro de [[1939]] — 1 de outubro de [[1940]]
|antes = Generaloberst [[Gerd von Rundstedt]]
|depois = Generalfeldmarschall [[Wilhelm List]]
}}
{{Caixa de sucessão|
|anos = 10 de outubro de [[1940]] — 1º de abril de [[1941]]
|antes = --
|depois = Generalfeldmarschall [[Erwin von Witzleben]]
}}
{{Caixa de sucessão|
|título = [[Grupo de Exércitos Sul]] (URSS)
|anos = 10 de junho de [[1941]] — 1º de dezembro de [[1941]]
|antes = Generaloberst [[Gerd von Rundstedt]]
|depois = Generalfeldmarschall [[Walter von Reichenau]]
}}
{{Caixa de sucessão|
|título = Comandante-em-Chefe do Oeste
|anos = 3 de setembro de [[1944]] — 11 de março de [[1945]]
|antes = Generalfeldmarschall [[Walter Model]]
|depois = Generalfeldmarschall [[Albert Kesselring]]
}}
 
{{Termina caixa}}
 
==Galeria de Imagens==
 
<gallery>
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_146-1987-047-20,_Gerd_v._Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_183-S37772,_Gerd_v._Rundstedt.jpg
Ficheiro:Gerd_von_Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_146-2007-0220,_Gerd_von_Rundstedt_in_Gefangenschaft.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101II-MW-6754-10,_Generalfeldmarschall_Gerd_von_Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_146-1987-121-09A,_Russland,_Hitler,_Mussolin,_von_Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-718-0149-17A,_Paris,_Rommel_und_von_Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-718-0149-12A,_Paris,_Rommel,_von_Rundstedt,_Gause_und_Zimmermann.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_183-L08129,_Gerd_v._Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_183-J24413,_Gerd_v._Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_183-1987-0102-505,_Warschau,_Johannes_Blaskowitz,_Gerd_v._Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-719-0247-17A,_Paris,_Generale_Blaskowitz,_Rommel,_Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-246-0713-23,_Frankreich,_Dienstjubil%C3%A4um_Erwin_v._Witzleben.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_183-2004-0910-500,_Warschau,_Rundstedt,_Reichenau,_Blaskowitz.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_183-J30702,_Trauerfeier_f%C3%BCr_Erwin_Rommel,_Ulm.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-718-0149-18A,_Paris,_Gerd_v._Rundstedt,_Erwin_Rommel.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-718-0149-11A,_Frankreich,_Erwin_Rommel,_Gerd_v._Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-298-1763-09,_Frankreich,_Canteleu,_von_Rundtstedt_und_Rommel.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-056-1643-29A,_Frankreich,_Gener%C3%A4le_v._Rundstedt,_v._Weichs.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-297-1740-10A,_Frankreich,_SS-Division_%22Hitlerjugend%22,_Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-297-1740-06A,_Frankreich,_SS-Division_%22Hitlerjugend%22,_Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_146-1978-024-31,_Model,_v._Rundstedt_und_Krebs.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_183-L15196,_Paris,_Besuch_Gerd_v._Rundstedt_im_Louvre.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-718-0149-09A,_Frankreich,_Erwin_Rommel_und_Gerd_v._Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_102-01817A,_v._Rundstedt,_v._Fritsch,_v._Blomberg.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-297-1740-09A,_Frankreich,_SS-Division_%22Hitlerjugend%22,_Rundstedt.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_183-1982-0326-500,_Treffen_hoher_Reichswehr-_und_SS-F%C3%BChrer.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_183-S07227,_Berlin,_Geburtstag_Adolf_Hitler,_Parade.jpg
Ficheiro:Bundesarchiv_Bild_101I-297-1740-19A,_Frankreich,_SS-Division_%22Hitlerjugend%22,_Panzer_IV.jpg
</gallery>
 
{{biografias}}