Diferenças entre edições de "Citocinese"

39 bytes adicionados ,  15h47min de 1 de março de 2009
ajustes
(ajustes)
{{Portal-Biologia_Celular}}
Terminada a divisão do [[núcleo]], ou seja, a [[cariocinese]], inicia-se a '''citocinese''', que é a divisão do [[citoplasma]] e da [[célula]] toda. A rigor, a citocinese normalmente se inicia já no final da [[telófase]], momento em que se pode perceber o ínicioinício de um estrangulamento na região central da célula que está terminando sua divisão.
Com a continuidade desse estrangulamento, a célula acaba por se separar completamente, o que caracteriza o fim da citocinese.
 
==Citocinese animal (e de alguns protistas)==
Nas células animais (sem [[parede celular]]) forma-se na zona equatorial um anel contráctil de filamentos proteicos - [[actina]] e [[miosina]] (proteínas existentes nas células musculares) -, que se contraem, puxando a [[membrana]] para dentro. Assim, é causado um sulco de clivagem que vai estrangulando o citoplasma, até se separem as duas células-filhas.
 
==Citocinese Vegetalvegetal==
Nas células vegetais, como a existência de parede celular não permite a divisão citoplasmática por estrangulamento, um conjunto de vesículas derivadas do [[Complexo de Golgi]] vão alinhar e fundir-se na região equatorial, formando a [[membrana plasmática]], o que leva à formação da lamela mediana entre as células-filhas. Posteriormente, verifica-se a deposição de [[celulose]] - ocorre a formação das paredes celulares de cada nova célula, que cresce da parte central para a periferia. Como a parede das células não vai ser contínua, vai possuir poros — Plasmodesmos[[plasmodesmo]]s -, que permitem a comunicação (trocas) entre células.
 
==Bibliografia==
 
== Ver também ==
*[[Mitose]]
*[[Meiose]]
 
{{esboço-biocelular}}
58 588

edições