Abrir menu principal

Alterações

8 bytes adicionados, 14h11min de 29 de março de 2009
m
corrigindo erro de digitação
| titulo_br = O Livro Vermelho<br>O Pequeno Livro Vermelho<br>Citações do presidente Mao Tsé-Tung
| autor = [[Mao Tsé-Tung]]
| imagem = [[Imagem:Mao bibel.jpg|190px170px]]
| legenda = Edição alemã de O Livro Vermelho
| tempo =
}}
 
'''''Citações do Presidente [[Mao Tsé-Tung]]''''' ([[Chinês simplificado]]: 毛主席语录; [[pinyin]]: Máo-zhǔxí yǔlù) ou '''''O Livro Vermelho''''' ([[Chinês simplificado]]: 红皮书) ou ainda '''''O Pequeno Livro Vermelho''''' ([[Chinês simplificado]]: 该红宝书) como é mais conhecido no [[Ocidente]], conforme sugere o próprio nome é uma coletânea de citações do presidente da [[República Popular da China]] [[Mao Tsé-Tung]] e uma forma de [[culto à personalidade|culto à sua personalidade]]. Foi organizado por [[Lin Piao]], Ministro da Defesa de Mao.<ref>''Mao A história desconhecida''. Jon Halliday e Jung Chang. Tradução de Pedro Maio Soares. Editora Companhia Das Letras. [[ISBN 85-359-0873-0]]</ref>O livro possupipossuí 33 capítulos. Seus tópicos abordam a ideologia de Mao, conhecido no Ocidente como [[Maoísmo]] ou oficialmente como "Pensamento de Mao Tsé-Tung". Inicialmente publicado na China, teve distribuição internacional após abril de [[1964]].
 
O Livro Vermelho é o segundo livro mais [[Anexo:Lista de livros mais vendidos|vendido na história]], atrás apenas da [[Bíblia Sagrada]], teve aproximadamente 900 milhões de cópias imprimidas. A popularidade fenomenal do livro pode estar ligado ao fato que era essencialmente uma exigência não oficial para todo cidadão chinês possuir o livro, especialmente durante a [[Revolução Cultural]].
 
Durante a Revolução Cultural, o livro passou á ser estudado não só nas escolas mas também sua leitura era exigida no [[mercado de trabalho]]. Todas asos setores da sociedade, industrialindustria, comercialcomércio, agrícola, administração civil, e nos setores militares, era organizadasorganizado sessões de leitura do livro durante várias horas por dia no trabalho. As citações de Mao eram em negrito ou em vermelho para serem bem destacadas.
 
Durante os [[anos 60]], o livro era um ícone importante na cultura da China, tão visto quanto a imagem de Mao. Em cartazes e quadros criados pelos artistas de propaganda do [[PCC]], Mao era muitas vezes visto com uma cópia do livro na mão dele. Depois do fim da Revolução Cultural em [[1976]] e a subida ao poder de [[Deng Xiaoping]] em [[1978]], a importância do livro diminuiu consideravelmente.
 
==Conteúdo e formato==
O Livro Vermelho compreende 427 citações de Mao, divididas em 33 capítulos. As citações de Mao eram em negrito ou em vermelho para serem bem destacadas. É também chamado de "Reflexões do presidente Mao" por muitos chineses. As citações compreendem poucos parágrafos. Na segunda metade do livro, uma forte tendência empirista evidencia-se no pensamento de Mao. A tabela abaixo resume o livro.
 
{| class="wikitable"
2 619

edições